h1

Paris! Oh, Paris!

30 de junho de 2009

Qualquer palavra seria pouca para descrever a maravilhosa Paris, com sua estrutura arquitetônica maravilhosa, suas luzes deslumbrantes e sua vida que nunca descansa. Adjetivos faltam quando tentamos, em vão, relatar qualquer fagulha do que realmente sentimos dentro de toda a mágica existente em uma cidade que mais parece um sopro de vida capaz de estampar um sorriso mesmo nas faces mais tristes.

Não sinto-me digno de expressar em palavras o que representa a Torre Eiffel, o Arco do Triunfo, a Catedral de Notredame, a avenida Saint Elysee, o Museu d´Orsay, a Basílica de Sacre Coeur, o passeio de Bateau Mouche e o Museu do Louvre. Ah, o Louvre! As maiores maravilhas da Terra que pude presenciar, o local de maior inspiração que pude conhecer. A cidade da luz, um espetáculo do início ao fim.

Mas nem tudo são flores e, como toda gigantesca cidade, Paris sofre com seus males. Aliás, para relatar, não fazia a mínima idéia de que a cidade era tão grande assim. Vista de cima, parece não ter fim.

As primeiras horas foram realmente tensas, logo após minha chegada à Torre Eiffel. Foi com horror que vi um homem correndo em disparada pelo meio da multidão e quatro policiais em seu encalço, deixando centenas de turistas assustados. Porém, o pior ainda estava por vir. Em menos de dez minutos, a cena repetiu-se por três vezes. Pensei logo: “saí do Rio de Janeiro para ser assaltado em Paris. Com essa cara de menino carioca, logo irão arrancar-me até as calças”.

Não demorou muito até me explicarem que, na verdade, tratavam-se de imigrantes ilegais que ficavam vendendo produtos entre os turistas e, assim que avistados pelos policiais, saiam em disparada para não serem presos e deportados.

Ufa.

O pior em Paris é, todavia, o trânsito. Jamais, em toda vida, vi algo parecido. Nem mesmo em São Paulo, nem mesmo no Rio, nem mesmo em Minas ou qualquer lado. São milhares e milhares de carros para muito pouco espaço nas ruas. O resultado é uma loucura incalculável, um tráfego de loucos onde, confesso, fiquei atordoado ao início.

Outros pontos negativos ficam por conta do preço pela comida (que não é lá muito boa como a alemã, mas custa o mesmo), a sujeira nas ruas (pior que Rio e São Paulo), o sol que só desce quase às 11 da noite e, enfim, acredito que outras pequenas coisas que tornam-se padrão em qualquer cidade do mesmo porte. Nada, entretanto, que possa tirar o brilho e a perfeição de Paris, um local maravilhoso onde não dá vontade de dormir.

Foram treze horas e carro e cá estou de volta a Portugal, pronto para mais doze dias de férias e, então, o retorno triunfal ao Brasil, onde prometo chegar com muitas idéias novas, muito trabalho e muitos textos. Acredito, agora, que seja capaz, ao longo da vida, de fazer alguma coisa. E quando eu passo a acreditar, nada faz com que pare.

Anúncios

36 comentários

  1. A graça mesmo seria as histórias inusistas e escrotas…


  2. por que não vai ao japão,russia e china(hong kong) pois lá tambem é bom (com exceção de um carioca na russia mas quem sabe e depois vá pa africa (volta ao mundo em uma ferias)
    bye


  3. Se, em questão de trânsito e sujeira nas ruas, é pior que São Paulo, prefiro ficar por aqui mesmo por que pelo menos a comida é mais barata.

    —————————————-

    A diferença é que em São Paulo você vê o MAM e em Paris você vê o Louvre… Entre outras coisitas pequenas deste porte.


  4. Pois é só quem foi sabe como é,o Louvre é enorme,passei reto por muita coisa interessante porque faltou tempo.A vista da Torre Eiffel é linda da pra ver toda a cidade,agora as ruas são muito sujas o que eu tive de desviar de fezes de cachorro não é brincadeira ahahahaha.


  5. Deve estar sendo uma experiência muito boa.
    Estar na Europa de passeio realmente deve ser algo muito bom, outro mundo.
    E espero muitas coisas na volta xD
    Mas a pergunta que não quer calar.. pegou alguma européia felipão? AHUHUAUHAHUA
    Abraços!


  6. Pergunta: Se o sol se põe as 11 da noite, a que horas ele nasce? Fiquei curioso 🙂

    Fiquei com muita inveja (branca) de vc estar em Paris.
    E as baladas parisienses são boas?


  7. É cara, eu queria ver esse mesmo deslumbre da Europa no inverno. O Frances, que conheço muito bem, é um povo triste por natureza, tal qual o Alemão. No verão, o movimento intenso de turistas nos bares, cafés e nas praças públicas, tornam o visual florido, caliente e convidativo, mas no inverno é Europa é cavernosa e triste. Com todas as mazelas do Brasil em que Policiais são mais bandidos que os próprios bandidos, cuja diferença entre eles é a apenas a carteirinha que o bandido não tem; com a sujeira, os assaltos, as balas perdidas, um judiciário corrupto e um Planalto cheio de RATOS, ainda prefiro o Brasil, meu Brasil brasileiro. Povo pobre mas alegre, sempre disposto a te dar um sorriso.


  8. Ai, que inveja…. Ah, se eu pudesse e meu dinheiro desse!!!


  9. Uaaaau que relato fabuloso! Pude imaginar tudo em cada linha que descreveu… olha só, vou querer ver muuuuitas fotos hein? Promete que vai nos mostrar?

    Aproveite tudo por aí.
    Abraços
    =]


  10. Eu não achei Paris tudo isso não. As pessoas supervalorizam a cidade. Claro que é bonita, mas nada com que faça a expressão “sem adjetivos para descrevê-la” ser válido.
    Ah e é Champs-Elysees, não Saint Elysee


  11. Ainda, bem já estava me cansando um pouco dos posts de suas férias. Prefiro os textos em que você discute idéias.

    Recadinho: Por favor, não escreve nada sobre o Michael Jackson!


  12. Sujeira em Paris? Shit! Fui enganado com todos aqueles filmes que mostravam uma Paris limpinha, referência para outros países. ¬¬’

    Trânsito em Paris? Shit! Fui enganado com todos aqueles… ¬¬’

    Se bem que gostaria muito de ver a Torre Eiffel de perto, o Louvre então nem se fala. Ah, e no Twitter você postou que Paris está repleto de lindas mulheres. Conheceu alguma “magnifique manquer”? =]

    Abraço


  13. cuidado pra vc nao trazer gripe suína!


  14. Saint Elysee? Não é a Champs Élysées?

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Champs-%C3%89lys%C3%A9es


  15. Gostei de ler… Está animado mesmo né??! Que continue.


  16. Texto inspirador, de um cara inspirado.


  17. “suas luzes deslumbrantes e sua “, “o sol que só desce quase às 11 da noite”

    Caraca, então os turistas ficam até madrugs só pra ver as luzes? 😀
    E cadê as fotos, pô ?
    Disse que ia postar e twittar e nada :/

    Abraço! Aproveite o máximo \o


  18. Saint Elysee? Nao seria Champs Elysses?


  19. Que legal, Felipe.
    Espero que algum dia eu também chegue a conhecer esses lugares que você descreve.
    Só estranhei seu comentário sobre a sujeira das ruas de Paris…por ser uma cidade que praticamente sempre tem turistas, deveria ser limpa.

    Mas enfim, estou ancioso por sua volta ao Brasil para os novos textos!

    Abraço!


  20. Quem está te bancando nessa brincadeira?

    —————————————

    Uma coisa chamada trabalho.


  21. Pior do que Paris é Londres (sobre o trânsito).
    E o melhor está por vir, , a Suíça. Rapaz, se é um país LINDO, ele se chama Suíça, com seus alpes, montanhas com seus picos cobertos de neve, seus lagos e rios, cidades organizadas e estruturadas. Tu verás.


  22. Ual, um dos meus sonhos é conhecer Paris. Embora os seus comentários que não me fizeram bem, pois eu achava que a cidade não havia defeitos, ainda desejo conhece-la.
    Dizem que é a cidade do Amor, você por acaso encontrou seu amor lá?


  23. Esses relatos só alimentam minha anciedade de ir para a Europa. Vamos lá final do ano, chega logo!

    PS: Por que não posta mais fotos?


  24. Também tenho vontade de conhecer paris e na europa apesar do transito a maioria das cidades possui programas para incentivar o transporte publico e o de bicicletas. Boa sorte com suas idéias.


  25. Cara, se tu não gosta do sol até tantas horas deveria ter ido em outra época que não seja o verão.
    Paris deve ser inspiradora mesmo, talvez seja um senso comum qualquer que nos faça pensar isso, não importa.
    Aproveite seus ultimos 12 (dooolze) dias de férias, aguardo os textos. Falô.


  26. Inveja boa de vc
    Alguns dos lugares que vc citou eu so conheço por causa do livro ” O Código da VInci”
    Curta muito a sua viagem,
    e nos mostre muitas fotos depois
    Bjus

    Tudo de bom!


  27. Caro rapaz,
    Tenho que concordar com vc que paris é imunda. E gostaria de acrescentar que é uma cidade fria, cinza e caótica.
    A torre eiffel é linda, não tem como falar ao contrário, o louvre então, nem comento, mas se vc ainda tem tempo na europa, vá até londres e visite o museu em homenagem a Isaac Newton. Esse passeio ia lhe mostrar novas idéias de como tudo funciona, TUDO mesmo!
    Se vc voltar a Portugal, vá a coimbra, é uma cidade universitária, cheia de pessoas do mundo todo e com sua idade. Vc iria gostar bastante.
    E o francês? Dominou?
    Devo ministrar em cambrige esse final de semana e vou ficar mais uma semana rodando pela europa. Vou ver se dou uma “chegada” em Ibiza, quero conhecer as festas que meus colegas falaram tanto.
    Quando eu chegar, te passo um recado. Se eu for mesmo até a Espanha, desvio-me um pouco e te encontro em lisboa para terminarmos o nosso assunto.

    Até mais e espero uma resposta!

    ——————————————-

    Estou muito longe de Lisboa, mais próximo ao Porto.

    Boa sorte em sua viagem. Depois pretendo voltar a Europa para conhecer Londres, Roma, Amsterdã e outras cidades.


  28. ali no ultimo paragrafo, não seria “treze horas (D)e carro?


  29. Oh viado!, te fiz uma pergunta, que qui é, ficou metido pra não responder é?

    Pergunta: Se o sol se põe as 11 da noite, a que horas ele nasce? Fiquei curioso 🙂

    ——————————————-

    Opa, não percebi a pergunta, passei batido.

    Eu não faço idéia, pq é na hora que estou dormindo, mas acho que nasce lá pras 6 da manhã mesmo.


  30. Mas você é muito chinelo mesmo…pelamor….viaja pra europa e fica contando como se fosse coisa de outro mundo..já viajei 13 vezes para là,,,aposto que você economizou a vida inteira para essa viagem idiota…e deve se alimentar só de pão e água porque senaum vai ter que vender a passagem de volta pra não morrer de fome….HAHAHHAHAHAH idiota


  31. /\ Eu já viajei pra Goiania champz


  32. É…Essa sim vai fundo nos meus pensamentos…


  33. posts impressionados…
    tanto que enjoa,mas insisto
    boa viagem cara


  34. Esse tal de Anderson deve ser outro VIADO daqueles que não tem argumentos.
    Ele deve estar morrendo de inveja de não ter dim dim para sair da cabeça de porco onde mora e viajar para a europa. O boiola é tão escroto que julga, condena e executa, tudo isso com sua medíocre consciencia, se é que a tem.


  35. Avenida CHAMPS ELYSEE*


  36. Aproveita, que a meia noite chega,e vc vira abóbora….



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: