h1

Dia das Mães, dê o seu obrigado

10 de maio de 2009

Mãe

É padrão em praticamente todos os jovens a ingratidão, parece que a mente não amadurecida trabalha de forma a bloquear a afeição e apreço que, por merecimento, devemos àquela que é a verdadeira Rainha de nossa existência e crescimento. Ou pelo menos em muitos dos casos.

Excluindo os exemplos sórdidos dos serial killers e os casos onde as mães são de fato insanas ou infelizmente não existiram (por motivos de morte ou sumiço), devemos todos, ao menos neste dia, refletir sobre tudo aquilo que devemos a elas. Devemos pensar nas noites em que elas abstiveram-se de dormir para que tivéssemos carinho. Nos infinitos choros ao ver-nos doentes quando nenéns. Nos momentos em que, mesmo querendo a própria diversão, colocaram a nossa em primeiro plano.

Pensemos nas dificuldades encontradas para nos dar alegria mesmo após um dia cansativo e entediante. Aquela criança chata gritando entusiasmada por bobagens e ela, a mulher mais paciente do universo, sorrindo junto e incentivando a brincadeira mesmo quando seu maior desejo é o silêncio.

Amiga e única pessoa cujo amor sentido é de fato inigualável, ela enfrenta suas crises, sua puberdade. Finge não perceber quando você bebeu, mas conversa sobre o assunto em momentos oportunos. Finge não saber que você já transa, mas solta comentários sobre a camisinha vez ou outra. Comentários estes que sempre retrucamos com o famoso: “Eu sei mãe, dá pra parar?” – Ah, jovens.

Esporros, brigas, conflitos. É impossível uma relação mãe-filho sem esta linha de problemas. Porém, digo-lhes, cada grito é um aprendizado e cada farpa tem um único objetivo em comum: o bem estar e a felicidade do próprio jovem. Pois nem sempre nos importamos com a vida de nossas mães, mas a elas é somente a nossa que realmente importa.

Por isso e pelo resto. Pelas entrelinhas e pelos parágrafos. Pela vida e por tudo, eu digo hoje e para sempre que amo a Dona Rosa do fundo do meu ser e que palavras não seriam suficientes para demonstrar o tamanho de minha gratidão. Se estamos aqui, devemos a elas. E se sou o que sou, devo a ela.

E você? Vai ficar parado aí? Dê um beijo em sua mãe e tente, ao menos uma vez, fazer com que ela perceba como tudo valeu a pena.

Anúncios

16 comentários

  1. Como mae, eu apendi a valorizar a minha, ela é uma super heroina, uma mulher extraordinaria, e eu sei que em cada mae a uma mulher batalhadora e especial

    gracas a deus, eu tive a oportunidade de valorizar-la antes que fosse tarde de mais


  2. É, feliz dia das mães 😀


  3. Que bonitinho… Adorei o texto.


  4. eh isso Felipe, concordo plenamente com voce!
    pena que nao posso dar um beijo na minha mae hoje…estou morando na Africa do Sul e ela esta na nossa terra Brasil!!
    Parabens a todas as maes do mundo!!


  5. Faço isso todo dia, hoje foi sò pra cumprir rotina. Sabe aquela frase: ” a melhor mae do mundo é a minha”? Poisé, foi feita pra mim =D
    Adorei o post. Até me emocionei *.*
    E por mais que a gente tente entender, sò vamos saber o que é esse tal de amor incondicional quando sermos uma delas


  6. Temos que gostar da nossa mãe pelo que ela faz pra gente e não apenas porque ela é a mãe. Mãe émuito mais que carregar na barriga por seis meses etc. Acho que ninguém é obrigado a gostar de seus pais (em geral), a nao ser que estes tambem gostem e nao apenas queiram se colocar em posicao superior pelo simples fato de já terem dado comida (não fizeram mais que a obrigação).
    É preciso dar atenção, educação e tudo o mais e não como os pais de hoje que colocam as criancas em milhoes de atividades para que eles nao fiquem em casa fazendo zuada.
    Eu gosto da minha mãe por tudo que ela jpa fez por mim, no sentido de me tirar a força de certos lugares, de me dar surras no meio da rua, pra me mostrar que aquilo que eu tava fazendo não era o certo.
    É complicado qd o mandamento diz q temos q honrar pai e mãe – dando liberdade para pais e mães não honrarem seus filhos.

    ——————————————————-

    Eu sei que eu nasci de NOVE meses =)


  7. Lindo seu texto =)
    Se continuar, provavelmente, me faria chorar de emoção. :’)

    É nesses momentos de reflexão que percebemos como nossa mãe é mais importante do que podemos imaginar.

    Pelo menos em um momento de nossa vida, vamos dar valor antes de perdê-la (ou não =S)


  8. Parabéns pelo texto, Felipe!
    Mãe, é mãe… amiga, companheira, guerreira. Eu amo muito a minha e graças a Deus nos damos muito bem.

    Super dia das mães pra todas, inclusive pra sua amigão!

    abraços
    =]


  9. Me emocionei. 🙂


  10. Pensei que o texto ia se extender
    mas deve ter faltado inspiração
    mas um pouco e eu choro !!


  11. sou adotada…. 😦

    BRINCADEIRA! AUHUAHHUAHU
    atoron minha mae e ela sabe disso.


  12. você tá certo Felipe, essa mulher que cuidou de mim e que eu tanto maltrato. A partir de hoje você mais legal com a minha mãe e menos cahto com meu pai. Afinal ele também ajudou.


  13. Não poderia deixar de colocar meu comentário, afinal sou a responsável por vc estar aqui hoje!
    Gostaría de dizer que me sinto muito orgulhosa por ser sua Mãe e do Luccas, a cada dia percebo que tudo que passei na vida valeu a pena por vocês e se tivesse que repetir a dose, faria isso com todo o amor e carinho e sem problemas!
    Sei que Mãe muitas vezes é chata, fala muito, repete as coisas, mas… quando vcs chegarem lá, quando vcs tiverem a chance de serem pais e mães, vão perceber tudo o que nós sentimos realmente.
    Já diz um velho ditado “Quando fui mãe, aprendi a ser filha!!!”
    Beijos, Amo vocês (Felipe + Luccas)!
    Obrigado por fazerem parte da minha vida e por serem quem são!!!


  14. Realmente mãe é tudo, o problema é que, muitas vezes alguém só dá valor quando a perde, mas já é tarde.
    A mãe é capaz de dar a vida por um(a) filho(a) e o(a) mesmo(a) retribue com rebeldias da adolescência.


  15. opa…Felipe, Bom ver que junto com tanto raciocinio e pensamentos mirabolantes de alguns posts tem também um lado coração…Parabéns.

    Ah..e dia das mães é todo dia, façamos cada dia delas ser especial.


  16. .otimo.E que todos vejam isso e nao so chorem mudem de ecomportamento com a mae.E isso mesmo Thiago dia das mas e todo dia.



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: