h1

Pobres celebridades incompreendidas

13 de maio de 2009

Celebridades

Mel Gibson surtou. Também, quem não surtaria ao ter que ir de encontro ao seu filho, parado pela polícia na estrada e, ao chegar, dar de cara com paparazzis querendo registrar o ilustre momento? Malditos Paparazzis, com suas câmeras sórdidas e ouvidos de cães, tentando astuciosamente gerar a manchete de capa do jornal no dia seguinte: “Mel Gibson ajuda filho parado pela polícia”. Mal sabiam eles que a bomba seria muito maior: “Mel Gibson surta contra paparazzis”.

Aliás, que reação non-sense incrível! Eu bato palmas para Gibson que, ao invés de sair espancando os fotógrafos ou mandando o dedo do meio, simplesmente começou a gritar, puxou seu iPhone e, pasmem, começou a fotografar freneticamente os paparazzis. Haha! Nem mesmo em nossas divagações mais profundas, quando imaginamo-nos como celebridades, poderíamos pensar numa reação instantânea como essa.

Mas até que ponto uma celebridade tem certa razão ao agir contra determinadas atitudes dos fotógrafos?

Diria que Gibson teve todos os motivos, afinal de contas a única comunicação que aconteceu sobre seu filho ter sido parado na estrada foi entre a polícia e o ator/diretor. Mas não é exatamente isso que vemos no dia a dia das notícias de Entretenimento da Globo, onde observamos comportamentos agressivos até mesmo de pseudo-celebridades, que deveriam levantar as mãos aos céus e agradecer por ter alguém interessado em suas vidas patéticas.

celebs2

A verdade é nua e crua: nós, seres humanos, somos de uma cultura áudio-visual e estamos mais preocupados com a vida da Grazy que com aspectos políticos que assolam nossos países. Essa fraqueza, demonstrada pela maioria da população do planeta, é exatamente a mina de ouro explorada por canais como o Ego e tantos sites pelo mundo cuja função é exatamente mostrar as fofoquinhas dos famosos. E o pior, enquanto a maioria afirma categoricamente não acessar tal conteúdo, os números provam exatamente o contrário, conforme a própria Cláudia Croitor (editora-chefe do Ego) afirmou em sua palestra.

Portanto, com uma leve análise superficial dos fatos, é inadmissível que uma celebridade, seja ela de esgoto ou não, aja agressivamente ao se perceber em situação adversa com relação aos paparazzis. Tal atitude só demonstra o despreparo psicológico para a posição de destaque que ocupa. Afinal de contas, quem já viu personalidades meteóricas como Brad Pitt, Harrison Ford ou Tom Cruise  agredindo alguém? E garanto, são pessoas muito mais perseguidas e que sofrem constantemente com o assédio exagerado dos fotógrafos que praticamente todos os outros “incompreendidos”. Muito pelo contrário, Tom Cruise, que sofre diariamente com fotógrafos invadindo a privacidade de sua pequena filha para estampá-la em jornais e revistas do mundo inteiro, até mesmo ajuda os pobre coitados.

Ok, não sejamos hipócritas, os paparazzis não são santos e fazem muitas besteiras. Entretanto, tais atitudes devem ser observadas como uma alteração de comportamento visando agradar e abastecer de bobagens essa indústria da exploração da fraqueza humana pelo conteúdo idiota. Eles não são a causa, nós somos. Logo, da próxima vez em que você vir um ator agredindo um fotógrafo que pulou o muro de 8 metros de sua mansão, lembre-se: somos nós que pagamos ao invasor quando clicamos freneticamente em notícias como: “fulana da silva de topless no quintal de casa”.

No final das contas, com todas essas análises, fica o puro pensamento: Preta Gil disse que é a Britney Spears do Brasil.

Celebridades

Desculpem, eu só precisava encaixar essa piada.

Anúncios

40 comentários

  1. Gostei da reação de Gibson, realmente inteligentissimo.
    A fama transforma, principalmente nosso orgulho/ego que seja, pessoas agressivas só demonstram que estão no nivel 1.
    É aquela coisa, beleza poderia ser referencia de inteligencia? Eis que essas celebridades do Ego, são apenas rostos bonitos e cerebros de minhoca.


  2. Acho que o povo exagera em fotografias e em perseguir astros.
    E dar manchetes tolas é o pior.
    Fala sério: “Sei lá quem andou na praia com namorado”
    “Sei lá quem usa bikini vermelho”

    Acho um exagero desejarem fotografar o Mel Gibson nesse momento, bastaria uma manchete minuscula dizendo “Filho de Mel Gibson é preso ( ou quase )”


  3. Mel Gibson tem filho?? Essa não sabia, bem como nem sabia deste surto dele…..brigado por ter avisado.


  4. Não tem essa, as pessoas tem direito a sua privacidade. O fato das pessoas acessarem esse tipo de conteúdo não justifica os paparazzis. Então se as pessoas, por exemplo, começassem a acessar freneticamente vídeos de pessoas sendo mortas, então os assassinos não seriam assassinos, porque “tais atitudes devem ser observadas como uma alteração de comportamento visando agradar e abastecer de bobagens essa indústria da exploração da fraqueza humana pelo conteúdo idiota” ????????

    —————————————————-

    Eu adoro quando as pessoas dão exemplos exdrúchulos para justificar suas opiniões.

    Não, amigo, não seria, porque estamos falando de HOMICÍDIO e não de TIRAR FOTOS, você observa diferenças nisso?


  5. Noooossa. É tanta informação importante, que acho que não durmo hoje.
    Brincadeiras a parte, dou razão para os artistas que “surtam”. Deve ser uma merda ter alguem tirando fotos suas a cada peido que vc dá.


  6. Com certeza!

    E se as revistas e programas de fofoca não pagassem uma grana preta (que vem do povo que sustenta esse tipo de “jornalismo”) por uma foto polêmica, esses paparazzis não viveriam a vida do outro em função disso.


  7. como sempre otimo texto.Agora sinceramente eu mesmo acho ridiculo essa mania de fotografar famosos.no blog kibeloco tem uma parte que ele menciona manchetes de famosos(expondo o ridiculo da manchete).cada vez que conheço mais um pouco as pessoas mais admiro meu cachorro.que todos entendam : Famosos fazem tudo que fazemos como respirar,sair com a namorada e tudo e parem de acessar esses sites fuleiro.Ah e parabens pelo blog(sinceramente o comentario do assassinato foi freud)


  8. A coisa tem que ser analisada de todos os lados. Do lado dos artistas e celebridades é de se entender certas reações são seres humanos e querem sua privacidade e às se dá muito mais valor ao seu biquini que ao filme ou canção que ele fez, mas nada justifica qualquer tipo de violência, a atitude do Gibson foi sensacional. Do lado dos paparazzi, o que ocorre é a fortuna q algumas revistas pagam para ter “aquela foto”, logo eles tentarão qualquer tipo de coisa para ter “o seu no fim do mês”. O lado do consumidor é triste, se você observar são muitas as pessoas com algum tipo de consciencia política ou mesmo educação que preste, então é mais fácil degustar uma notícia dessa de que basta ler e ver a foto, pronto informação garantida, para uma notícia com um teor mais sofisticado basta ver o jornal na TV e concordar com as opiniões “imparciais”.
    Já “nós” que temos um pouco mais de consciencia tambem acabamos nos “deliciando” com esse tipo de coisa e acabamos aumentando essa indústria do abranismo e hojendiaismo.


  9. E sabe o que é o pior de tudo isso? Algumas celebridades de verdade são de fato perseguidas pelos paparázzi, mesmo sem tentar chamar a atenção, porque elas são o que são e é impossível escapar (Caso de Jolie, Pitt, Cruise, etc). Mas o pior são as pseudo-celebridades barraqueiras que fazem de tudo para chamar a atenção, que praticamente imploram para ser perseguidos pelos paparázzi. É o caso de Luana Piovani e Dado Dolabella. Para mim, esses dois não são celebridades nem aqui e nem na China, mas vivem fazendo escândalo, querendo polemizar, para ver se se mantêm na mídia. Também essas infelizes que “sem querer” aparecem sem calcinha… ninguém me tira da cabeça que é tudo proposital, sim. Mas eu tenho pena. A Britney Spears, por exemplo, tem o sonho de ser a Madonna, mas ela nunca vai conseguir, e aí escolheu esse caminho ridículo de escândalos, drogas, querendo barbarizar.
    Mais uma vez, parabéns pelo post.


  10. Estava adorando suas palavras até que me engasguei com chá quando vi a foto da Preta Gil!!


  11. Então passou a colocar fontes nos textos, no fim do parágráfo, visando comprovar ou sustentar a afirmação assim como fazem os autores com suas obras que citam os autores de uma obra anterior. Parece que alguém andou aprendendo alguma coisa sobre escrever.

    Parabéns pela palestra no Rio. Rio néh?

    PS: Eu não devo e nem quero deixar um comentário sem antes de dizer:

    Preta Gil é nogenta pra cacete. Ela não sabe qual é a dela e por isso fica descaracterizada no que se propõe a fazer. [perceba a ausência de citação, logo demonstra opinião, e não fato – sem retaliações por favor.

    Gibson é ator e diretor com inúmeras premiações, culto e fiel ao seu estilo e tira o filho das enrrascadas com a polícia. O cara é massa.


  12. concordo fielmente que o felipe disse: “A verdade é nua e crua: nós, seres humanos, somos de uma cultura áudio-visual e estamos mais preocupados com a vida da Grazy que com aspectos políticos que assolam nossos países.” Cito aquele site o LinkLog, que a meu ver tá cheio de coisas que contribuem para a educação da pessoas, ontem por exemplo tava no topo um endereço de um blog em que se ensinava a se masturbar, coisa útil para as pessoas, sem contar aquelas correntes rídiculas de e-mail que recebemos todo dia(que no link log se transforma em blog). É tanta inutilidade por metro quadrado. Mas retomando, concordo com o Felipe.

    —————————————————————

    André, suas tentativas são sempre frustradas de tentar me ofender mas nunca dá, hahahahahahhaa… Continua tentando, na próxima quem sabe você chega mais perto 😀


  13. huaihaiuhaiuhah eu adoro ler as bizarrices da amy whinehouse


  14. Bem, acho que o Mel Gibson foi muito criativo e inteligente nesse jeito de ‘demostrar’ sua raiva…

    Bem, eu sou uma das pessoas que nunca foi num site de fofoca [não sei nem o que é Ego] e acho que isso é perda de tempo.

    Ah, sobre a piada, bem, foi ótima ^^

    P.S.: Meu caro, poderia ,me indicar livros interessantes pra eu ler, tô precisando ler alguma coisa diferente do que só ficção…

    Tipo: Documentários, Biografias, livros Filosóficos e etc…

    ———————————————————-

    Comece lendo Freakonomics, é uma leitura super simples e de conteúdo bastante interessante.


  15. eu acho que é um preço que a celebridade tem que pagar pela fama, mesmo que não goste.


  16. resumindo o que todos disseram.é complicado “entender” este mundo.os “loucos” ficam acordados “25 horas” por dia.atraz de alguma coisa.que possa denegrir ou elevar a imagem de uma pessoa em questão de segundos,tratando-se de famosos ou pseudos…e é claro.dou toda razão para determinadas reações, visto que poderiam estar tranquilos em um momento de lazer,quando na verdade.tem um “funcionário” te viajando a metros dali,é algo muito complexo.rs.porque na verdade,como foi dito,muitas vezes somos nós quem pagamos para isso continuar,assim como tantos outros assuntos pertinentes em nosso país,que não vem ao caso ser citado aqui.

    e eu também me perdi quando vi a foto da preta-gil,não de emoção.mas desespero =]

    obs:será que só eu que lembro da promoção que teve há algum tempo e até hoje nada?! poxa,acho que seria mais do que merecido este prêmio! uheauae


  17. HAuhauahuhauhauhuhua Meu Deus, que foto da “Preta Spears” é essa? Morri de rir aqui 😀

    Quam nunca leu uma fofoquinha na internet, revistas, etc, etc? Ora, isso é normal! Já viu coisa mais curiosa que o ser humano? concordo que os paparazzis exageram de vez em quando, mas é o trabalho deles fazer o que? 😛

    Eu concordo com a Joana, ver as notícias da Amy Winehouse é o que há! hehehehe e…

    Ah já ia me esquecendo… Felipe, se alguns “leitores” apenas o criticam, é pq no fundo adoram o que vc faz e não admitem. E viva ‘as inutilidades por metro quadrado!’ hehehehehe

    Abração
    =]


  18. Como um “simples post” cutuca o intimo das pessoas.kkkkkkkkk


  19. tentar de ofender? como isso pode ser verdade se nem te conheço e obviamente não tenho nada pessoal contigo.
    Estou sendo muito mais amplo do que simplesmente tentar de ofender (isso é muito fácil e menos interessante)

    —————————————————

    Desculpe, eu não entendo a expressão “tentar de ofender”, principalmente quando repetida.


  20. leia Freakonomics (esse ótimo livro) lá ele tenta explicar.


  21. a grande questão é que ser papparazzi é muito simples: é só ter uma camera e ousadia que voce pode ganhar um bom diheiro. isso atrai muita gente


  22. Lembrei de uma entrevista que eu li na Ebony em 2007, o cantor disse:

    “Não entendo, as pessoas são loucas!”
    (Michael Jackson – Ebony – 2007)


  23. Mas acho que ainda não cheguei na raiz do problema. O que acontece é que vivemos em um mundo tão capitalista que quase não sabe mais o que é ética. As pessoas não se importam com o que terão que fazer, desde que sejam pagas depois.


  24. caramba…corrije aquilo, pelamordedeus!

    ——————————————————–

    Desculpe, realmente não identifiquei a forma correta. Peço que indique.


  25. […] Texto: Pobres celebridades incompreendidas […]


  26. mas o que eu não entendo verdadeiramente é toda essa movimentação em torno do caso. já houve piores. johnny depp espancou um fotografo por tentar fotografar seus filhos.


  27. O Gibson foi extremamente criativo em fazer aquilo, manteve a calma… Bacana da parte dele.
    Acho que no início os artistas adoram ser fotografados, pois se sentem o centro das atenções, mas depois começam a ficar de saco cheio e acontece o que a gente vê frequentemente, “fulano” pega paparazzi pela gola e mete a porrada!
    Como toda profissão, há seus prós e contras.
    Vi o cara comentando sobre o LinkLog… Eu particularmente achei a idéia muito bacana, tendo conteúdo inútil ou não… Clica e vê a matéria quem quer, daí ficar reclamando que o site é inútil e não trás nada de bom e blá blá blá.
    Aaaah… Cheira meu egg! =P


  28. adriano leal, mel gibson não manteve a calma. na verdade ali ele demontrou a sua histeria sem precisar usar a violência.


  29. WTF???!!!


  30. murilo de nao usar a violencia é ter calma ele alivio sua raiva de outra forma isso sim é certo..


  31. Ótimo texto, concordo que apesar de ser extremamente desagradável a presença dos paparazzis, os artistas tem que saber conviver com essa situação.
    Ah, só uma dúvida, no texto não deveria estar “pobres coitados” em vez de “pobre coitados” ?


  32. Ah..se ele manteve a calma ou não eu não sei, mas até aí ele está no direito dele, se não machucou ninguem e não ofendeu…que mal tem?
    Cada um se sai do jeito que da


  33. se a preta gil é a britney brasileira, então não quero nem ver quem é a madonna


  34. nem todo mundo que fica nervoso bate em alguém, Devirus


  35. paparazzo=singular
    paparazzi=plural
    paparazzis=nao existe (:


  36. A verdade é que vivemos em um mundo de fantasias onde “famosos” são aqueles que não fazem nada alem de aparecer na TV, que ganham seus salários exorbitantes para representar de modo exagerado o que acontece em nosso dia-a-dia ( me refiro aos atores nacionais ), enquanto aqueles que vivenciam esse cotidiano compram essa besteira toda, mundo torto onde o coitado que sobe o morro enfrentando traficante com fuzil e granada não ganha nem metade do que um babaca que não faz porra nenhuma pelo país(me refiro aos “famosos”, sem generalizar), o pior ainda é ver uma mulher burra feito uma porta, após posar para um revista masculina, ganhar uma quantia a qual eu teria de trabalhar no mínimo uns 5 anos para obter, isso já sendo formado,talvez este comentário até fuja ao foco do post porem preciso perguntar, será que só eu penso assim? Sinceramente isso é justo? O Medico que salva vidas todo o dia ser menos reconhecido que uma “Francine”?(Dei o exemplo de um medico, porem poderia ser um policial e tantas outras profissões que os que as exercem, esses sim deveriam ser famosos).
    Quanto ao fato de “celebridades” se revoltarem quando são clicados pelos fotógrafos,só digo uma coisa, “fama” tem conseqüências e eles sabiam disso, sendo assim, chiliques e ataques de raiva só me dizem uma coisa “Quero aparecer”,e caso isso não acontece e eles caiam no esquecimento, liberam fotos nuas na net para ter um escândalo falando sobre eles ( por favor não interpretem mal, eu quis dizer que quando eles acabam ficando fora da mídia sempre dão um jeito para aparecer, detalho isso para não haver comentários de pessoas que não conseguem interpretar um texto o que é comum no Site).

    Obs: Gosto do trabalho de Mel Gibson, Coração Valente melhor filme do mundo, fato.


  37. Sinto muito mas, por mim, antes de iniciar uma profissão, você tem que saber o que vai passar e saber se topa ou não. Que é uma porcaria tamanha invasão de privacidade pelos fotógrafos, deve ser. No entanto, os mesmos caras que tiram fotos e fazem o cara surtar, são os mesmos que de tanto bombardear na mídia os artistas, os ajudam ganhar milhões com seus filmes, novelas, teatros, livros, etc. Pede pra ele fazer uma escolha e parar de aparecer na mídia e vai pescar….pede pra ele ficar fora de alcance por um tempo que os fotógrafos o esquecem. Duvido!!! Faz parte do jogo…quem está fora quer entrar e quem está dentro “PEDE PRA SAIR”!


  38. Ego?? O que é isso?? Um portal ou algo do tipo?? rsrs…


  39. Sobre as subcelebridades despreparadas que surtam com os paparazzi, penso que a pessoa que quer ser artista deveria estar ciente ela agora é uma pessoa pública… A pessoa se inscreve em BBB, faz de tudo pra aparecer na mídia e quando aparece quer se livrar dela? Aff…


  40. Eu não consigo me sentir minimamente curioso sobre as fofoquinhas dos famosos, é tão irrelevante. Bá, pessoas são estranhas



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: