h1

Nacionalismo, a estupidez cega

4 de fevereiro de 2009

Nacionalismo

Qual a lógica do nacionalismo?

Seguindo um ideal justo e coerente, é o sentimento de valorização a uma nação que corresponde com seu crescimento, sua integração social, suas possibilidades de exploração e, principalmente, a influência positiva dentro da sua vida.

Em palavras mais mundanas, o nacionalismo é o amor à sua pátria, que corresponde a este amor lhe dando educação, comida, segurança, saúde e possibilidades de crescimento financeiro.

Já percebeu alguma coisa errada, não é mesmo? Ora porra, como valorizar uma nação se esta não corresponde sequer aos princípios básicos da reciprocridade?

Nacionalismo

Mas, mesmo assim, graças a um padrão social incutido de berço, poucos são aqueles que conseguem enxergar além da cortina de fumaça, que é o sentimento de amor a sua nação.

Vamos a um belo exemplo.

Digo-lhes: este país é um nojo, o Brasil é uma escória global, um lixo social instaurado em um continente patético. Este pedaço de terra é desprezível e só serviu como moeda de troca ao longo de toda história. Ninguém respeita uma nação de bananas como esta, infestada de insetos asquerosos por todos os lados. Esta nação é como uma privada pública, imunda e fedorenta, onde somos todos obrigados a sobreviver, ao invés de coexistir.

Aposto como 90% das pessoas que lerem o parágrafo acima, se sentirão ofendidas. Lá no intimo de seu ser, receberão a mensagem com desprezo, como se eu fosse um rebelde sem causa. Isto porque o sentimento de nacionalismo é forte, é presente.

Diga-me: por que você defenderia seu país? O que ele fez e faz para defender você?

Nacionalismo

Onde está o amor à nação quando esta ROUBA seu salário sob a promessa de lhe fornecer educação e saúde, mas o obriga a pagar para estudar e ser atendido em hospitais? Afinal, as escolas e hospitais públicos, cujo investimento deveria sair dos seus impostos, são tão fedidos quanto a cara lavada de nossos governantes.

Onde está o amor à nação quando esta lhe faz pagar imposto de renda, comendo um valor monstruoso daquilo que você suou para conseguir, utilizando como justificativa o crescimento econômico da “nação”. Onde está o seu dinheiro?

Como amar um país que nos coloca em uma jaula? Pois a promessa de utilização financeira para gastos com segurança é anulada perante a canalhice de um sistema corrupto e asqueroso.

Nacionalismo

Um sistema que não mudará, a menos que comecemos a pensar diferente, a olhar diferente. Partindo de agora, não entregue seu amor de graça. A juventude é o futuro desta vergonha, que continuará vergonhosa, pois não abrimos nossos olhos para a realidade e confortamo-nos com a situação podre atual.

A valorização e o amor são sentimentos a serem conquistados, jamais os deposite por obrigação.

Pois um dia, esta poça de dejetos mudará. E só então, eu terei orgulho em dizer: “sou brasileiro”.

————–

PS: Visitem o site do PROCON do Rio Grande do Sul:

Nacionalismo

PS2: Eu apenas comentei três fatos negativos deste país. Pesquise e aprofunde-se, você enxergará a nojeira.

Anúncios

143 comentários

  1. Muda para a argentina então merda…

    —————-

    Não.


  2. É o que eu digo, as pessoas esquecem-se que se todo mundo se reunir, nossa voz é muito mais poderosa do que todos pensam.

    Nossos impostos?? Estão nos Bolsa Família, Bolsa Escola, Bolsa Alimentação, Vale Gas, que são distribuídos para pessoas PREGUIÇOSAS que se acomodam a receber dinheiro do Estado e não corre atrás do prejuízo, fazendo sempre mais e mais filhos para que o valor arrecadado seja maior.

    Enquanto o povo continuar sendo corrupto, caro amigo, não podemos cobrar de nossos governantes Honestidade. Infelizmente, esta também é uma verdade.


  3. Acredito que existe uma diferença entre você amar o seu país, e gostar de como ele está.
    O nosso país é lindo, cheio de cultura e belezas naturais, existe uma missegenação racial maravilhosa e que nenhum outro país do mundo consegue ter. Nisso o Brasil é único, e é por isso que eu me sinto bem em ser brasileiro.

    Concordo plenamente que que no que diz respeito a história do Brasil e ao governo do Brasil, isto é uma verdadeira bosta desde os tempo de Cabral, e nós povo brasileiro temos que nos reunir para pelo menos tentar mudar isso, transformar um país único, em exemplo para os outros países do mundo.

    Da maneira que está, o povo brasileiro se comporta como dizia o grande Roger do Ultraje a Rigor “morar neste país, é como ter a mãe na zona. Você sabe que ela não presta, e ainda assim adora esta gatona”


  4. Concordo com muita coisa que você disse, mas os erros de português no fim do texto me fizeram esquecer tudo que você disse…

    DEFEZA?!
    EZISTE?!

    Fala sério…

    ————–

    Renato, dá pra você prestar atenção no que é aquela imagem?

    É um pedaço do site do PROCON do Rio Grande do Sul… Não fui eu que escrevi aquilo, a idéia é justamente mostrar como algo feito para o cidadão pode ser tão patético.


  5. Como disse Einstein: “Nacionalismo é uma doença infantil; é o sarampo da humanidade.”
    Era gênio.


  6. Post absolutamente perfeito cara!

    Parabéns!

    Até o nosso último bastião de nacionalismo justificado, que era o futebol da seleção, caiu. Não há razão nenhuma para nos orgulharmos de morarmos nesse país porcaria. Se eu pudesse ia pra Europa, mais precisamente para a Bélgica, mas infelizmente, isso está bem longe de acontecer…

    “Nossos impostos?? Estão nos Bolsa Família, Bolsa Escola, Bolsa Alimentação, Vale Gas, que são distribuídos para pessoas PREGUIÇOSAS que se acomodam a receber dinheiro do Estado e não corre atrás do prejuízo, fazendo sempre mais e mais filhos para que o valor arrecadado seja maior.”

    Enquanto nos países civilizados a taxa de natalidade vem caindo, o nosso governo incentiva a “procriação” em massa, pra (desin)formar mais uma leva de jovens ignorantes a serem comprados com tijolos, saca de cimento, óculos, etc, nas próximas eleições e manter esta corja de mentirosos e curruptos que tomaram o Congresso de assalto.

    Alias, o que esperar de um governo que abriga terroristas entre seus altos funcionário, e quer que um deles (na verdade uma) seja a futura presidente do Brasil? (não estou dizendo que o problema é de agora, ou fazendo proselitismo político em prol do partido A ou B, somente constatando um fato que infelizmente se concretizou na minha cidade, numa reunião entre 5 ditadores comunistas, durante a hipocrisia do Forum Social Mundial, uma reunião de comunistas e maconheiros para falar mal do capitalismo, fumar maconha e fazer orgias em locais abertos e públicos na – e com a – presença de menores e destruir produção científica de pesquisadores sérios com a desculpa de ser seu Direito Constitucional de Liberdade de Expressão…)


  7. Infelizmente, é a situação que nos encontramos.


  8. E o que você faz para melhorar esse estado de coisas?

    ——————-

    Só o fato de tentar abrir seus olhos já é alguma coisa.


  9. Falou e disse! Concordo plenamente!!!


  10. Sei la, concordo e não concordo. A verdade é, por traz de tudo o que acontece, ainda assim tenho orgulho de morar aqui.

    SERGIO OWNED HAUEhAUEaE


  11. Vou ser sincera Felipe, não acredito que a nova geração ( que por sinal é a nossa geração), vá mudar algo. Metade nem sabe em quem votou nas últimas eleições e a outra metade é egoista d + para se mobilizar por algo. O amor a pátria só ocorre em epoca de copa, onde todo o país fica verde e amarelo e uma semana depois tudo volta a normalidade. O Brasil é um país lindo e com pessoas amigaveis, mas só isso não é suficiente. Precisamos ter condições para viver em paz e com qualidade de vida, ai sim sentiremos orgulho. O voto é a arma ( q não deveria ser obrigatorio por sinal), mas ninguém se importa…só reclama…
    É por essas e outras q temos um presidente que compara bolsas de mestrado e doutorado com o bolsa familia…


  12. Sempre disse isso pra todo mundo, e muita gente olhava pra minha cara e dizia coisas como “como você pode pensar dessa forma?” ou “por quê você não tem orgulho de morar no Brasil”. Ai eu tenho que sair argumentando toda vez e tentando mostrar o que as pessoas não veem.

    Parabéns Felipe, seus posts estão cada vez melhores, continue assim.


  13. “Renato, dá pra você prestar atenção no que é aquela imagem?

    É um pedaço do site do PROCON do Rio Grande do Sul… Não fui eu que escrevi aquilo, a idéia é justamente mostrar como algo feito para o cidadão pode ser tão patético.”

    Meo, Felipe, vc tenta mostrar uma coisa errada aqui e o idiota do Renato consegue ser mais estúpido do que o próprio desenvolvedor do site do Procon.

    O caos social está estampado na inclusão digital. Como pessoas que não sabem nem o básico de gramática, ou até mesmo o mínimo de noção (mais ou menos como o cidadão lá em cima) querem mexer num computador?

    Vão aprender a ler e a escrever antes de querer ser donos do mundo seus chimpanzés treinados

    (perdoem a baixaria, mas é realmente irritante)


  14. Isso aê, Nana. Na época da Copa do Mundo e do Carnaval! Tudo é tão lindo! Aquele monte de gringo aki apreciando a vulgaridade das nossas mulheres… E em relação ao voto, quase me batem aki onde moro quando começo a debater o porque eu só voto nulo. “É jogar o voto fora”, “Vc é doido! Tem q escolher um dos candidatos!”, etc… Voto nulo pq sou obrigado a votar! Penso que quando voto em um determinado candidato, é como se desse minha assinatura num contrato para me roubar. Quantas vezes já ouvi o comentário: “Ah! Ele não presta, mas é melhor que o outro. Por isso voto nele!” PQP! Vota em branco/nulo, kralho!


  15. Cara, maravilha! Muito bom, vc disse tudo o que sinto em ser brasileiro, em ver esses bando de acomodados com essas bolsas miséria. Que o governo tanto fala. Quando pago meu imposto de renda fico pensando muito na faculdade que tenho que pagar para tentar ter uma educação decente, no plano de saúde que pago para não morrer nas filas do SUS.
    Eu sempre falo para meu filho que ainda não tem idéia do que é essa podridão chamada Brasil. Digo que ele estude e valorize cada dia mais a educação que tem e procuro mostrar como é a realidade do país tropical abençoado por Deus e roubado por todos os governantes.


  16. Não acredito que este pais seja um nojo, pelo contrario. O Brasil é imenso e quase ninguém conhece toda a diversidade de cultura, e ideais que percorrem essa terra do sul ao norte, fazer uma critica para o pais, para o governo sempre é fácil, mas enxergar o que está mudando, como o país já avançou em várias áreas nos últimos anos, não é tão simples.

    Mudança na saúde, educação e outros não acontecem em um passe de mágica, são investimentos que mostraram seus resultados ao longo prazo. Veja a educação, eu mesmo estudo em uma faculdade federal que a 5 anos não existia, e este ano ela dobrou o número de vagas para as engenharias, isso é significativo, já foi se o tempo que para entrar em uma faculdade federal era uma guerra

    Acredito plenamente no caráter dos brasileiros. Quero viver num pais bom sim, onde os impostos sejam justos, onde os hospitais públicos sejam bons… mas não quero viver em um país que não abre os olhos para o mundo, um pais que tem tudo em sua mão e acha que por isso é melhor que todos, egocentrismo aqui não! O povo brasileiro é simpático e recebe o mundo todo de braços abertos, mesmo se eles nos olham de atravessado, as vezes até porque estamos felizes, cantando e dançando em momentos que para eles é totalmente depressivo. A estupidez, sim, é virar as costas para seu pais, havendo nele os problemas que houver.

    Abraços

    ————————

    “mas enxergar o que está mudando, como o país já avançou em várias áreas nos últimos anos, não é tão simples.”

    Claro que não é simples, pois a mudança é invisível e inexistente. Só enxerga quem quer.

    “Veja a educação, eu mesmo estudo em uma faculdade federal que a 5 anos não existia, e este ano ela dobrou o número de vagas para as engenharias, isso é significativo, já foi se o tempo que para entrar em uma faculdade federal era uma guerra”

    Você só pode estar brincando, meu amigo… As faculdades públicas são patéticas, os salários são ridículos, o tempo todo entram em greve. E para entrar, continua sendo MUITO difícil. Tente fazer medicina na UFRJ ou direito na UERJ.

    “Acredito plenamente no caráter dos brasileiros.”

    Ok, parei de ler.
    Grato.


  17. Concordo. Uma vez um amigo meu disse que ia servir no exército. Aí eu perguntei “Por quê?”. Ele disse:
    – Pra defender a pátria…
    – Quando a pátria merecer ser defendida eu me alisto no exército…


  18. vc soh realmente entende o q eh amor pelo seu pais qnd mora fora dele.

    ——————

    Não confunda amor ao seu país com amor ao seu cotidiano.


  19. Faltam atitudes, não só por parte do governo, como por parte da população.


  20. Isso tudo é culpa da corrupção, pois se o dinheiro destinado a educação, saúde, segurança e outros fosse usado de forma correta, com certeza teríamos um país melhor para defender.


  21. Falou o que eu sempre falei para as pessoas ao meu redor, porem nunca tive um blog como o seu para perpetuar a mensagem.

    Te entendo, concordo e apoio.

    PS: concordo com a resposta dos comentarios acima tambem


  22. O que devemos fazer é investir na geração que está por vim, a nossa pode melhorar, mais não vai mudar nada, esse não é um problema político, mais sim cultural, devemos formar pessoas capazes de pensar de usar o senso crítico e questionar o que lhe é imposto, mais como todos sabemos, para tudo existe o “Jeitinho Brasileiro”, gambiarra não resolve nada, só adia o problema.


  23. Se o Brasil está assim é por nossa culpa…enqto as pessoas não mudarem o pensamento o Brasil não vai mudar. As pessoas estão acomodadas, acham que não vale a pena lutar pelos seus direitos…enfim, acham inútil qualquer luta, por qualquer coisa que seja…
    Mas sinceramente, eu não vou desistir, eu vou continuar fazendo minha parte…
    Ainda acredito na minha luta, por pequena e inútil que ela possa parecer..

    Parabéns Felipe…


  24. nao poderiamos esperar nada diferente de um pais que tem como prioridade o FUTEBOL e o CARNAVAL!
    tudo que é errado dá ibope: uma mulher com peitos fartos, uma musica de baixo calão (créu neles), bailes funks… e sinceramente, tratando-se de POPULAÇÃO me sinto envergonhada pela educação do povo brasileiro (:
    estamos em um país riquissimo, aqui raramente econtecem catastrofes naturais, temos uma diversidade gigantesca de fauna e flora, algo admiravel.. porem, estamos no extremo da idiotice humana, falta de informação e de vontade! mas enfim… concordo com vc, Felipão!


  25. Caros Amigos e Felipe,

    Não adianta apedrejar, esse é o famoso “chover no molhado”. De “factum”, o nacionalismo é uma construção cultural criada pelos mentores da Revolução Francesa, visando apenas encorajar o povo a defender os ideis e limites de Estado Soberano, isso fica para outra conversa.

    Dizer que um país inteiro é uma droga por moramos em uma capital suja, porque elegemos (sim, NÓS), não podes esquecer que estamos em um regime democrático DE DIREITO, ou seja, nós temos o poder de eleger os governantes (escolhidos do POVO), democracia é isso…

    Pessoal, futebol, carnavel são válvulas de escape social, todas as sociedes tem isso, e não é de hoje. Isso é uma forma social de transgredir o “tradicional” ordenamento jurídico (com moderação) e moral (sem moderação). Isso é necessário à todas as sociedades, lembre-se Gladiadores, Teatro, etc. Essas eram as formas de entreter o povo, de desviar a atenção cotidiana. Não EXCLUSIVAMENTE para criar hálibes para trapaças e maracutaias de nosso GOVERNO.

    Fatidicamente essa é a cultura ensinada, a cultura remanescente, Continuar pichando não ajudará muito, abrir os olhos nem sempre é feito com repressão, opressão. Mas com coesão, coerência e principalmente persuasão.

    Vamos aos fatos duros: Uma colônia, povoada e explorada por degredados do país mais pobre (podre?) da Europa, um mero “mercado” quando não tinhamos um mundo polarizado capitalista, etc… mas apenas um mercado, onde deter terra e poder explorar significava prosperidade. Uma coroa suja, corrupta e cara, ensinou isso por 3, 4 séculos inteiros….. é isso que está sendo passado de pais para filhos, perdendo-se aos poucos é verdade, mas ainda muito forte.

    Bem, o ponto é:

    Criticar? OK. Mas com moderação e sapiência para contruir. Simplificando é aquela máxima de: Faça uma crítica construtiva, não uma critica ofensiva.

    Mundo real: Não diga a menina que ela tem BAFO, diga que ela está com um mal hálito, apesar dos belos dentes e sorriso. Você fará ela morrer de vergonha, escovar os dentes, mas não HUMILHADA e DESMOTIVADA. 🙂

    Um abraço,
    Daniel Neto


  26. É tão difícil “ezistir” um órgão de “defeza” do consumidor em alguns lugares do Brasil, assim como é tão difícil para alguns escrever a porra do português corretamente.


  27. Concordo, o Brasil é uma bosta!
    Há aqueles que dizem: “Se você não gosta daqui, vá morar em outro país!” Como? Eu pergunto. Não tenho grana nem pra atravessar a fronteira, quanto mais morar em outro país. O governo suga todo o nosso dinheiro e depois o joga fora!

    Você falou sobre o Rio Grande do Sul… na minha opinião, o melhor estado do Brasil, onde o povo tem respeito uns com os outros, são inteligentes, etc (com exceção de Porto Alegre).


  28. “Amigo”, apenas expressei minha opinião colocando meu ponto de vista sobre o assunto.

    Aceitei o seu e esperava que fizesse o mesmo com a minha opinião, pessoas não pensam igual “amigo”.

    [“Acredito plenamente no caráter dos brasileiros.”

    Ok, parei de ler.]

    Belo argumento.
    Grato 😉


  29. apoio incondicional!!!!!!!!!!!!!!!!!

    governantes corruptos controlam as massas com mentiras deslavadas na TV!!!!


  30. Acho que o que o Roger quis dizer, Felipe, é que “brasileiro só tem muito orgulho e muito amor quando ganha a copa, ou vai morar na europa.”

    fora isso, nem todos são tão cegos à esse ponto, mas eles preferem enxergar uma irrealidade do que encarar os fatos.


  31. Chegaram as contas de IPTU e IPVA??

    Ah! Mas é verdade, gosto de ser brasileira, as pessoas daqui são calorosas, apesar da pobreza e das dificuldades. Dá revolta mesmo quando chegam as contas e a gente vê o tanto que paga de imposto e acha as estradas todas com buracos, educação precária e saúde idem.

    Ótimo texto.
    O que inspirou? As contas que chegaram ou o print do site do PROCON?

    ————–

    Começou com o print, mas depois vieram outras influências.


  32. O Brasil prova todo dia que não merece o meu amor. Lendo os jornais eu vejo que o meu sentimento deve ser cada dia maior… mais nojo, mais repúdio, mais raiva.
    Mas há quem o ame, claro, principalmente os que se beneficiam com isto. Os político por exemplo, são os mais apaixonados.
    Como alguém pode ter algum sentimento de nacionalismo onde o presidente é o Lula e o Sarney ainda tem espaço no poder?

    “Acredito plenamente no caráter dos brasileiros.” Há quem acredite em Papai Noel ou em Religião.

    Abraços.


  33. Primeiramente, concodo com muitas das suas constatações, sobre o povo da classe baixa, sobre os políticos, sobre os impostos e sobre nosso sistema de educação e saúde. Sobre como nós, os jovens de hoje nos conformamos com a situação e não fazemos nada pra mudar. Ainda adiciono que, nesse país quem realmente está na merda é a classe média, pois não tem as óbvias vantagens das elites nem recebe as ajudas do governo que a classe baixa recebe por serem, de fato, quem aperta o botão de voto. Então eu concordo com todos seus argumentos contra o nacionalismo dos brasileiros.

    Mas, quer saber? FODA-SE!!!!! Sabe porquê eu tenho orgulho de falar que eu sou brasileiro??? Porquê eu acho que nos temos TUDO pra ir pra frente e sermos o 01????

    Porquê apesar de toda essa merda, de toda a corrupção e de todas as barreiras, tem VÁRIOS brasileiros que enfrentam isso tudo e conseguem vencer!!!! O fato que simplesmente algum atleta consiga ir as olimpíadas, que em algum ramo nós somos líderes (Pesquisas de soros e vacinas, extração de matéria prima, tecnologia de carros de baixo custo (culpe os empresárioa loucos por lucro pelo preço abusivo dos carros no brasil, pois a tecnologia flex e baixo custo é nº1) prevenção a AIDS, aeronáutica, produção de veículos bélicos (jipes, tanques, caças, etc.) além de alguns outros), que nossos dentistas são os melhores, que não recebendo nem uma fração do que merecem médicos e professores consigam se levantar e fazer milagres\instituições de renome internacional, entre outros, é motivo de SOBRA de se ter orgulho de ser brasileiro! Deve-se ter orgulho não da sua instituição ou pelo seu estado, mas por suas conquistas e vitórias.

    Se aqui já foi dejeto mundial e moeda de troca foi por culpa de nossos colonizadores, quer vieram com a única intenção de lucrar em cima de tudo e ferrar o resto (ou você acha que isso não é carga cultural?)
    e acaboyu criando o povo assim (e os nativos não tinham como resistir, já que as armas que permitiram a evolução de outros povos, o metal e a invenção da escrita não estavam disponíveis ou não se mostravam necessários numa terra farta como a nossa). E a prova definitiva que isso é passado (como sermos país de bananas) é o citado caso do italiano. Você acha que se isso tivesse acontecido em, sei lá, Bolívia, Cuba, Qatar, ou uma das ilhazinhas do pacífico teria ficado só nisso? Em um país de bananas eles simplesmente teriam entrado, descido o cacete em todo mundo e ido embora com o cara. E aqui no Brasil, que que aconteceu? Ah, amistoso Brasil X Itália….

    Se vocês reclamam do Bolsa Família e acham que ele não resolve nada, eu concordo. Mas se alguém me fala que foi uma bela jogada de inteligência, eu concordo plenamente. Como vocês querem que um povo enxergue os problemas do país e tente consertá-los se eles não tem NEM O QUE COMER???? Problema resolvido pelo Bolsa família, que é brilhante como Medida Provisória e se o próximos passos forem tomados. (reforma do ensino em geral e reforma do sistema jurídico geral, da polícia as prisões, passando pelos juízes e sociedade)

    Reclamem da natalidade alta no país. Reclamem! Só depois precebam que isso é tratado como problema de prioridade A na dita perfeita Europa e América Anglo-Saxônica. Meos natalidade = mais idosos = menos produção e maior rombo de previdência. Até que eles são as grandes potências justamente pela alta da natalidade no perído pós-2ªGM.

    E, diferentemente como nos é vendido, perceba os problemas dessas nações. Racismo elevado, problemas na educação e na sociedade, inversão de valores e comodismo estão todos lá. Sem contrar, no caso dos estadunidenses, do rombo de dívidas que o governo Bush deixa como legado (que, no Brasil foram praticamente sanadas com a fiscalização do imposto de renda) !!!! Para se ter uma idéia, no meio da maior crise de todos os tempos, bancários brasileiros entram em greve por que querem maior participação nos LUCROS! Eu disse LUCROS!

    Finalizando, eu não acho que por causa dessas qualidades devemos esconder as falhas. Mas não podemos fazer o inverso também. Ao invés de ridicularizar e diminuir a nação, seria melhor analizar os fatos e achar a causa real do problema. Porquê isso tudo não são doenças, são sintomas de uma doença maior que afeta o Brasil.


  34. Bem… eu gosto de pensar em Nacionalismo como amor a Terra(terra mesmo) que você nasceu, o Brasil em questão geográfica.

    Agora, o governo e os brasileiros fedem. Não há povo igual ao que se encontra no Brasil, muito menos o Governo corrupto e cheio de absurdos inconstuticionais(que não é lá grande coisa).

    Infelizmente, acho que escrever sobre eles não irá mudar muita coisa, já que o brasileiro é um cara preguiçoso e acomodado, que quando se dá uma esmola de graça, motivo para este não trabalhar, este vai te seguir e te defender até o fim dos tempos.

    Abraços

    ————

    Gustavo, neste caso é patriotismo.


  35. E qual é a lógica por trás desse seu pensamento? O que tem haver ser nacionalista ciom o fato de o país ter problemas(coisa que alias, muito países ditos desenvolvidos compartilham também)?

    —————–

    Roberto, não consigo te falar mais nada além do que está escrito no texto.
    Sua pergunta é um tanto quanto incompreensível.


  36. isso me lembra algo
    recentemente machuquei a minha mão, fiz uns pontos e tal
    fui no hospital três semanas dpois, fikei 4 horas na fila, pro médico olhar minha mão, e falar “é, machucado na mão demora pra fechar, pega esse atestado aqui, vai no postinho de saúde perto da sua casa e pede pra enfermeira tirar os pontos”. 4 horas numa fila com gente com o caso pior do que o meu pra ouvir isso. Detalhe que na minha cidade, São José do Rio Preto, o hospital é visto como um hospital modelo. Se eu estou reclamando, imagine pessoas com a situação pior.
    Brasil, um país de tolos.


  37. Qual a lógica do nacionalismo?

    Seguindo um ideal justo e coerente, é o sentimento de valorização a uma nação que corresponde com seu crescimento, sua integração social, suas possibilidades de explora…

    Ok, parei de ler…

    —————–

    Não, você não parou de ler 🙂


  38. Felipe pareçe Presidente, sério.


  39. Sei que o Brasil nao e perfeito. Falar dos defeitos e muito facil, dificil e levantar e agir contra isso. Podemos ficar o dia inteiro apontando dedos para culpados e criticando o sistema, mas nao fazemos nada para mudar isso.


  40. Amo meu país, mas repudio a ignorância política.

    Poderia ter resumido tooodo o seu texto nessa frase.

    É aquela coisa, Felipe. Não está satisfeito? Saia… VOCÊ faz algo pra mudar isso? Escrever SEUS pensamentos ou “achismos” é uma coisa, mas você realmente FAZ a diferença? É claro que o país tem suas dificuldades. Nosso país passa uma péssima imagem pra fora, e por quê disso?

    É simples você meter o pau, não é? Se você falar que faz parte de uma ONG, que você vivencia algumas situações lastimáveis pra concluir seu pensamento aí tudo bem. Mas o que você fala não passa de sensacionalismo visto na Globo. Você tem acha que você tem virtude ou desprazer de viver onde vive hoje? Muitos são preguiçosos SIM, é um fato. Mas tem tantos outros que trabalham e tentam fazer algo pelo país mesmo sabendo que só haverá algo BOM daqui há 500 anos.

    Eu sou patriota, meu país tem maravilhas que nenhum outro tem… como também há muitos defeitos a se corrigir com o tempo. Polícia é corrupta (onde você deveria se sentir seguro), escolas que não tem sequer uma metodologia de ensino adequada e por aí vai.

    Você fazer observações das difuculdades e defeitos do país é uma coisa, você falar que é um NOJO é totalmente diferente. Você vive dentro de um “nojo” e faz parte dele. Agora se você realmente faz algo pra MUDAR essa visão aí você tem todo direito, agora, só não me diga que você tem direito de falar que é um nojo por pagar impostos ou qualquer coisa do gênero. Ame seu país, por mais que ele não seja perfeito.

    Nosso Brasil é um país com tamanho de continente no qual tem muito que ser melhorado (nisso eu concordo), mas antes de chegar e chutar o pau da barraca faça alguma coisa pra MUDAR, nem que seja o mínimo. E caso você pergunte se eu faço algo a resposta seria SIM

    Mas o quê?
    Eu sou voluntário pela prefeitura pra dar aulas de Português e informática pra pessoas idosas e não tenho nenhuma remuneração. Eu tento fazer a minha parte, nem que seja um pouco porque pra mim cada um fazendo o seu, quem sabe daqui um tempo as coisas melhorem.

    Você é um rapaz muito inteligente e admiro seus pensamentos, só que às vezes você radicaliza ou é muito sensacionalista com algumas coisas sem precisar. Tudo o que você falou já está foi exposto pra todos (infelizmente). Você apenas poupou 10 minutos de Jornal Nacional do dia seguinte. 😛

    Abraços e parabéns pelo post.

    ——————-

    Francisco…

    Eu não sei se você percebeu, mas a parte do “nojo” e etc é uma espécie de “radicalismo para expor um ponto”.
    Sim, eu acho o Brasil um péssimo lugar para se viver, mas repare que o que eu digo naquele parágrafo é para causar nas pessoas a sensação do desprezo, para provar que o nacionalismo, mesmo injustificado, existe. Sou a favor do patriotismo, by the way.

    Outro fator importante: não, eu AINDA não faço algo realmente significativo para mudar, mas já participei de várias entregas de mantimentos, roupas e dinheiro para orfanatos. Mas, pra mim, isso não é ajudar a mudar, assim como ensinar informática e português para idosos também não muda absolutamente nada, só remenda.

    Eu tenho SIM, um plano de ajuda para a sociedade brasileira, algo que tenho em mente, algo que quero pôr em prática ao longo da minha vida.

    Tenho 21 anos completos há menos de 1 mês, não cobre de mim atitudes de uma vida completa, eu estou apenas INICIANDO uma busca pelo pote de ouro.

    Abraços.


  41. GERALMENTE gosto da maneira polemica com que você trata assuntos cotidianos que quase nimguém se refere, mas eu acho que dessa vez você está TOTALMENTE errado.

    você sugere que não sejamos patriotas ou que façamos algo pra mudar o país ?

    realmente não deu pra entender qual o pensamento que você quis passar com o texto, e suas respostas aos comentarios também foram FRACAS.

    Foi infeliz no texto.

    Abraço.

    ————

    Wesley, o objetivo é mostrar que você não deve depositar seu amor de graça a uma nação. Um ponto de partida, somente isso.

    A mudança ocorre, primeiramente, na forma de pensar.


  42. lembro daquele comercial da havaianas .. aquilo é patriotismo ;]


  43. Felipe, concordo em partes com seu texto.
    Acho que esta nação se encontra sim fétida, imunda e bagunçada. Mas vamos separar três coisas:

    A primeira é a “Nação” Brasil. Que é formada pelo povo que aqui vive. A nação é o conjunto cultural que forma o brasileiro (assim como aqui no Rio Grande do Sul temos orgulho de ser gaúchos, não do nosso governo). Mas infelizmente (e talvez ocasionado pelo tópico seguinte) este aspecto do nosso Brasil não é valorizado, quando deveria ser o mais importante.

    A segunda é a república. Que é a suposta representação governamental da nação. E ela que organiza a vida em sociedade atualmente. Porém, para mim, este método organizacional nunca foi criado para favorecer o povo. Mas sim alguns pequenos cães pútridos e de bolsos cheios. Pois a nossa república (e por assim dizer, nossa constituição) foi construída por poucos poderosos, buscando tão somente a manutenção deste poder. É claro que alguns caem e outros sobem, mas o “esquema” continua o mesmo.

    A terceira, e mais valorizada parte de nossa nação, é o verdadeiro trunfo do nosso “sisteminha”. Se chama Seleção Brasileira de Futebol. É quando nosso povo coloca a camiseta canarinho, estufa o peito e se emociona cantando o hino nacional (principalmente numa copa do mundo).

    Não digo que torcer pelo esporte de nossa nação seja uma coisa ruim. Acho bonito e válido. Mas me engasga a falta de patriotismo nosso. Não de apoio ao governo, mas de apoio a nós mesmos. Ficamos estagnados vendo poucos miseráveis asquerosos nos tirarem tudo, ganharem poder e fortuna às custas de trabalhadores honestos que pagam impostos, à mercê de um sistema degenerado.

    Pois então, simplificando toda essa ladainha, minha opinião é de que não esperemos resultados para nos orgulharmos de nosso país. Precisamos de algo que represente nós, os brasileiros, e não esta falsa monarquia falida que carregamos como grilhões. Precisamos de mais orgulho próprio, de mais dignidade e coragem.


  44. Só para constar, uma breve listinha dos nossos impostos:

    1.

    Adicional de Frete para Renovação da Marinha Mercante – AFRMM – Lei 10.893/2004
    2.

    Contribuição á Direção de Portos e Costas (DPC) – Lei 5.461/1968
    3.

    Contribuição ao Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – FNDCT – Lei 10.168/2000
    4.

    Contribuição ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), também chamado “Salário Educação” – Decreto 6.003/2006
    5.

    Contribuição ao Funrural
    6.

    Contribuição ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) – Lei 2.613/1955
    7.

    Contribuição ao Seguro Acidente de Trabalho (SAT)
    8.

    Contribuição ao Serviço Brasileiro de Apoio a Pequena Empresa (Sebrae) – Lei 8.029/1990
    9.

    Contribuição ao Serviço Nacional de Aprendizado Comercial (SENAC) – Decreto-Lei 8.621/1946
    10.

    Contribuição ao Serviço Nacional de Aprendizado dos Transportes (SENAT) – Lei 8.706/1993
    11.

    Contribuição ao Serviço Nacional de Aprendizado Industrial (SENAI) – Lei 4.048/1942
    12.

    Contribuição ao Serviço Nacional de Aprendizado Rural (SENAR) – Lei 8.315/1991
    13.

    Contribuição ao Serviço Social da Indústria (SESI) – Lei 9.403/1946
    14.

    Contribuição ao Serviço Social do Comércio (SESC) – Lei 9.853/1946
    15.

    Contribuição ao Serviço Social do Cooperativismo (SESCOOP) – art. 9, I, da MP 1.715-2/1998
    16.

    Contribuição ao Serviço Social dos Transportes (SEST) – Lei 8.706/1993
    17.

    Contribuição Confederativa Laboral (dos empregados)
    18.

    Contribuição Confederativa Patronal (das empresas)
    19.

    Contribuição de Intervenção do Domínio Econômico – CIDE Combustíveis – Lei 10.336/2001
    20.

    Contribuição de Intervenção do Domínio Econômico – CIDE Remessas Exterior – Lei 10.168/2000
    21.

    Contribuição para a Assistência Social e Educacional aos Atletas Profissionais – FAAP – Decreto 6.297/2007
    22.

    Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública – Emenda Constitucional 39/2002
    23.

    Contribuição para o Desenvolvimento da Indústria Cinematográfica Nacional – CONDECINE – art. 32 da Medida Provisória 2228-1/2001 e Lei 10.454/2002
    24.

    Contribuição Sindical Laboral (não se confunde com a Contribuição Confederativa Laboral, vide comentários sobre a Contribuição Sindical Patronal)
    25.

    Contribuição Sindical Patronal (não se confunde com a Contribuição Confederativa Patronal, já que a Contribuição Sindical Patronal é obrigatória, pelo artigo 578 da CLT, e a Confederativa foi instituída pelo art. 8, inciso IV, da Constituição Federal e é obrigatória em função da assembléia do Sindicato que a instituir para seus associados, independentemente da contribuição prevista na CLT)
    26.

    Contribuição Social Adicional para Reposição das Perdas Inflacionárias do FGTS – Lei Complementar 110/2001
    27.

    Contribuição Social para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS)
    28.

    Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL)
    29.

    Contribuições aos Órgãos de Fiscalização Profissional (OAB, CRC, CREA, CRECI, CORE, etc.)
    30.

    Contribuições de Melhoria: asfalto, calçamento, esgoto, rede de água, rede de esgoto, etc.
    31.

    Fundo Aeroviário (FAER) – Decreto Lei 1.305/1974
    32.

    Fundo de Combate à Pobreza – art. 82 da EC 31/2000
    33.

    Fundo de Fiscalização das Telecomunicações (FISTEL) – Lei 5.070/1966 com novas disposições da Lei 9.472/1997
    34.

    Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS)
    35.

    Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (FUST) – art. 6 da Lei 9.998/2000
    36.

    Fundo Especial de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento das Atividades de Fiscalização (Fundaf) – art.6 do Decreto-Lei 1.437/1975 e art. 10 da IN SRF 180/2002
    37.

    Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações (Funttel) – Lei 10.052/2000
    38.

    Imposto s/Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS)
    39.

    Imposto sobre a Exportação (IE)
    40.

    Imposto sobre a Importação (II)
    41.

    Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA)
    42.

    Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU)
    43.

    Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR)
    44.

    Imposto sobre a Renda e Proventos de Qualquer Natureza (IR – pessoa física e jurídica)
    45.

    Imposto sobre Operações de Crédito (IOF)
    46.

    Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS)
    47.

    Imposto sobre Transmissão Bens Inter-Vivos (ITBI)
    48.

    Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCMD)
    49.

    INSS Autônomos e Empresários
    50.

    INSS Empregados
    51.

    INSS Patronal
    52.

    IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados)
    53.

    Programa de Integração Social (PIS) e Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP)
    54.

    Taxa de Autorização do Trabalho Estrangeiro
    55.

    Taxa de Avaliação in loco das Instituições de Educação e Cursos de Graduação – Lei 10.870/2004
    56.

    Taxa de Classificação, Inspeção e Fiscalização de produtos animais e vegetais ou de consumo nas atividades agropecuárias – Decreto-Lei 1.899/1981
    57.

    Taxa de Coleta de Lixo
    58.

    Taxa de Combate a Incêndios
    59.

    Taxa de Conservação e Limpeza Pública
    60.

    Taxa de Controle e Fiscalização Ambiental – TCFA – Lei 10.165/2000
    61.

    Taxa de Controle e Fiscalização de Produtos Químicos – Lei 10.357/2001, art. 16
    62.

    Taxa de Emissão de Documentos (níveis municipais, estaduais e federais)
    63.

    Taxa de Fiscalização da Aviação Civil – TFAC – Lei 11.292/2006
    64.

    Taxa de Fiscalização da Agência Nacional de Águas – ANA – art. 13 e 14 da MP 437/2008
    65.

    Taxa de Fiscalização CVM (Comissão de Valores Mobiliários) – Lei 7.940/1989
    66.

    Taxa de Fiscalização de Sorteios, Brindes ou Concursos – art. 50 da MP 2.158-35/2001
    67.

    Taxa de Fiscalização de Vigilância Sanitária Lei 9.782/1999, art. 23
    68.

    Taxa de Fiscalização dos Produtos Controlados pelo Exército Brasileiro – TFPC – Lei 10.834/2003
    69.

    Taxa de Fiscalização e Controle da Previdência Complementar – TAFIC – art. 12 da MP 233/2004
    70.

    Taxa de Licenciamento Anual de Veículo
    71.

    Taxa de Licenciamento, Controle e Fiscalização de Materiais Nucleares e Radioativos e suas instalações – Lei 9.765/1998
    72.

    Taxa de Licenciamento para Funcionamento e Alvará Municipal
    73.

    Taxa de Pesquisa Mineral DNPM – Portaria Ministerial 503/1999
    74.

    Taxa de Serviços Administrativos – TSA – Zona Franca de Manaus – Lei 9.960/2000
    75.

    Taxa de Serviços Metrológicos – art. 11 da Lei 9.933/1999
    76.

    Taxas ao Conselho Nacional de Petróleo (CNP)
    77.

    Taxa de Outorga e Fiscalização – Energia Elétrica – art. 11, inciso I, e artigos 12 e 13, da Lei 9.427/1996
    78.

    Taxa de Outorga – Rádios Comunitárias – art. 24 da Lei 9.612/1998 e nos art. 7 e 42 do Decreto 2.615/1998
    79.

    Taxa de Outorga – Serviços de Transportes Terrestres e Aquaviários – art. 77, incisos II e III, a art. 97, IV, da Lei 10.233/2001
    80.

    Taxas de Saúde Suplementar – ANS – Lei 9.961/2000, art. 18
    81.

    Taxa de Utilização do SISCOMEX – art. 13 da IN 680/2006.
    82.

    Taxa de Utilização do MERCANTE – Decreto 5.324/2004
    83.

    Taxas do Registro do Comércio (Juntas Comerciais)
    84.

    Taxa Processual Conselho Administrativo de Defesa Econômica – CADE – Lei 9.718/1998


  45. Perfeito.

    O grande problema é que abrir os olhos das pessoas é difícil pelo simples fato delas em sua maioria fazerem parte do grupo predominante. E o grupo predominante é aquele que acha legal se dar bem, dar jeitinho, enfim, ser brasileiro.
    Tento a muito modificar os que estão perto de mim, mas INFELIZMENTE minha única esperança atual de ser tratado como um verdadeiro cidadão é saindo daqui.
    E o pior é saber que esse país tem um puta dum potencial. Uma coisa que me irrita é esse tal de vestibular. Vai pra Noruega e vê se algum estudante que quer ingressar numa faculdade tem que brigar por vaga… se não tem vaga, o governo simplesmente cria. Imagina se todos os estudantes brasileiros pudessem ter acesso a um curso superior de qualidade. Não ia ter super-potência que segurasse.
    Os impostos também são outra coisa ridícula. Agora até helicóptero paga IPVA, criado inicialmente para construir e manter rodovias em bom estado. Qualquer coisa que fazemos, pagamos ao governo. Digo o seguinte: se houvesse retorno eu pagava feliz da vida, mas não… realmente os governantes são bem criativos, pois para sumir com tanta grana assim tem que se esforçar.
    Parabéns novamente pela postagem, resumiu bem o que sinto em relação à nossa pátria XD


  46. Felipe Neto, há muito tempo eu era MUITO fã seu. Mas MUITO mesmo, tipo pagava pau pra qualquer merda que tu escrevia. Não lembro muito porque mas perdi o ‘fanatismo’ (não sei se é a palavra certa mas serve). Agora com esse texto… puta que o pariu. Levanto e bato palmas.

    ‘Só o fato de tentar abrir seus olhos já é alguma coisa’ – e é MUITO mais do que a maioria do povo faz.

    quando eu converso com amigos e digo que gostaria de morar na Inglaterra, me chamam de AMERICANIZADO (não, não faz sentido), alienado e coisas do tipo. que eu deveria amar meu país.
    rá. amar um país cujo sucesso na internet é “Cadê Xoxó”? amar um país cujo hit do ano foi “créu” (nome E LETRA, estranhamente)? amar um país que já foi elegido país com maior corrupção (acho que li isso na Veja há um booom tempo)?

    não dá, antes fosse que nem a Inglaterra, onde o atendimento público pode ser comparado à nossos melhores atendimentos particulares. onde funcionários públicos pagam O DINHEIRO DA SUA PASSAGEM pra voltar pra casa, depois de ser atendido em algum hospital ou coisa do gênero.

    antes fosse que nem o país de onde surgiram os Beatles – convenhamos, eram melhores que QUALQUER cultura nossa, desde capoeira e carnaval até funk e pagode.

    tá de parabéns, Neto.
    voltei a pagar pau pros seus textos


  47. Cara, que coincidência empressionante!! Eu estava justamente pensando neste assunto ontem a noite. Em como um país pode querer cobrar algo de um cidadão não dando-lhe absolutamente nada, e pelo contrário, tirando-lhe. Eu fico revoltado quando começo a pensar nestas coisas.

    E a respeito do que você citou:

    “Pois um dia, esta poça de dejetos mudará. E só então, eu terei orgulho em dizer: ‘sou brasileiro’.”

    Será que esse dia chegará?
    Será que conseguiremos mudar o jeito de pensar desse país?
    E em quanto tempo?

    Um abraço, Felipe!


  48. Sempre me senti como se não pertencesse a este lugar, povo e trepudiações que acontecem. Você disse sobre pagar para ter melhores condições…..até isso está uma merd*…perdi minha tia em novembro por negligência e erro médico mesmo pagando convênio, tratamento contra um câncer q tinha 90% de ser curado…e o pior, minha tinha nem morreu por causa da doença, mas de uma infecção generalizada pq a imbecil da médica não prendeu os grampos direito e estourou….demoraram 2 dias pra achá-la pra atendê-la.

    É um demagoismo querer pensar q isso é culpa do cidadão..porr*…pago uma porrada de impostos durante a vida toda pra ter tranporte público descente, segurança, atendimento hospitalar útil. Pago IPVA, IPTU, Imposto de Renda e qual a qualidade de vida q o brasileiro tem? Trancar a casa, passar cerca elétrica e ficar pagando guardinha noturno pra não ser assaltado/sequestrado? Quem devia estar na sprisões tá andando soltinho da silva na rua…

    Hiprocrisia é a cegueira do brasileiro…


  49. O meu Brasil não é mediocre, e sim, me senti um pouco ofendido com o que voce escreveu sobre ele, mas acredito, não, melhor, espero que voce tenha escrito dessa forma, pensando mesmo em abrir os olhos das pessoas. Quando voce quer ensinar alguma coisa, não pode apenas “meter o pau” no que esta ruim, voce também tem que valorizar a parte boa, tem que mostrar para as pessoas como melhorar, o que fazer…
    Mudanças não acontecem da noite para o dia, provavelmente, eu, voce, e todos os que leem seus post’s, não viveremos o bastante para ver o país sem esses problemas que voce colocou no texto, mas mesmo assim, devemos lutar pra melhorá-lo.
    O Amor é um sentimento que não necessita de reciprocridade para existir, quem “ama” alguem ou alguma coisa esperando algo em troca, não sabe o que é amar.

    Um Abraço


  50. Cara, parabéns..!!! Ótimo texto, muito bom mesmo.
    Esse “nosso” pais..(na verdade, propriedade dos governantes…..) é um nojo mesmo….
    Eu, sem nenhum remorso, digo que tenho vergonha de morar e de ser brasileiro…
    Relembrando o que o autor do primeiro comentário disse ( te mandou ir morar na Argentina…..) pra mim não seria uma má idéia…pelo menos a seleção deles ainda faz alguma coisa que preste….uahsuahsuash
    No brasil (em minúsculo mesmo) a impressão que tenho é que à uma espécie de lavagem cerebral generalizada, pois com tanta coisa errada tão aparente e escandalosa aos olhos do povo, e tão pouco sendo feito para combater tudo isso, essa é a única explicação que “racional” que tenho……….

    Parabéns, de novo, pelo texto..


  51. Se a idéia é abrir os olhos, recomendo esta leitura:

    http://www.transparencia.org.br/docs/parlamentos.pdf

    ‘A média do custo por parlamentar dos Legislativos europeus mais o Canadá é de cerca de R$ 2,4 milhões por ano. No Brasil, são R$ 10 milhões. Congresso brasileiro é o que mais pesa no bolso da população na comparação com os parlamentos de onze países.’

    Já ouvi uma vez: “O problema do Brasil é que a justiça é cega, o governo é surdo e o povo é mudo.”


  52. Desculpe…óbvio q respeito sua opnião…mas acho que vc esqueceu q quem faz o nosso país somos nós mesmos! O retorno que ele nos dá é apenas um reflexo do que damos a ele!…Não somos um povo nacionalista..não lutamos por nada nesse país..e toda a miséria e injustiça é reflexo disso…e não o contrário…


  53. Não concordo com estas suas palavras, não, eu não sou nacionalista porém não podemos ser tão pessimistas e só olhar as coisas ruins que nosso país tem! Apesar de toda a corrupção, abusos em impóstos e etc… a muitas coisas boas no Brasil para que nós falarmos que temos nojo do mesmo. Minha opínião, cada um tem a sua.


  54. O patriotismo pode ser uma ilusão, mas é justamente esse amor sem porquê, que levou e leva mtas pessoas a revolucionarem esse país.
    Não sou patriota pelos políticos, e mto menos por tudo aquilo q não recebo, mas sim, pq aqui estou, e reclamar não melhora esse lugar, e sim uma mudança de postura, de pessoas q ao invés de orgulharem-se do Brasil, pelo futebol, pelo vôlei, pelas modelos; possam fazer algo para melhorar de fato esse Lugar, e daí sim ter algo pra se orgulhar.


  55. Bom tema para discussão, não concordo com as criticas do modo em que foi colocado, pois não acho que o Brasil “é uma escória global, um lixo social instaurado em um continente patético. Este pedaço de terra é desprezível..”, Alem do mais vc não precisa deixar de ser nacionalista para ver que a coisa esta indo mal …

    Um nacionalista consciente cosegue ver os erros, lamenta e luta para corrigilos…

    Minha opinião sem esticar de mais o assunto.

    Mais uma vez um belo tema para discussão.


  56. Eziste coisa melhor do que saber que o PROCON está defendendo os meus direitos enquanto consumidora de maneira tão eficiente?

    O Estado realmente deixa muito a desejar: impostos demais, contrapartidas de menos, violência, corrupção, muita corrupção.

    Por outro lado, não acho que a cultura brasileira seja esse lixão total. É verdade que o jeitinho malandro de ser – talvez a raiz de toda a corrupção- está lá, e isso é um ponto muito negativo. Entretanto, a música, a culinária, o jeito de festejar, de fazer amigos, enfim, muitas coisas relativas a cultura na minha humilde opinião se salvam.

    Não sei se isso é o suficiente para se dizer “tenho orgulho de ser brasileira”, mas acho importante a ressalva. Portanto, eu digo: “o Estado brasileiro fede”.


  57. Mais uma vez Felipe, você tirou as palavras de minha boca!
    Muito bom!


  58. Se alguns dos BRASILEIROS que escreveram aqui caissem num buraco negro o problema do BRASIL estava resolvido.
    Gente sem cultura que acha q “eu te amo” é “bom dia”.
    Acorda, galera. O país tá afundando e o pessoal ta correndo atrás do trio.
    A politicagem corre solta, a criançada ta morrendo e o voto da massa vai para um sem noção (para não ter que dizer outra coisa) como o atual presidente? Bolsa escola, gás, maquiagem…Que Mais?
    Política do pão e circo.
    AMOR, não enche barriga.
    Do céu, só cai chuva.

    Não amo meu país. Não tenho orgulho dele.

    E Felipe, me arruma um nariz de palhaço pq eu me senti uma PALHAÇA lendo alguns comentários, e tive que rir…

    [Pro pessoal que não gostou do post dele: A melhor censura é o CONTROLE REMOTO. MUDEM DE CANAL.]


  59. O Brasil… é um bom país… Grande, com uma terra que,,, em se plantando, tudo dá.
    Com riquezas minerais, fauna e flora inigualáveis, um país que tem climas para todos os gostos, praias e “roças”.
    Eu amo esse Brasil.
    Não tem terremoto, maremoto, tornados, vulcões.
    Eu continuo amando esse país, que em determinadas épocas do ano, não me deixa debaixo de 3 metros de neve.
    O Brasil, um país de governos corruptos, de uma minoria desonesta.
    Onde há muita desigualdade, criminalidade, educação publica de baixo nível e hospitais em sua maioria sucateados.
    Brasil que acolhe assassinos italianos e deporta cubanos que fugiam da ditadura.
    Brasil que elegeu um presidente Que representa a maior decepção do cenário político nacional.
    Que aceita o maior sistema de compra de votos do Mundo ( bolsa MISÈRIA)
    Eu não amo esse país.

    Eu tenho uma responsabilidade nisso. Todos temos, uma pequena responsabilidade.
    Mas a pequena responsabilidade de cada um, quando nos unimos, torna-se uma grande responsabilidade, logo, em parte a culpa não é minha, não é sua, é nossa.

    Um dia o Brasil votara no melhor para a nação, não o melhor para A, ou B.
    Eu amarei esse país.
    Onde o governante disputara uma eleição por que acha que poderá fazer mais do que seu adversário pelo POVO. Não por que vai ganhar 4 anos de gordo salário.
    Eu amarei esse país.
    Sou um Policial Militar de Minas Gerais.
    Meu trabalho é defender meu estado, defender o contribuinte que paga meu salário.
    Sou um funcionário publico como os governantes são.

    Cada cidadão é patrão do presidente, comecemos a cobrar deles, como cobramos dos nosso funcionários. E se eles não corresponderem nossas expectativas… mandemos todos embora, como fazemos com os funcionários ruins.

    Eu amarei esse povo, que amará o seu país.


  60. O que você faz para a melhora do País?

    Acho que o Problema não é o Brasil, e sim os Brasileiros. (não todos, mas uma boa parte)


  61. Ah, só pra constar…
    Tá aí o teu dinheiro, povo bacana.
    O dinheiro do teu suor.

    http://g1.globo.com/Noticias/Politica/0,,MUL988281-5601,00.html


  62. “Acho que o Problema não é o Brasil, e sim os Brasileiros. (não todos, mas uma boa parte)”

    Hauhauhauhaua

    Isso me lembra aquela piada:
    “Deus estava construindo o mundo (tá, eu não acredito em Deus, e muito menos que ele construiu o mundo, mas vamos supor que sim pela lógica da piada), criou lugares belos, e tudo mais, mas em cada lugar colocava um revés, enchentes, furacões, terremotos, etc.

    Chegando na criação do Brasil, Deus criou um lugar maravilhoso, cheio de belezas naturais, rios, diversidade de fauna e flora, etc, e sem terremotos, furacões, enchentes (tá, a piada foi feita antes do colapso natural recente em SC), etc.

    O ajudante de Deus olha perplexo e diz: Mas meu Senhor, este lugar vai ser o paraíso na terra, o melhor lugar do mundo para se viver.

    Ai Deus responde: Tu achas??? Espera pra ver o povinho que eu vou colocar pra morar ai!”

    hauahuahau

    É muito fácil dizer que a culpa é “nossa” pq nós tb votamos e blá, blá, blá. Pode até ser, mas pouquíssimos de nós tem cultura suficiente pra fazer alguma coisa, enquanto 90% da população (+ou- o índice de aprovação desse ditador comunista que é o nosso presidente) é ignorante e boa parta dela é comprada com benefícios sociais do bolsa esmola, o resto é formada por mal-intencionados que tiram algum proveito financeiro da prevaricação cometida por nossos governates e acha que está tudo bem.

    Eu não votei nessa corja, mas infelizmente, 90% de ignorantes aprovam esse governo. Como mudar isso? Só se mudando pra outro país mesmo (alias, pensando bem, a Argentina não me parece tão ruim agora, é só jogar fora todos os argentinos…), ou fuzilando todos eles e fazer uma nova revolução e reconstruir o país do zero com os 10% de lúcidos que sobraram.


  63. é por isso que mt gente se dói quando falamos algumas verdades .-.
    eu acho que o Nacionalismo a gente “cria” a partir de influencias, que vão da infancia a idade adulta…
    só pode ser isso…


  64. “Brasil, ame-o ou deixe-o”.


  65. Talves vc não saiba mas o motivo do ‘orgulho’ Brasileiro, se da ao FUTEBOL!!!!!

    Se a energia empregada a torcer pelo pais na copa do mundo fosse utilizada para o bem da população seriamos uma nação bem melhor para se viver!!!


  66. Vai pra um pais da Africa depois agente conversa beleza.. vai pro Zimbabué ou Burundi

    Como disse o jovem ali em cima..
    O que você faz para a melhora do País?[2]

    ~.~saindo do meu coment~.~ Bastante imposto em…Num imaginava que era tanto…no lugar onde vc acho isso tinha quanto pagamos por cada um?


  67. “Por trás de um Patriota nacionalista, se esconde um canalha!”


  68. ps:. KKKKK!!!E esse site do Procom do RS??? Manda uma Cartilha de alfabetização para eles Urgente!!!


  69. Cara… tu já saiu do Brasil pra saber a realidade de outros países? claramente eu vejo que não. Esse povo que sempre teve o sonho de ser um “american boy” e nasceu no Brasil…Esse post seria mais inteligente se tu fizesse um balanço dessas coisas que tu fala que o Brasil está mal, com outros países. Se tu pesquisar mais, verá que é tudo a mesma coisa, todos os países tem seu problemas, mas como tu só vive bitolado no Brasil é só o que tu sabe sobre.

    ——————

    Ok, desculpe, o Brasil é exatamente igual a Noruega, Suécia, Inglaterra e etc.

    Não sei nem porque reclamamos! É um absurdo! Um país de primeiro mundo como este, com tantas coisas positivas, realmente, eu estou errado.


  70. Cara,

    O problema não está no país e sim nas pessoas.

    Tenho orgulho de ser brasileiro pelos exemplos daqueles que resistem à mediocridade e fazem a mais neste lugar.
    E não do povo que sobrevive às adversidades sócio-econômicas, porém ACOMODADOS.

    Esta “nação” é composta por pessoas naturalmente corruptíveis e que tem a cultura da ilegalidade.

    Mas e aí, como agir? Como já disseram para você, “o que você faz para a melhora do País”?

    EU concordo com o ditado: agir localmente pensando globalmente:
    Sou honesto. Extremamente honesto.
    Faminto por conhecimento.
    E humano. Demasiadamente, humano.

    E, assim, passar boas idéias (não “evangelizar”) para amigos, conhecidos. Escrever num blog, por que não? As pessoas, não lêem nas entrelinhas. Mas uma pessoa que lê este post e leve um pouco mais a sério como deveria ser um brasileiro, já é uma pequena contribuição para a melhora do país.

    Criticar é fácil. Fazer é possível. Transformar é difícil.

    Abraço!


  71. Entre agora em: http://www.quebrandoregras.com.br , baixe nosso Podcast Piloto e deixe sua sugestão,elogio ou crítica.

    AbraçOOo


  72. Obrigado pela resposta, Felipe.

    Mas o fato de você ter 21 anos não influência em nada. Eu tenho 23 e tento fazer alguma coisa pra “mudar”, claro que não conseguirei ser visto por grandes e muito menos que minhas atitudes façam do meu país algo melhor de se viver. Mas eu TENTO fazer parte da pequena minoria, entende? Você citou que já levou comida e etc… isso não é uma mudança? Você demonstrou preocupação, você FEZ alguma coisa. Por pouco que seja você CRIOU uma diferença que foi visível apenas NAQUELE dia (Exemplo)

    Eu sempre tento mostrar que o nosso país por tão bonito e grande que seja tem muitas qualidades TAMBÉM. Como eu disse no primeiro post: “Amo meu país, mas repudio a ignorância política”.

    É óbvio que se você fazer uma lista de defeitos do Brasil você terá bilhões 😛 Mas também ao em vez de ver SOMENTE as coisas negativas, eu pelo menos tento ver as coisas positivas e tentar fazer no qual essa forma BOA se sobresaia. É indiscutível que tudo precisa de uma melhora, que nosso país tem muito o que melhorar e aprender. Mas acho que se você tira seus 800, 1.000 ou 3.000 reais e consegue sobreviver nessa sociedade medíocre e hipócrita, dê graças a Deus que esse país lhe oferece algumas coisas boas também.

    Eu ainda tenho esperança que um dia tudo pode vir a ser MELHOR. Eu estudo, trabalho e tento sempre ter um pensamento que abrange uma melhora futura.

    Mais uma vez, agradeço a resposta. Antes eu via suas respostas como defesa pessoal, mas mudei totalmente minha opinião. Agradeço a atenção e o tempo gasto lendo e respondendo.

    Abraços,

    Francisco


  73. Ah sim, esqueci quem inventou o avião, ou a urna eletrônica, enquanto EUA ainda conta papeizinhos…
    Cada país tem seus problemas…

    ——————

    É verdade, o Brasil inventou o avião e a urna eletrônica. Meu texto está totalmente equivocado graças a isso. Desculpe-me.


  74. Ainda bem que não estamos em ditadura!
    kkkkkkk

    Ótimo texto!


  75. Finalmente alguem falou !!!!!
    Palmas !!!!


  76. caro Jayminho The Letterman , “ps:. KKKKK!!!E esse site do Procom do RS??? Manda uma Cartilha de alfabetização para eles Urgente!!!”

    Acho que precisamos mandar a outra cartilha pra vc também Consumidor é com N e não com M.


  77. Linkado p/ o newretroo.blogspot.com

    de uma conferida, tem um micro texto sobre vc.

    ;D

    —————-

    Obrigado pelas palavras Talita.


  78. Saudações.
    Concordo que o Brasil realmente está em uma situação crítica. É preciso que nós, população como um todo, tomemos consciência desta realidade e, deste modo, comecemos a alterar o atual quadro vigente. Entretanto discordo da sua opinião em relação a alguns pontos:

    – Acredito eu que muitas das ações do governo de ajuda a população mais pobre, é uma solução para a desigualdade de renda. Apesar de toda a controvérsia e críticas que caem em cima dessas “Bolsas”, defendo-as como um(dos) meio(s) de solucionar o problema de desigualdade de renda, a um longo prazo.

    – Assim também devemos lembrar que mudanças como as que atualmente são propostas por idealistas e pensadores, requerem uma grande reforma do atual contexto socio-politico-econômico de nosso país, e ainda mais de seu contexto cultural; deste modo não podemos simplesmente pedir e propor por mudanças, mas planeja-las de modo que sejam sustentáveis. Não é possível que haja prosperidade por todo território, sendo que os mais pobres continuam sendo mais pobres. As melhorias devem alcançar todas as classes.

    – Eu, particularmente, tenho muito orgulho de dizer que sou brasileiro, mesmo ciente de todas as mazelas que encontramos pelo nosso território. Além de todos os recursos naturais, destaques esportivos, carnaval, belezas naturais, etc; agradeço por poder ver uma população que apesar de “manipulada”, “ignorante”, “sangue-sugas”, “penduradas na ajuda do governo”; tem vontade de mudar e de crescer na vida. E além disso, possuimos politicos que, apesar de todas as mazelas, ainda fazem algo pelo POVO, ao contrário de muitos ditadores hoje existentes no mundo todo.

    Para não mais me delongar, enfatizo, por fim, que para que a mudança que hoje pedimos, e que tenho certeza que em um futuro breve ocorrerá, deve ter seu primórdio na educação de todos, ensinando àqueles que hoje se encontram em patamares inferiores a pescar; e conscientizando os que estão em patamares mais altos, e que tem abundância de peixes, que não é por causa disso que eles tem que esquecer dos mais necessitados.

    Desculpe-me a sinceridade, mas se o que você falou é realmente verdade (em relação a só dizer que tem orgulho de ser brasileiro quando a situação melhorar), então por favor, vá embora, e não volte mais. Os mais dignos são aqueles que lutam, e mantém sua posição, até o fim, acreditando na vitória.


  79. Pow kra se tu num for nascionalista se num tiver paixao como eh q tuh qr q melhore?
    Se qr q melhore se empenha pow!!!
    Fik cuspindo soh vai ajudar a afogar. E se essa poha eh uma merda vc tem sua parcela de culpa nisso e eu tbm tenho, todos nos temos.
    E o que você deveria repreender vc proteje, vc vive a esperar as coisas de mao beijadas para ama-las no entanto agente soh ama as coisas de verdade se agente lutar por elas.
    Num gosta de amar o pais do jeito q eh? Foda-se. Va pro pais em q o IMC seja alto o bastante pra lhe satisfazer e para que voce o ame.
    P.S.:Ser interesseiro eh feio


  80. Raizen : February 4th, 2009 às 4:29 pm

    apoio incondicional!!!!!!!!!!!!!!!!!

    governantes corruptos controlam as massas com mentiras deslavadas na TV!!!!

    Desculpa te corrigir kra mas qm elege os governantes? qm faz parte da massa? Vc jah fez alguma coisa pra mudar isso?
    Perda de tempo se conformar com as criticas semelhantes as da Hebe no seu programa


  81. Não concordo em algumas partes, eu amo meu país e todo aquele blá blá blá. Concordo em outras partes, existe muita sujeira mesmo nesse meio. Não vou opinar por não ter profundo conhecimento sobre o assunto e, não gosto de falar sobre o que não conheco bem, de todos os ‘pontos’, ainda mais num assunto tão complexo como este. Mas, acredito muito no meu país e não da pra comparar o Brasil com Inglaterra, Noruega e poraí vai… É só entender a história de ambos, o Brasil pode ser mal visto ainda, mas já foi muito mais, para um país que foi tão terrivelmente explorado, está suportando e reagindo bem. Não se muda isso da noite pro dia, é preciso muita batalha ainda…
    “Não pergunte o que seu país pode fazer por você, mas o que você pode fazer pelo seu país”
    Pode até parecer um tanto utópico, mas se pensarmos só no que o país faz conosco, e não fizermos nada por ele, nunca ele irá mudar.

    Parabéns pelo post.


  82. – Olha, achei seu texto um tanto quanto infantil e clichê. Sinceramente, concordo com você em alguns pontos, mas não entendi qual a lógica no seu raciocínio. Você diz que eu não posso ser nacionalista, eu preciso primeiro mudar o país pra depois amá-lo. Se eu não amar o país, pra que eu vou querer que ele mude? Vou querer mais é que o país afunde e eu vou simplesmente mudar de país.

    – Também achei desnecessária a sua agressividade com o país. “Privada Pública”. Você praticamente chamou todos os brasileiros de merda, inclusive a si mesmo. Eu não me considero um merda, eu trabalho, estudo em uma faculdade federal e conquistei as coisas {nesse país tão horrível, como você diz} com o suor do meu rosto.

    – Não é com postagens revoltadas como essa que a gente muda a situação do país. Reclamar com a bunda na cadeira em frente ao computador é fácil, agora agir mais ativamente para tentar melhorar a situação do Brasil é outra história.


  83. Mas que belo texto!
    A única coisa que resolveria esse pais seria trancar completamente o congresso e atear fogo, enquanto o povo assiste os porcos corruptos queimarem.
    E não somos ‘nós’ que elegemos, vão a merda, eu prefiro não votar à votar em um bando de hipócrita.


  84. Sábias palavras Felipe,melhor impossível.!!!


  85. Cara, é impressionante como tem gente burra.
    Tem nego ai falando que o Brasil é bonito, tem praia e os caralho, ta foda-se, eu preciso de um médico eu vo la na praia e vai ter um médico pra mim, eu preciso de estudo eu vo la na porra da praia e tem tudo que eu preciso. calem a boca porra, o Brasil é um país corrupto, se afundando cada vez mais.
    a culpa de tudo isso é da grande massa de brasileiros inuteis que se acomodam com bolsa familia, bolsa porra, bolsa tampa o sol com a penera.
    acordem, o Brasil é um país de bosta.

    Otimo texto.


  86. Cara vou descordar de vc em um ponto.

    Nacionalismo é defender seu país, o País em si que é feito por todos nós, não pelos governantes deles.

    Isso não deixa de mostrar o quanto idiota é a população brasileira que se acadela a qualquer proposta de aumento do governo, ninguem vai la e quebra tudo. Mostra quem que manda, dai nas proximas eleições votam na mesma corja que já estava. Troca de favores de politicos é foda, o brasileiro não sabe que voto é secreto.

    Mas eu não tenho vergonha do meu pais, tenho vergonha do povo dele e dos comandantes que faze ele ficar horrivel pra quem vive nele.


  87. Cara..comente também sobre os comentários de quem apresenta um bom argumento contrário ao seu…é chato ver seus comentários somente naqueles que falam besteira(MTA besteira)….


  88. Nasci pobre, sem qualquer poder aquisitivo, no norte do pais, td o meu ensino foi em escola publica (fundamental, medio e univ. federal) e neste exato momento estou em um conferëncia internacional defendendo um artigo escrito com apoio da minha empresa, que por sua vez recebe apoio do governo, resultado da finalizacao de programa de mestrado, tb patrocinado pelo meu pais, o Brasil, nao sei se em outras nacoes teria a oportunidade que estou tendo agora e conheco varias pessoas com historias parecida, por isto afirmo que o Brasil e um pais maravilhoso, as oportunidades estao ai basta se esforcar que elas aparecem! Abs, Ricardo


  89. Eu acho que só viveremos num país de verdade quando as pessoas que hoje sabem criticar muito bem, que sabem elaborar lindos textos, que talvez por coincidência trabalhem na Veja ou na Globo, voltarem suas maravilhosas críticas pra algo construtivo, ao invés de fazerem críticas apenas pra construir uma montanha de ego pseudo-intelectual maior. O valor dessa “indignação” só é verdadeiro quando não para em um blog. Quando vai às ruas. Quando vira bandeira política. Até lá não vale a pena. Revoluções e revoltas de cadeira estofada e pentium 4 não mudarão o país. Os políticos são desonestos? Candidate-se. Conte com meu voto inclusive. Mas não se atenham a única e exclusivamente criticar.


  90. Penso de igual forma faz algum tempo.
    Só não concordo quando vc diz q o Brasil está inserido num continente patético.
    Sinceramente, patético é a America do norte, Europa e parte da Ásia.

    Não troco o clima q temos aqui por nenhum sentido em tais localidades.
    Pedaço de terra desprezível? Há tempos se ouve sobre rumos de internacionalização da Amazônia…

    Então, creio q vc foi demasiadamente extremo em relação a isso.
    No mais, há total coerência em suas palavras.
    []´s


  91. A américa do sul só é o que é devido as vantagens que alguns sulamericanos tiveram com a exploração do continente. Teve gente que lucrou e ainda lucra muito com a nossa falência econômica e cultural. Eduardo Galeano – Veias abertas da américa latina. leiam. Abre os olhos pra várias coisas que não percebemos da nossa realidade.


  92. Na minha opinião, nacionalismo é sempre estupidez, assim como patriotismo ou qualquer outro ismo babaca. Independente se o seu país é bonito, feio, bagunçado, arrumado, desenvolvido, ou puro lixo, acho que defendê-lo (e enxergar os outros países como inferiores, piores, etc.) não passa de uma infantilidade absurda. É uma pena que a maior parte da população mundial -inclusive a grande maioria das pessoas que lê esse blog- não consiga perceber isso, e acabam criando uma falsa sensação interior de que precisa estar do lado dos seus conterrâneos.
    Paixão pelo seu país? Para quê? Em algum lugar, o capitalismo sempre estará colocando outro país em uma situação pior, é a lógica em que o sistema funciona.

    De qualquer jeito, bom post, excelente forma de tentar fazer alguns abrirem os olhos, mesmo sabendo que isso é impossível.


  93. pra quem gosta do sistema capitalista essa é a lógica mesmo. Mas gostar do seu país, sentir amor e sentir revolta contra o que fazem dele não quer dizer que deve enxergar os outros como inferiores. Eu sou bairrista, sou gaúcho. Pra mim o RS é o menos pior do país. Mas isso não quer dizer que eu despreze totalmente os outros. Apenas não acho tão bom quanto o meu.


  94. São pessoas que pensam como você que chegam ao poder, alguém que acha que não tem que fazer nada, já que o país nada faz por ele. Logo, se acomoda, e arruma uma teta pra mamar também.

    ———————

    Em momento algum eu disse que nada deve ser feito.


  95. CARALHO! UHAEAAUEHUAHEUHAEUHAEUHAEUHEAUHE
    to adorando ler as respostas sarcásticas aos comentários idiotas
    UHAEHAHEAHEHAUEHAEUHAUEHAUHEUHAEAAUEAUEAHE


  96. kkkkkk
    estava lendo ali em cima:
    Abner : February 5th, 2009 às 4:24 pm

    Ah sim, esqueci quem inventou o avião, ou a urna eletrônica, enquanto EUA ainda conta papeizinhos…
    Cada país tem seus problemas…

    kkkkkkkkkk
    Eu racho de rir, as vezes as pessoas perdem o senço e se passa por uma situação de ignorancia só pra parecer q sua ideia esta certa.
    Alguem conta pra ele que ao contrario de nos, nos EUA cada Estado escolhe sua maneira de voto, e lá eles tem certas desconfianças desse sistema de votação brasileiro. E se me lembro bem lá o importante são os votos dos delegados dos estados. Os votos populares não fazem a diferença na escolha do Colégio Eleitoral.

    ——–
    Para quem quiser aprender sobre Eleições presidenciais nos EUA:
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Elei%C3%A7%C3%B5es_Presidenciais_nos_Estados_Unidos


  97. Felipe, a cada dia que passa eu fico mais espantado com a qualidade dos teus textos, sério, parabéns.

    Na boa, porque você nao escreve um post dando dicas de como fundamentar uma idéia, como ter coerência na argumentação ou até mesmo de como interpretar um texto (coisa que muitos não sabem). Eu leria.

    Virei fan do controle remoto. Embora as vezes eu não concorde com algumas de suas idéias(o que não foi o caso agora), este, certamente, será um site que vou acessar com mais frequencia.

    Abraços.


  98. Olá, peço que, se possível, divulgue o site do poeta Ulisses Tavares (www.ulissestavares.com.br) em seu blog.
    Mandando um email para nós você concorre a um livro por semana do escritor!
    Desde já agradeço a gentileza.

    Abraços!


  99. Olá Felipe.

    Primeiramente gostaria de parabenizá-lo pelo excelente texto. Há pouco tempo passei a ser assinante de seu blog e este texto me instigou a fazer meu 1º comentário \o/

    Infelizmente o Brasil é um país de 2 faces: Do lado bom, ficam suas belezas naturais e seu povo acolhedor. Do lado rui….podre tem a politicagem, que infelizmente infesta grandemente nosso país.

    Este lado podre envergonha a nação e a desvaloriza mundialmente (um dos países mais corruptos, onde, inclusive empresas estrangeiras que decidem vir para cá, já reservam parte do capital para a “propina”, mas isto é outra história….). E este lado acaba por sobrepor o lado bom.

    A função dos impostos seria gerar melhorias na educação, segurança, saúde, geração de emprego, enfim, proporiconar qualidade de vida a população, algo que não ocorre, pelo menos não a maioria.

    Sinto vergonha de viver em um país nessas condições e nojo dos políticos brasileiros. Infelizmente a única maneira de mudar, como você bem disse, seria a manifestação do povo lutando por melhorias, maaaaas…não creio que nossa geração mudará algo, afinal, a grande maioria se preocupa apenas em assistir a novela e o BBB e continuão a ser pseudo-alfabetizados….E a política do “pão e circo” continua….

    @Ricardo : Exceção faz regra?

    @Matheus: As mudanças se iniciam quando se começa a pensar, logo, a crítica bem argumentada é válida, porque ela contribui para que outras pessoas abram os olhos. Não importa se for publicada na “Veja” ou em um blog…

    —————–

    Melhor comentário do post até agora. Disparado.


  100. O alarde é muito maior do que realmente acontece. Temos uma economia extremamente sólida, inflação controlada ( pelo menos, nos últimos anos ), o real vinha se valorizando bem ( até a crise extravagar e o dolar decolar ). O nível de escolaridade do povo brasileiro vem aumento e a renda também, nos últimos dez anos o índice de analfabetismo vem caindo, exportamos cada vez mais, o que só nos ajuda a desenvolver cada vez mais.

    O Brasil vem sendo considerado para ser uma das futuras pontências do mundo, somos a décima economia do mundo e a segunda das américas.

    Temos o PAC, que vai investir 500 bilhões ( se bem que quase metade da grana vem de empresas estatais, mas mesmo assim… ) desde projetos de habitação à estimulação de crédito e financiamento ( pena que ninguém tem coragem de comprar/vender com a crise ).

    Então não acho que nosso país não investe em educação e infra-estrutura. Essa política do ” pão e circo ” citada pelo amigo à cima não é bem verdade.

    * Eu sei que você entro mais no mérito moral do que de estátiscas…

    ——

    Desculpe amigo, mas você está caindo um pouco na manipulação de massas.

    1- Temos uma economia extremamente sólida: O Brasil tem sua “solidez” há décadas. Com o dinheiro que entra, este país poderia ser de primeiro mundo, mas a corrupção não pode ficar sem sua parte gigantesca.

    2- Inflação controlada: Mentira, isso é o que a mídia passa pra você. Enquanto o governo informa índices de 4 a 5% de inflação ao ano, o consumidor e principalmente donas de casa do país sabem que a realidade está absurdamente distante disso. A inflação deste país é desenfreada e completamente mascarada. Se você estudasse o preço do arroz e do feijão, saberia disso.

    3- O real vinha se valorizando bem: Mais um parâmetro puramente especulativo. A valorização de uma moeda é subjetiva. Se hoje quisesse, o Brasil poderia declarar a igualdade do real ao dólar, a diferença é a consequência desta atitude perante a economia.

    4- O nível de escolaridade do povo brasileiro vem aumento e (…) nos últimos dez anos o índice de analfabetismo vem caindo: Mais uma vez uma prova de que você está sendo manipulado. O nível de escolaridade e índice de analfabetismo são COMPLETAMENTE mascarados devido a regra de não reprovação nas escolas públicas. Hoje em dia você não precisa ir a aula e nem fazer as lições de casa para ser considerado alfabetizado. Os índices são feitos para os olhos do mundo, quando a realidade interna é inversa. A diferença é que agora temos analfabetos com diplomas de escolaridade.

    5- e a renda também: Você baseia o aumento da renda de acordo com o aumento do salário mínimo? Se for, é vergonhoso, pois o aumento da renda passa LONGE de acompanhar o aumento da inflação. Se hoje a população ganha mais que há 10 anos, o dinheiro não compra o que comprávamos no mesmo período anterior. Mais uma máscara.

    6- exportamos cada vez mais: Em compensação, importamos produtos que produzimos. Este país é vergonhoso.

    Porém, deixo claro que sim, estamos andando pra frente e a situação está melhorando, porém continuamos 200 anos atrasados em relação aos países de primeiro mundo… E crescemos em um nível assustadoramente pequeno.


  101. * Investir 500 bilhões até 2010 ( PAC ).


  102. Matheus : February 6th, 2009 às 8:33 am

    A américa do sul só é o que é devido as vantagens que alguns sulamericanos tiveram com a exploração do continente. Teve gente que lucrou e ainda lucra muito com a nossa falência econômica e cultural. Eduardo Galeano – Veias abertas da américa latina. leiam. Abre os olhos pra várias coisas que não percebemos da nossa realidade.


    Nossa falência econômica? Da onde voce tirou isso cara? Pelo amor de Deus…


  103. estatísticas* se tiver como arrumar ali no meu primeiro posto, agradeço =)


  104. 1 / 2 – O Brasil tem sua “solidez” há décadas. : Se você estudasse o preço do arroz e do feijão, saberia disso. : Na verdade não e sim conquistada nos últimos anos. Tanto que governos mudaram a nossa moeda vezes e vezes, para combater os altos índices de inflação. O quadro de inflação em 1980 chegou a 330% ; 1990 a 1994 =média anual de 764% ; e até 2002 = 12,53%. Partir daí só diminiu, tivemos o controle e em 2008 aumentou mas teve uma crise e o arroz/feijão deu conta de aumentar por isso, mas fazia tempo que os brasileiros não sentiam isso pesar no bolso.

    3 – Se hoje quisesse, o Brasil poderia declarar a igualdade do real ao dólar, a diferença é a consequência desta atitude perante a economia. : ? – Se determinássemos o valor que quiséssemos para nossa moeda, inflação não existiria e coitado do Itamar Franco que mudou nossa moeda algumas vezes pela desvalorização de tal.

    4 – ¹O nível de escolaridade e índice de analfabetismo são COMPLETAMENTE mascarados devido a ²regra de não reprovação nas escolas públicas. Hoje em dia você não precisa ir a aula e nem fazer as lições de casa para ser considerado alfabetizado.. : ¹Nível de escolaridade podemos definir com o quão maior as pessoas frequentam uma escola e sim, vem aumentando a participação nos colégios. ² Totalmente generealizado, conheço muitos colégios públicos ótimos, amigos que reprovaram e amigos que passaram em faculdades concorridas.

    5 – Você baseia o aumento da renda de acordo com o aumento do salário mínimo? : Pelo poder de compra do consumidor. Nos últimos cinco anos o salário médio aumentou 22% e a inflação vem caindo. Sim, para acompanhar a inflação teria que ser pelo menos 25%, porém só vem aumentando e esse ano tem tudo para ir bem a economia brasileira ( mesmo com a crise ).

    6 – Em compensação, importamos produtos que produzimos. : HÃ?? “Importação é o processo comercial e fiscal que consiste em trazer um bem, que pode ser um produto ou um serviço, do EXTERIOR para o país de referência.”
    EXPORTAR = Vender pra fora.
    IMPORTAR = Comprar de fora. Logo não tem como importar o que produzimos e mesmo que ‘importamos’ nossos mesmo produtos, isso não seria ótimo? Estamos produzindo TANTO que exportamos MAIS e compramos mais de nós mesmos.

    ————————–

    1- mas fazia tempo que os brasileiros não sentiam isso pesar no bolso: Fale isso pra minha mãe e ela arrancará seus bagos com o facão da cozinha. Converse com donas de casa brasileiras e veja como a inflação sobe.

    4- Campeão, desculpe mas você está absurdamente por fora da realidade se acha que o povo brasileiro está sendo alfabetizado e escolarizado. Seus amigos são instruídos, leve o problema para a classe miserável.

    6- Você falou muita bobagem. O Brasil chega ao cúmulo de ser exportador de determinados produtos, mas comprá-los de outros países para o consumo interno. Eu só não estou lembrando no momento quais eram os produtos, mas ACHO que dentre eles está o café.


  105. Seu texto é contraditório, visto que no título chama o nacionalismo de estupidez e enumera razões para isso apenas no Brasil, ou seja, se fosse na Finlândia ou na Dinamarca, não seria?! Eu não acho que seja estupidez em nenhum lugar, pois não se trata de defender o país incodicionalmente, mas sim lutar para que o lugar em que você vive seja melhor, o lugar onde seus filhos vão viver seja melhor, isso é ser nacionalista e, não esquecendo, os políticos são o retrato da sociedade, só quando tivermos consciência de mudar é que isso vai mudar e acredito que a sua opinião é igual a de pessoas que contribuem para que o país continue assim. Fora tudo isso, parabéns pelo blog, é bastante interessante e divertido, principalmente os flagras no msn.
    Abraço.

    ————-

    Victor, eu disse que o nacionalismo é cego e estúpido quando sentido sem razões.


  106. Felipe, parabéns pelo texto, venho sempre acompanhando este blog que tem muitas idéias sensatas mas que infelizmente não compartilham com o pensamento da maioria. O descaso do povo com ele próprio é um problema de diversos países mas falando em específico dessa terra de bananas, isso aqui só vai evoluir em condições extremas. Sempre foi assim, só acordam rapidamente quando o “bicho está pegando”. Por exemplo, a violência rolando solta durante um longo tempo mas só quando alguém da familia morre quer ir fazer passeata, falar com o governador e aparecer na tv pra protestar.

    Tudo o que acontece de ruim já forma algo terrível e “catastrófico” para o povo se juntar e fazer algo mas parece não ser o suficiente. Talvez seja necessário um abalo sísmico imenso, uma grande catástrofe natural como os políticos aprovarem uma lei pra acabar com o carnaval. Aí o povo irá para as ruas, pedir a cabeça de políticos e iniciar uma revolução…


  107. Brasileiro
    Tianastácia
    Composição: Beto, Antônio Júlio

    Tô cantando pro pai brasileiro
    Do pé rapado ao que tem dinheiro
    Fica esperto que eles tão nos cercando
    Eu não sou gado cê tá me estranhando

    Cara cê só muda lendo
    O que eles querem te deixar é burro
    Eles querem que cê seja um boy vazio
    Querem que cê seja alienado
    Fica mais fácil pra te controlar

    Trabalhar todo dia
    Comer dormir e sonhar
    Com um prato grande
    Que dê para o jantar

    Eu não sou ninguém mas eu sou um
    Você não é ninguém e somos dois
    Será que assim você percebe
    Podemos ser mais de um milhão
    Aí então pago prá ver um viaduto inacabado
    Aí então pago prá ver trabalhador desempregado
    Aí então pago prá ver o negro ser descriminado
    Pago para ser melhor
    Pago para ver mudar
    Pago por ser brasileiro
    E disso eu me orgulhar


  108. Felipe agora é político… hum… normal.


  109. Concordo plenamente. O Brasil é uma poça de lama. Não nego que estamos crescendo, mais continua a ser uma poça de lama, em crescimento. Nós praticamente dependemos dos outros para sobreviver. Como você disse Felipe, nós produzimos, exportamos e acabamos comprando o que produzimos e exportamos.

    Sobre a alfabetização, eu ouvi do meu professor que eles não podem reprovar. NÃO PODEM. Ou seja, não preciso estudar vou me formar de qualquer maneira.

    Uma pessoa que parou de estudar na 5a série, pode terminar todos os anos que falta, eu disse TODOS, em alguns meses. Isso é uma vergonha. Não aprovo e nunca irei aprovar isso.

    Um país de primeiro mundo? Quem sabe, quando o Brasil começar a se mexer como um deles.


  110. esse post esta dando oque falar em ^^

    “MoorpheuSs | http://moorpheuss.blogspot.com/
    Olá Felipe.
    Primeiramente gostaria de parabenizá-lo pelo excelente texto. Há pouco tempo passei a ser assinante de seu blog e este texto me instigou a fazer meu 1º comentário \o/
    […]
    —————–
    Melhor comentário do post até agora. Disparado.”

    Se depois desse inicio ele já é o melhor disparado, oque aconteceria se eu bajular o blog no coment todo? hehehe =D

    ————-

    Você leu o comentário e sabe muito bem que não foi pelo início que elogiei.


  111. George Carlin fala algo muito parecido com isso, mas sobre os pais: “Obediência e respeito não devem ser coisas automáricas, elas devem ser merecidas…” Algo assim, daí depende do ingles da pessoa. enfim, o que quero dizer é, Patriotismo ou amor a pátria, devoção cega a um país, falar, eu tenho orgulho de ser brasileira… ou achar que eu devo apoiar todos os filmes e músicas brasileiros, falar que amo meu pais… (Não que todos os filmes e músicas sejam ruins, jamais… mas tem gente que engole tudo pra falar que ama as origens) acho algo muito tosco. concordo com o texto, mas também amamos nosso pais, é nosso idioma, nossa gente, nossos costumes. Enfim… Adoro seus posts, não vejo a hora de ver seus replys nos comentários. *-*


  112. [comment]
    Concordo com muita coisa que você disse, mas os erros de português no fim do texto me fizeram esquecer tudo que você disse…

    DEFEZA?!
    EZISTE?!

    Fala sério…
    [/comment]

    Puta que o paril, eu dou muita risada com os comentários que vejo
    tsc tsc tsc

    Concordo em partes com o que você diz no post, não vou colocar minhas idéias aqui porque estou no trabalho e me levaria um tempinho…

    Enfim, bom post.

    PS: Testando HTML nos posts! =P


  113. Será que somente eu não me senti ofendido no 1º parágrafo e em nenhum dos outro parágrafos ?
    Porque eu não me senti mesmo! Este lugar é uma merda! um buraco! uma vergonha! Esse país fede!
    Me envergonha! e ainda tem que aturar uns “Galvões Buenos” da vida que pregam o OERGULHo de ser brasileiro por causa do futebol, bater no peito e dizer que é brasileiro! Isso me envergonha! Não me dá orgulho nenhum dizer que nasci em um país em que se esquece de tudo no Carnaval e na Copa, tudo é uma maravilha! Esquecem a roubalheira toda, os ladrões engravatados! Os sem vergonhas escolhidos por NÓS MESMOS (ou não) para “governar” (?)! O Brasil é uma merda! Uma vergonha!
    Por isso só pedimos o Plebicito! mais nada! Sem brigas! nem Revolução! Se nos dessem o Plebicito estaríamos livres! Livres disso tudo! Desta merda! Pode ter certeza!
    MRR! República Rio Grandense JÁ!!! e FODA-SE O brasil!


  114. […] Nacionalismo, a estupidez cega. […]


  115. Lucas Braga

    “o real vinha se valorizando bem ( até a crise extravagar e o dolar decolar ). O nível de escolaridade do povo brasileiro vem aumento e a renda também, nos últimos dez anos o índice de analfabetismo vem caindo, exportamos cada vez mais, o que só nos ajuda a desenvolver cada vez mais.”

    Colega a questão cambial é controlada pelo governo (salvo casos especiais, como momentos de crise): ele pode tanto valorizar o real para estimular a importação, ou desvalorizar, para estimular a exportação, tudo isso visando deixar a balança comercial do país “a seu gosto”. A propósito, real valorizado é ruim para o país, já que dependemos GRANDEMENTE da exportação de commodities..

    O Brasil (sobre)vive de exportação e sinceramente não vejo grande desenvolvimento nos últimos anos: entra ano e sai ano, o Brasil continua exportando matéria-prima e importando tecnologia e produtos industrializados, parece até que ainda estamos no período colonial ;-D Não vejo reflexão do “maior” desenvolvimento obtido na melhoria da qualidade de vida do povo.

    Nível de escolaridade aumentando? Hum…o governo diz que sim, mas não precisamos nos esforçar muito para perceber que a maioria das escolas públicas estão sucateadas, com professores despreparados e que o normal é passar o aluno de ano, mesmo ele mal sabendo escrever. Estatísticas podem e são manipuladas, afinal estamos no “Brazizizizizil…”

    “O Brasil vem sendo considerado para ser uma das futuras pontências do mundo, somos a décima economia do mundo e a segunda das américas.”

    O Brasil é uma potência (econômica), isto é fato, mas qual a vantagem disso? A má distribuição de renda persiste e a grande maioria do povo vive na miséria. Enquanto a má distribuição de renda não acabar, continuaremos a ser uma potência econômica com uma população miserável e NUNCA seremos um país de 1º mundo, porque isso não se limita apenas ao poderio econômico, mas também ao lado social. Ah, antes que digam que já temos a solução: Não, não será a bolsa-esmola regada a pseudo-alfabetização que irá mudar este cenário.


  116. Sai do Brasil então! Pode não ser o melhor lugar do mundo (e eu concordo!), mas também não é o pior. Esta se sentindo incomodado?? Muda de país, ninguém te obriga a viver aqui.

    —————–

    Sempre o argumento besta de “mude-se”, pensem um pouco antes de falar.


  117. Concordo com Você cara….
    No nosso país acham que vale a pena investir milhões de reais pra sediar uma Copa do Mundo que não vai trazer nenhum benefício à maioria da população do que investir esse mesmo dinheiro em saúde e educação de qualidade. Fazer o que né… Afinal de contas, somos o país do futebol, do carnaval, das praias e mulheres mais bonitas…
    Só que quando esses mesmos que dizem pra você sair do país precisarem de um hospital ou da nossa previdência social vão ver o quão estavam sendo enganados por nossos “competentes” governantes.
    Somos o país da piada pronta… então no próximo fim de semana vamos todos pular carnaval e esquecer das desigualdades sociais.


  118. Por que ser nacionalista, por que amar o Brasil? Porque o Brasil está acima de tudo isso, das corrupções, das falcatruas, da desigualdade social, de tudo de ruim que você citou no seu post. Amar o Brasil, não é amar sua politica e sistema de organização, mas sim amar suas belezas naturais, a hospitalidade do seu povo, a luta sem fim de um povo que diante de todas as dificuldades, contra tudo e todos, continua lutando, sem nunca desistir para finalmente dar uma vida melhor a si mesmo e aos seu filhos. Esse meu caro Felipe é o Brasil que eu amo, e que tenho orgulho de dizer “eu sou brasileiro”.


  119. Finalmente algum blogueiro que, além dos entretenimentos, disponibiliza a oportunidade de discussões produtivas (para alguns) como esta.

    Patriota sou, e, por assim ser, acredito que devo fazer o melhor pelo espaço ao qual estou inserido e, neste momento, passo a pensar positivamente pela minha pátria.

    Quanto a nação, que não passa de uma piada de mal gosto, talvez os patriotas consigam reconstruir o a nação deste povo.

    Você disse em uma resposta de comentários que tem planos para sua vida em forma de projetos para fazer alguma coisa para mudar, ao menos, alguma realidade. Eu e um sócio estamos desenvolvendo um sistema educacional novo, pode parecer megalomaníaco, mas assim que começarmos a colher resultados, tanto negativos como positivos, eu entro em contato contigo.

    E parabéns pelo post, ganhou mais um assinante.


  120. Cara vc só reclama do Brasil……

    Não gosta vá embora,se mude,vire um retirante e saia qietinho……quer ver se vc aguenta uma semana longe do Brasil…….

    o sistema é podre todos nós sabemos……concordo………mas será que vc não tem uma visão boa do seu país???????nada??????

    IMPOSSÍVEL!!!!!!!!!

    Não seja ingrato e ao menos respeite aquele que te acolhe…….

    mas senão faça como o cara do 1 post falou…..

    MUDE-SE PARA A ARGENTINA……..

    EU NÃO GOSTO E NEM ODEIO MEU PAÍS APENAS O RESPEITO……..

    E ISSO VC NÃO FAZ!!!!!!!!

    ————————

    Não grita, santa, cuidado que dá pobrema nas corda vocal.

    Eu nem perco tempo respondendo ao argumento ralo e boçal de: “mude-se”.


  121. Não há dúvidas que somos falhos como sociedade, nossos políticos entram pelas portas da frente dos palácios governamentais, e a chave dessas portas quem lhes dão somos nós.
    Gostaria muito que aquela velha frase que o Brasil é o país do futuro fosse substituída pela “o Brasil é o país do presente”!


  122. Poucas pessoas sabem, mas o Japão até o idos de 1900 era um pais arcaico, completamente rural.
    O Japão é o maior exemplo de que quando uma sociedade se junta em busca de um proposito maior tem o seu objetivo alcançado. Nem que isso custe tradições milenares.
    Como pode um país tão minusculo com poucas riquezas naturais se tornar a 2ª maior potencia do mundo?
    Será que s nobre e orgulhoso povo brasileiro têm a resposta? Acho… (achar não, acredito é o certo) acredito que não!


  123. Uma vez li uma coluna do Denis Russo Burgierman na Vida Simples (Ex-Editor da revista Superinteressante, um cara realmente muito inteligente, vale a pena procurar sobre ele mais tarde), e a mensagem era simples: Reclamar do que o brasil tem de ruim é fácil. É simples olhar os podres, tantos os que estão em nossa cara quanto os ocultos.

    Mas realizar uma mudança nisso, é um hábito que não temos. A maior parte de nós simplesmente culpa o governo e pensa que pode agir de qualquer maneira… O governo realmente tem grande importância, mas não é o que o brasileiro é. O grande crescimento econômico e a possibilidade de nos sairmos bem com a crise, ou o fato de estarmos “um pouco melhor na fita”, pouco ou nada tem a ver com o que o governo faz. Ele continua o mesmo de anos e anos atrás.

    E é ofensivo por causa da generalização. Praticamente nos empurra na cara que boa parte de nós somos somente números para os outros. Exemplo: Moro em Foz do Iguaçu. Nos jornais nacionais, só saem notícias daqui falando sobre o turismo, ou o tráfico de drogas e a pirataria. Quer dizer que eu só posso ser essas duas coisas? Óbvio que não…


  124. Falou várias verdades, mas não abriu mão do sensacionalismo.
    O Brasil é, com certeza, um maravilhoso território pelos seus recursos hídricos, naturais e minerais, muitos deles ainda não explorados.

    mas…

    o governo é um grande pedaço de coco, e o povo consegue ser pior ainda.
    Orgulho do Brasil, com um bom humor, nós podemos ter sim. Orgulho do Estado Brasileiro, aí já é um tapa na cara.


  125. Cara eu admirava seus posts até vc escrever esse LIXO de post PQP.

    Brasil, “Brasil, ame-o ou deixe-o” vale lembrar essa frase da época dos Militares.

    ”Pois um dia, esta poça de dejetos mudará. E só então, eu terei orgulho em dizer: ‘sou brasileiro’.”

    pq ao invês de vc ficar escrevendo essa merda de post vc num faz algo para ajudar ???

    Pq se não for para ajudar, não atrapalha.

    O por mais q o Brasil tenha seus problemas é aki q você nasceu, Brasil nao se resume apenas ao DF
    Brasil e a terra q viu sua mãe nascer q viu você nascer e q possivelmente vei ver seus filhos nascer.

    Intão ao invês de vc ficar fazendo papel de classe media q vc tanto criticou no post abaixo pq vc não vai a luta ???

    quantas vezes vc ja foi no site do Senado ou da Camara mandar um email pro seu congressita cobrando ???
    você pelo menos sabe quem são os 3 senadores pelo se estado ????

    Cara vai ESTUDAR antes de escrever MERDA aki.
    PQ vc como brasileiro e blogueirro devia dar exemplo.

    BRASIL S2

    Espero resposta

    —————————

    Mais um comentário estúpido escrito por outro brasileiro estúpido.

    Antes de opinar, leia. Antes de soltar dejetos pelos dedos, se informe. Por que você não leu este post aqui? http://controleremoto.tv/blog/2009/02/e-de-projetos-sociais-que-o-mundo-precisa/

    Não, é mais fácil ser ignorante e falar bobagens, pois é assim o perfil da maioria dos brasileiros, você encaixa direitinho.

    E desde quando um moleque que escreve “intão”, “invês” e não usa nenhum acento corretamente pode me mandar ESTUDAR? Rapaz, por favor, não se humilhe, não faça as pessoas gargalharem de ti, é feio 😉

    Abração.


  126. O texto foi perfeito.
    Os bitolados respondem com o “mude-se”.
    Cara, se por acaso entrar na Noruega, Finlândia, Suécia, ou alguns desses países com altíssimo padrão de vida, fosse fácil, eu seguiria esse conselho de me mudar. Mas não. Não da pra simplesmente sair saindo. A burocracia é enorme, e brasileiro não é muito bem visto em outras partes do mundo não. Claro, que, não é tão fácil abrir mão das nossas raízes e simplesmente deixar tudo prá trás. Bom seria se desse pra carregar junto, todo mundo que a gente gosta. Mas como não dá, e como é terrivelmente difícil o tal do “mude-se” pra algum país que te de condições mais justas de sobrevivência, a gente tem que tentar melhorar o nosso, e tentar abrir a cabeça e ampliar o ponto de vista de quem está junto com a gente nesse mesmo barco. Só que to vendo que vai ser difícil. A quantidade de boçais que amam essa lama que a gente desce goela abaixo por metro quadrado é absurda. É como diz o ditado: “O verme ama o arado que o corta”. E outra, a Argentina é sim bem menos pior que o Brasil. Se mudar pra lá nem é má idéia, como citou um comédia aí.


  127. Nacionalismo é coisa séria. Poucos levam o assunto com seriadade.
    Pra existir ”nacionalismo”, tem de existir uma sincronia entre governo e povo. Dificil não/?


  128. FINALMENTE!
    pela primeira vez na minha vida, vejo alguem com um pensamento igual ao que eu tenho.

    “por que você defenderia seu país? O que ele fez e faz para defender você?”
    achei perfeito, e resume tudo que penso de morar nessa bosta de país!

    fora que é sempre me xingam quando toco nesse assunto!

    falow! 😀


  129. Volto a dizer que o problema está nas pessoas. A reciprocidade tem que começar de uma das partes, por que não pode ser por você? O país é uma “escória” por causa de pessoas como você, que esperam ele fazer alguma coisa pra depois fazer por ele. Se todos fizermos primeiro por ele, com certeza mudará. Afinal, “país” é abstrato.


  130. Muito fácil falar que passará a ter vontade de defender sua nação caso ela mude e dessa forma passe a atender suas necessidades. Você esqueceu de dizer que o nacionalismo também serve para consertar o país, sentar e falar que só quando mudar começará a fazer algo quer dizer que você só está querendo uma situação já pronta e não lutar por uma sociedade melhor.
    O nosso país assim, como muitos, sofre com este tipo de mentalidade, a de torcer e estar ao lado de quem ganha, de quem tem mais. É por este motivo, o de cada um querer tirar a sua fatia do bolo e que se ferrem os outros, que o nosso país não evolui, pagamos impostos pacas(eu quase perco 1/3 do meu salário) porque roubam PACAS e falam q é necessário, isso não me faz perder o orgulho do meu país e resgatar este apenas em olimpíadas e em campeonatos mundiais de futebol, mas me faz pensar melhor no meu próximo voto, me faz pensar num protesto, me faz pensar em algo que mobilize, e caso os brasileiros levantassem suas bundas verde e amarelas, impeachments consecutivos seriam feitos, derrubaria poderosos a todo momento até que tudo mudasse, o povo se rebelou 300 vezes em vários países e a democracia de alguma forma ainda respira nestes, mas em nosso país ela está quase morta.
    Quando pararmos de pensar apenas em consumir e se parecer com ricos, quando brigarmos por nossos direitos aí sim estes valerão a pena.

    Acho lamentável ler algo assim de um brazuca, mas fazer o que…?

    ————————

    O que eu acho lamentável é uma pessoa não estudar ou ler o suficiente pra saber a diferença entre trabalhar para melhorar um território e trabalhar para melhorar uma população.

    Ainda farei muitas coisas pensando na população deste país e até de outros países, mas não é um pedaço de terra que me incentiva, são as pessoas que nele residem.


  131. Caro Felipe, conheci ontem seu blog, temos muitas coisas em comum, exceto a idade.
    Porém, quando tinha meus 21 anos era extremamente revoltada com a situação do país. De fato, quando vi que o (FDP) do Lula tinha alguma chance de virar presidente, eu votei nele como se fosse a última tentativa de se ter esperanças, pensei em como ele passou anos de sua vida tentando fazer algo pela classe, em suas intermináveis lutas pelos brasileiros. Como fui triste em meu palpite… O que temos hoje é um presidente totalmente contrario aos seus (e meus) principios. Imagine você o que este cara virou.

    O que quero dizer é que a Corrupção não está enraizado nas pessoas, elas nascem no momento certo, quando se tem a oportunidade de subir, de ganhar mais dinheiro, de permitir que mais pessoas isoladas peguem seu quinhão. É muita grana que rola no Brasil, para ser distribuída em saúde, educação e segurança, e quem faz essa distribuição sempre acha que pode ficar com um pouco pra ele. As pessoas acham que tem o direito de roubar porque todos já roubaram. Pessoas que se mantém integras, são logo derrubadas pelo poder. Pessoas que procuram travar a engrenagem da corrupção são banidas, o esquema é tão grande que atinge todos os setores. Eu trabalho diretamente com o IBAMA, caralho, é tanta, mas tanta coisa negra, que dá ansia de vomito, e eu, vitima, porque preciso trabalhar, tenho que me adaptar a isso, tenho que rebolar pra fazer meu trabalho bem feito, tenho que correr atrás.
    Eu acho lamnetável dizer que todo mundo tem seu preço, mas infelizmente funciona assim, mesmo os mais integros tem a chance de se corromper por dinheiro, só resta saber quanto!

    Se eu tenho orgulho do meu país? Não, mas agradeço por morar aqui, em comparação a outros lugares, e procuro estar sempre contra a engrenagem. Todo lugar tem seus prós e contras, e já estou aqui mesmo, fazer o quê?! tentar melhorar né… não desisto fácil, sou otimista, sou brasileira! Tenho minha luta diária mas sou pequenina, ajudo meus semelhantes pequeninos.

    Gostei do seu post, acho que minha opinião não foge da sua, só quis justificar a falta de honestidade das pessoas, pois no começo, todos tem boas intenções, as coisas se deturpam do poder pra frente, é o dinheiro, se o dinheiro não estiver em primeiro plano, conseguimos ser alguem.

    —————————————————

    A corrupção é a sequela drástica da falta de conhecimento humano sobre sua própria existência e compreensão de uma sociedade justa, fato este herdado pelo próprio descaso governamental perante a educação, gerando os novos corruptos de amanhã.


  132. Você consegue enxergar algo de positivo no Brasil?

    parabéns pelo blog, uma escrita fina, conservadora ao ponto de parecer um advogado, mas fina.

    —————————————

    Hm…. Bundas?


  133. (a ausencia de acentos e’ problema tecnico e nao educacional)

    Gostaria de ter escrito este post. Parabens.

    Deixei o Brasil ha anos, um sonho q havia desde a adolescencia. Ha 3 anos q nao volto, apesar das saudades q tenho da minha familia, sempre encontro um bom motivo para nao ir e trazer meus pais para passearem aqui.

    Me estabeleci na Franca e trabalho em Luxemburgo, pago muitos impostos e vejo os resultados: (1)Percorro diariamente 140 km (ida e volta) para trabalhar, e cada trajeto consomem 50 minutos de carro ou de trem. A rodovia, nao pedagiada, e’ fantastica. (2)Nao possuo assistencia medica privada, alias ninguem q conheco, escolho o medico e pago menos q o equivalente a 10 reais pela consulta. Inclusive os medicamentos prescritos, nao superam o equivalente a 10 reais. Um doutor me indicou uma cirurgia, qdo consultou a agenda me disse: daqui a 3 semanas esta’ bom? Cirurgia marcada em um hospital publico, onde havia a disposicao um leito em um quarto comunitario com banheiro (com 2 leitos, sendo q o outro permaneceu vazio por toda a minha “estadia”).(3)Todos os anos, em novembro, recebemos “gratuitamente” os sacos de lixo preto e transparente que serao usados por um ano. (4)Desde q a minha mulher engravidou, todas as consultas medicas, todos os exames, todos os medicamentos, o parto e a assistencia pos parto foram pagos pelo estado. (5)Meu filho tera’, “gratuitamente”, os seus estudos do maternal a universidade.

    Um dia me perguntaram: vc passou a cidadania brasileira ao teu filho? Fui pesquisar sobre o assunto e decidi q nao o passarei. Por que? Porque ele sera’ obrigado a prestar o servico militar e a votar. Quero q ele goste do Brasil, pois seus avos, tios e primos moram la’. Falo sempre em portugues com ele, para q aprenda e possa se comunicar com a familia.

    Enfim, trouxe muita coisa boa do Brasil comigo, tudo o q vivi e aprendi me servem ate’ hoje. Mas nao sinto q vou morrer pq nao tenho as praias, pq nao tenho feijoada, pq nao tenho o calor, etc.

    Mesmo morando longe, e ausente, saibam q faco a minha parte: EU VOTO! E tenho cuidado em quem voto para presidente.

    Para quem nunca saiu do Brasil, um aviso: o mundo e’ extraordinario, existem belezas naturais tao belas como as brasileiras, povos simpaticos e acolhedores como os brasileiros, e tudo mais.

    Abracos e obrigado pelo espaco.

    Fernando “Paulistain”


  134. mais um ótimo texto de protesto do Felipe. Mas acho que o povo só é patriota mesmo na copa do mundo


  135. recomendo o meu blog…. pensamos a mesma coisa…ou quase…


  136. Gostei, tudo que foi dito é FATO!!
    E esse “Shunda” do primeiro post é um babaca.


  137. Sem contar que já tenho 25 anos e nunca votei na minha vida, e pelo que li estou fazendo o certo.

    Parabéns pelo o autor do tópico.


  138. Felipe, infelizmente você tem um grande defeito.

    Este teu defeito por te levar à frustação total – quando se der conta de que o Éden é invenção bíblica – ou a uma mudança de olhar. Explico o que estou dizendo.

    O nacionalismo existe, de fato, no hemisfério norte. No Brasil, é encarado como populismo.

    Lembre-se, rapaz. A “crítica da razão pura” alemã fundou o partido Nazista. Goebbels era muito competente no que fazia.

    Você está agindo como a maioria. Evite comparações imediatas. Não se esqueça de que as nações ditas desenvolvidas têm dois mil anos de história e viveram sempre em guerras.

    Hoje rastejam enfadadas e falidas pelo neoliberalismo que cresceu por lá. Vendido por aquela outra merda que são os EUA.

    Portanto, não arvore-se em sair falando qualquer coisa.

    Você precisa ler este artigo e mais alguma coisa posso compartilhar, se houver interesse.

    http://professoradolfo.blogspot.com/2009/04/o-brasil-pode-ser-suecia-de-amanha.html

    E outra: faço isso porque você é um formador de opinião e tem mais visibilidade do que eu.

    Por fim, lembre-se: VOCÊ NÃO CONHECE OUTROS PAÍSES. Você “visitou” alguns lugares. Está agindo como um médio-classista naqueles posts sobre Portugal e aqui.

    Cabeça, rapaz. Olha a vaidade.

    Abraços do,
    Zé Max


  139. Ah, outra porra: há no Brasil uma elite burra e despolitizada. Talvez você ainda não tenha se dado conta disto. E há, também, exceções, como eu, que viemos de classe baixa e estamos em processo de ascensão social pela via dos estudos.


  140. Mentira. Comento e tirei a madruga para ver vídeos e ler sobre você porque te achei muito semelhante a mim. Embora me ache mais inteligente e você mais talentoso para a interpretação, a fala e o canto. Eu mando no texto.

    A semelhança de idade também fala muito sobre como enxergamos nossa geração, considerando nossos universos particulares, é claro.

    E pare falar tão mal do Brasil, que coisa! Falemos dos brasileiros. Nosso way of life é muito mais interessante e bizarro.


  141. Whoops! “Pare de falar…”



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: