h1

A noite é a melhor de todas as companhias

8 de junho de 2009

noite

Aconteceu há milhares e milhares de anos. O homem, baseado em toda sua capacidade de percepção e inteligência que o diferencia, decidiu que as noites seriam o período do descanso. Por isso, passou a utilizar as intermináveis horas de sol a pino para ralar, suar, trabalhar e se matar para, a noite, fechar os olhos e entregar-se aos sonhos de um dia não precisar mais realizar tais tarefas.

A noite, coitada, viu-se sozinha. Desamparada, recebia por singela companhia apenas os ilustres animais sinistros da escuridão. Asas de morcego, bruxuleantes, farfalhando pela sombra infinita, seguidas dos olhares astutos das corujas ao uivar dos lobos.

Dizem que, certa vez, uma dessas corujas decidiu ir além de sua natureza. Ficou acordada até meio dia, quando, no final de seu plano de observação, deparou-se com uma pequena e arfante formiga operária, que acabara de dar uma pausa. Ficou confusa, por não entender exatamente os motivos que levavam o inseto à atitude.

“Formiga, minha amiga” – Disse-lhe. “Mesmo no máximo de minha inteligência e sabedoria perante os animais. Mesmo com minha astúcia e sagacidade, tornando-me referência de cultura em todos os desenhos animados e Zelda, não consigo compreender sua decisão de trabalhar sob o sol escaldante, carregando todo este peso nas costas, sem conseguir uma brisa ou sereno para refrescá-la. Por que trabalhas de dia?”

A formiga, espantada com a gigantesca superioridade do animal, tentou pensar, mas sentiu que seus pensamentos estavam já programados. Era como se já soubesse o que dizer, neste tipo de situação, desde o nascimento.

“Não sei, coruja. Todas as outras formigas operárias assim o fazem, então eu faço também”.

A sábia ave percebeu que algo estava errado. Afinal, não conseguia encontrar maior felicidade que passar as noites calmas e tranquilas em momentos eternos de reflexão e trabalho leve. E a formiga percebeu que precisava arrotar mais um pensamento que, subitamente, pareceu brotar, como que incutido externamente, em seu minúsculo cérebro:

“Mas e você? Não sabia que a noite foi feita para dormir? Você deveria acordar cedo todos os dias e dedicar-se ao trabalho duro! Passar as noites como passas, acaba com toda a sua produção e, pior, pode acabar com sua vida! É uma grande burrice!”

A coruja ficou atônita. Subitamente, percebeu que formigas operárias eram, provavelmente em maioria, estúpidas. Decidiu que não havia ponto em argumentar. Afinal, ela sabia que, dali a pouco, encontraria novamente sua principal companheira, a noite, com quem poderia passar mais maravilhosas horas de silêncio, isolada da estupidez do mundo e dos tabus que o controlam.

Anúncios

51 comentários

  1. Cada um tem sua própria natureza. Nunca se deve achar uma pessoa estranha porque esse padrão pode variar de pessoa pra pessoa.

    ————————————————–

    100% de acordo.


  2. Tenso.. mas absolutamente correto


  3. Amém…. Que linds. 😮 ps.: amo corujas, apesar de ter sido atacada por três uma noite dessas. ¬¬

    Isolar-se da estupidez do ser é quase improvável, já que precisamos deles, quer queira ou não. Mas a noite realmente ajuda com isso. 🙂 ótimo texto.
    copiei ele. e darei os créditos. (tenho certeza que vc nao fez isso mas tudo bem…). 😛

    —————————————————

    Não fiz o quê, Joice? Eu escrevi o texto. =)


  4. Otimo texto!
    Viva o bom e velho corujão…
    hehe
    ta de parabens, otimo blog


  5. E viva a insônia!


  6. …”tornando-me referência de cultura em todos os desenhos animados e Zelda”…

    Fantástico!!! aheuaheuahe

    Mas realmente, ótimo texto, realmente num mundo cercado por estupidez as vezes o melhor é o simples e puro silêncio.


  7. o certo não seria atônita, ao invés de atônica?

    bom texto, a propósito

    ———————————————-

    Corrigido 😉 As vezes acontece.


  8. Muitas vezes, é melhor só do que mal acompanhado.

    Exelente fábula.


  9. “A coruja ficou atônica” – Não seria atônita, Felipe?

    ————————————————

    Já mudei. 😉


  10. Meio homossexual esse seu texto, hein Felipe Neto? Você já foi mais escritor do que isso…

    ————————————————-

    Variar é bom. Pena que não gostou.


  11. Que solitário…kkk


  12. eu discordo!

    —————————————-

    Droga! E agora?


  13. acho q nao precisou q vc desse a sua moral da historia =D


  14. Hã?Cuma? rs


  15. É na noite que as coisas funcionam, não é mesmo?
    É na noite que as coisas se mostram como elas realmente são… De dia, é tudo balela.


    Adorei :}


  16. Sou amante da noite. Sempre fui.

    =D


  17. Massificação da estupidez.


  18. Aaah beleza. Coloquei lá “Retirado de um blog qualquer, feito por um anônimo eloquênte”. que tal? HUAUHAHUAUHAUH brinks :*

    ———————————————-

    😀


  19. O homem não escolheu a noite para descansar a noite escolheu o homem…

    ———————————————-

    Ok.


  20. E para te acompanhar a noite toda, o velho e bom café. Não tem melhor acompanhante do que esse maldito líquido preto.

    ————————————————-

    Nectar da vida.


  21. tão bom olhar pela janela de noite e ver as estrelas,bem relaxante 😉


  22. Essa anedota também serve para as pessoas que vivem dizendo que não é para “trocar o dia pela noite”, ou melhor, para as formigas que dizem isso.


  23. O ser humano(em geral) devia ter como necessário, apenas 2hrs de sono… a noite/dia renderia muito³ mais.

    Sobre o texto, eu entro no espirito da formiga ;]

    Abraços


  24. Apesar de amar o dia e o sol, a noite possui uma beleza misteriosa e principalmente um silêncio que é indispensável e até irresistível, canso de virar a noite trabalhando no computador e lendo.
    Ótimo post


  25. Acabei de acordar, li superficialmente e só consegui me perguntar cadê a cigarra na historia das formiguinhas!
    Tenho um texto pronto aqui, tinha achado que ainda os aceitava dos leitores, poderia avisar quando tiver interesse?

    ————————————-

    Claro.

    E a cigarra, bem, estava ocupada.


  26. Perfeito!!


  27. sempre achei que ninguem pensava como eu


  28. “Trabalho sem a verdadeira consciência de Deus torna-se motivo de escravidão. Por isso, ó príncipe, guia-te pela razão pura oriunda do Eu. Os que trabalham com apego aos frutos da sua atividade são deploráveis mercenários utilitaristas.”

    Bhagavad Gita (capítulo II; 48)


  29. Provavelmente essa coruja Nào deve ter nenhum amigo, não cata nenhuma coruja e por conseguinte acha todo o mundo estúpido, Ou deve ser suicida.

    ————————————————

    Que nada, é uma coruja sagaz 😀 Fim de semana ela liga todos os “foda-ses”… Tem que ver.


  30. Muito bom mesmo!!

    Felipe, estou fazendo um estudo sobre a visão da psicanálise com relação a “Paranóia” e ao “Narcisismo”. Não sei se você também é conhecedor desses ramos, rs, mas eu iria gostar muito de ler um texto com sua opnião sobre um (ou os dois) desses temas.

    ———————————————–

    Veremos.


  31. Impressão minha ou esse texto foi uma indireta pra alguém?

    —————————————–

    Impressão sua. Foi uma indireta para muitos alguéns.


  32. Eu sou fã da noite, pra mim, não tem melhor horário para estudar, pensar na vida…afinal, não está aquele caos do dia, a temperatura tá mais amena, os locais ficam em silêncio, soma-se a isso, uma xícara de café…fica ótimo!

    =D


  33. Belíssimo! Quando sai seu livro mesmo? =P

    ——————————————

    Se tudo der certo, ainda este ano.


  34. Acho que viajei aqui…mas eu interpretei a parada da formiga trabalhar durante o dia devido ao fato de todo mundo trabalhar como uma mostra do alienamento(é assim que escreve?) que o capitalismo causa.Tem até uma história com uma situacao um pouco distante, mas nota-se semelhancas:

    Os Macacos

    Um grupo de cientistas colocou cinco macacos numa
    jaula. No meio, uma escada e sobre ela um cacho de
    bananas. Quando um macaco subia na escada para pegar
    as bananas, jogavam um jato de água fria nos que
    estavam no chão. Depois de certo tempo, quando um
    macaco ia subir a escada os outros o pegavam e enchiam
    de pancada. Com mais algum tempo, nenhum macaco subia
    mais a escada, apesar da tentação das bananas.

    Então substituíram um dos macacos por um novo.

    A primeira coisa que ele fez foi subir a escada, dela
    sendo retirado pelos outros, que o surraram.
    Depois de algumas surras, o novo integrante do grupo
    não subia mais a escada. Um segundo foi substituído
    e o mesmo ocorreu, tendo o primeiro substituto
    participado com entusiasmo na surra ao novato.
    Um terceiro foi trocado e o mesmo ocorreu. Um quarto
    e afinal o ultimo dos veteranos foi substituído.

    Os cientistas então ficaram com um grupo de cinco
    macacos que mesmo nunca tendo tomado um banho frio,
    continuavam batendo naquele que tentasse pegar as
    bananas. Se possível fosse perguntar a algum deles
    porque eles batiam em quem tentasse subir a escada,
    com certeza a resposta seria:

    “Não sei, mas as coisas sempre foram assim por aqui”.
    (fonte: João Barcellos)
    http://www.humornaciencia.com.br/miscelanea/macacos.htm
    Bom…sei la, talvez eu esteja viajando um pouco(ou muitooo) aqui, to cansado e talvez esteja confundindo as coisas!hahahaahah
    P.S.:Muito bom o texto 🙂


  35. Poético. Ficou ótimo.

    🙂


  36. MEU NOME É CORUJA.

    ótimo texto!


  37. Cara, não é rasgamento de seda não, mas eu fico besta como tu consegue conciliar a facul de direito, o CR e outras atividades mais e ainda escrever tanto texto bom. Como você disse “Somos todos Leonardos”. Nem todos são, mas somos capazes.Eu to na luta ainda! =D

    Abraços

    ———————————————-

    JcDorian, o segredo está em fazer sexo regularmente. Os estudos comprovam que aumenta a criatividade e vontade de trabalhar.


  38. Parabéns, deveria postar mais textos assim, mais vezes.


  39. q porra de texto é esse?

    ————————————————

    Texto? Que texto?


  40. Eu sou que nem a Coruja XD.

    Enquanto os outros da minha idade (Formigas) saem pra Balada encher a cara, eu fico em casa no pc, longe desses tabus.
    ‘Porque na rodinha, mesmo quem não tem 18 anos, se não beber é frouxo’.
    Parece até que isso aí, sexo na adolescência, beber, drogas, etc. é obrigações criadas pro homem virar ”macho”.

    É por isso que tá sempre morrendo esses jovens de acidente de carro, overdose, indo pra cadeia etc.
    Mais ou menos assim que eu entendi o texto.


  41. Nossa, muito boa essa fabula.

    Parabéns


  42. Quero meu exemplar autografado 😉

    Abração
    =]


  43. brother, lsd faz mal cara sabia?


  44. “A noite, coitada, viu-se sozinha.” Conclusão: a noite é emo. xD
    Mas ela não precisa ficar triste, sempre existirá os que gostem, como a coruja….e nós, os zumbis. 😀
    Brincadeiras a parte, é isso mesmo que tu disse, cada um se comporta como sente-se mais feliz. Não há erros em nunhuma das formas de vida.


  45. aposto q tu é a coruja da estória. playboyzinho metido.

    ——————————————

    ow lesk, fica na firmeza ae! É nóis.


  46. Bom, se eu pudesse ficaria acordado 24hs, mas pelo que eu saiba, quando dormimos num lugar escuro, nosso corpo libera uma substância que o mantém mais relaxado e liberamos mais hormônios do crescimento.

    Embora possamos arranjar lugares escuros de dia, seria bem mais difícil de se fazê-lo.


  47. Excelente texto! Minha produtividade e criatividade aumentam muito durante a noite. Adoro trabalhar em eventos noturnos (sou fotógrafo), dá muito mais vontade de se fazer as fotos. Gostaria que pudesse trocar minhas idas pela manhã no trabalho pela noite =P .

    E outra, a reorganização das “horas úteis” que temos durante o dia seria perfeito, tems 24h, onde só 12h são de sol, ou “úteis”. Ainda temos as outras 12h! Seria perfeito se bancos, lojas, reorganizassem para atender mais horas durante o dia (e noite). Congestionamentos kilométricos de carros nas grandes cidades seriam piada. Não ficariamos presos à luz do sol.

    Já dirigiu a noite ? Nossa … é perfeito. Ninguem nas ruas, aquele silencio. É lindo.

    Novamente… ótimo texto =)
    abraço


  48. dá próxima faz um apologo ^^


  49. realmente. viajar á noite é algo sem igual. delícia ficar naquela insônia, olhando pro céu que muda a todo o tempo…
    amo a noite. mas nunca que gostaria de desperdiçá-la trabalhando hauihhhhaiuhaiuahiu XD~


  50. a formiga é bancaria, a coruja guitarrista! euehue


  51. Nada melhor que o silencio da noite, não que as coisas realmente quietas, mas muito melhor, muito mais fresco. Eu queria mesmo era não precisar dormir, não perderias as manhas com sol gelado, mas também não perderias o fresco silencio noturno.



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: