h1

O povo brasileiro não está preparado para Brüno

7 de agosto de 2009

bruno

O filme Brüno será (é) um marco na história do cinema mundial. Uma daquelas produções que se tornam épicas e inesquecíveis, por vários motivos diferentes. No caso de Brüno, será pelo brilhantismo através das cutucadas polêmicas. Um filme que será tanto amado quanto odiado, gerando um dos maiores índices de divergência opinativa desde o primeiro Matrix, tão descartado pela sociedade brasileira sob o argumento do “não entendi nada”. Com Brüno não será diferente, exceto pelo fato de que gerará ódio dos pseudo-moralistas e pessoas que não compreendem o humor nas entrelinhas.

Para qualquer um que não tenha uma profundidade na interpretação e não consiga captar referências, a visão sobre o filme será apenas de um humor escrachado, como um piru dançante ou as práticas sexuais entre dois gays utilizando consolos e apetrechos inusitados. Mas essa é apenas a cereja do bolo.

De início, é importante ressaltar: Brüno é gay, tão gay quanto um pote de Doriana. E seguindo a linha de Borat, Sacha Baron Cohen traz um personagem polêmico com uma história inventada e vai às ruas americanas lidar com pessoas que não fazem idéia de que se trata de uma produção cinematográfica. As reações àquele viadão completamente insano tornam-se uma das maiores atrações do filme. Brüno quer o simples, virar uma mega celebridade internacional. Ou, em suas próprias palavras, o austríaco mais popular da história desde a segunda guerra mundial. Suas referências ao Nazismo fazem qualquer pessoa inteligente chorar de tanto rir. Entretanto, se você não entende uma piada onde Brüno chama Mel Gibson de “My Fuhrer”, é melhor deixar pra lá.

O filme traz inúmeras críticas sociais, aspecto que mais me agrada. Suas referências ao mundo da moda já começam de forma espetacularmente venenosa quando decide ir a um mega desfile utilizando um terno feito de… VELCRO! Com direito a grudar em qualquer tecido que encoste. Tudo se torna ainda mais divertido quando uma mega personalidade do meio dos estilistas diz que o terno é super interessante. Uma pessoa sem embasamento interpretativo tratará Brüno como apenas um personagem idiota do cinema, quando na verdade ele é um verdadeiro tapa na cara de padrões enraigados há séculos. Por Deus! Ele vai para o Oriente Médio vestido como uma biba saltitante! Ele chama um senador americano para uma entrevista e tira as calças tentando seduzí-lo!

bruno1

Sacha Baron Cohen é mais que um humorista. Ele vai além, faz o que ninguém até hoje teve coragem de fazer, como ir caçar num acampamento com três cidadãos do sul dos Estados Unidos (extremamente machos) e, no meio da madrugada, ir até a barraca de um deles completamente nu, dizendo: “Um urso comeu minhas roupas, só não comeu as camisinhas, será que eu posso passar a noite aqui com você?”. Mais que isso, ele encontra-se com o líder de um movimento terrorista e OFENDE Osama Bin Laden (a única coisa que o líder diz é: “saia daqui imediatamente” – a cena então acaba, sinal de que deu merda).

Sacha, ou Brüno, mostra como pegar um microfone e ir atrás de celebridades é idiota. Seu humor nos ensina o que é verdadeiramente a gargalhada, ao invés do risinho estúpido de piadas bobas e arrogantes. Ele destrói paradigmas e cospe na face de todos aqueles que riem-se de Zorra Total ou de determinados Stand-Ups brasileiros, com piadinhas infames, superficiais e que só agradam àqueles sem nenhum nível intelectual. Compreender Brüno e divertir-se com o filme não é apenas satisfatório, mas um sinal de inteligência.

Enfim, deixo minhas palavras por aqui. O resto vocês descobrirão sozinhos, assistindo a essa produção completamente imperdível. Caso se sinta desconfortável no cinema, relaxe, respire fundo e deixe que o poder do humor de Brüno invada sua mente.

Enquanto isso, veja o Trailler:

http://www.youtube.com/v/qadd_PB-TVU&hl=pt-br&fs=1&

Anúncios

168 comentários

  1. Estou curiosíssimo sobre esse filme.Se seguir o padrão de humor de Borat,estou vendo que vou cuspir um pulmão vendo esse filme

    ————————————-

    Eu já tinha adorado Borat e achei Brüno muito melhor.


  2. Assisti ao filme ontem e digo: é uma OTIMA/INTELIGENTE critica, as quais deveriam ser feitas por mais pessoas. Boa Felipe!!


  3. Ai Felipe, o povo brasileiro não está preparado para entender o filme?
    Por favor!
    Muita gente NO MUNDO todo não está preparada!
    Como tem muitos que vão entender… Isso é normal

    —————————————

    O brasileiro tem uma tendência MUITO, mas MUITO forte a não aceitar o politicamente incorreto. E Brüno é o filme mais politicamente incorreto do século.


  4. Nem cheguei a ver o filme, mas também, estreiou 10/07, é capaz de já ter saído de cartaz, não sei.

    Se ainda não chegou ao Brasil, o que eu acho difícil, não está disponível em nenhum cinema aqui de Curitiba. ¬¬

    De qualquer forma, contigo fazendo essa propagando toda, de graça ainda, deve ser bom mesmo. Apesar de eu achar que muitos stand-ups sejam bons.

    Agora, diga-me… muitos e-mails chegando com o título: “Dae, Doriana!” ?

    —————————————

    O filme ainda não estreiou no Brasil. Assisti na Cabine de Imprensa, como convidado.


  5. O Brasileiro que já assistiu zohan, aguenta assistir Brüno… Que merda!


  6. Pô Felipe, eu acho que dessa vez você pegou um pouco pesado com os extremismos. Coisas do tipo, “só quem assistir e gostar de Bruno é inteligente, caso contrário são todos um bando de burros”, pelo menos foi o que pareceu pra mim.
    “Uma pessoa não deveria decidir o que é diversão para o outro” não é mais ou menos isso o que está no post sobre o baile funk?
    De qualquer jeito, eu ainda não tenho certeza se vou assistir Bruno porque Borat foi uma grande decepção pra mim. E você pode dizer o que quizer mas achei a cena da luta pelada completamente desnecessária e até infantil em certa medida. Sem falar que o enredo que deveria segurar as piadas juntas durante o filme foi extremamente fraco, encontrar Pam Anderson…
    Mas eu tenho esperança no Bruno, então talvez eu vá assistir, sim. Sozinho, é verdade, niguém vai querer ir comigo, mas eu vou. A propósito, eu nem sei o que deveria significar, mas eu ri do inusitado na frase “tão gay quanto um pote de Doriana”.

    ——————————————-

    Marcus, eu não disse que só é inteligente quem gostar de Bruno. Eu disse que ENTENDER Bruno a ponto de gostar do filme é sinal de inteligência.


  7. Legal o post, mas sei lá… deu a perceber que vc chamou o povo brasileiro de Burro!


  8. Bruno é um filme fascinante… apesar de vc não ter dado muita importância para o humor escrachado, eu achei simplesmente fascinante, e de fato todas as referencias que o filme faz são muito boas… apenas mais um comentário.

    Bruno é tão 2009!


  9. Ainda não assisti e tenho minhas dúvidas que vá estrear por aqui.
    Concordo com praticamente tudo que tu disseste.

    E um ponto interessante que achei foi sobre os stand-ups infames.
    É realmente uma modinha. Não consigo levar a sério. A maioria me lembra aquela cena de Professor Aloprado que o Buddy Love detona o palhacinho sem graça que tava no palco tirando sarro de todo mundo.
    Tem um ou outro com talento sim, mas é minoria.


  10. AHUHAUAHUHAUHAUHUAHUAHUAHUAUAHUAHU

    concordo plenamente, assisti BORAT tambem
    òtimo filme, esse promete ser muito melhor…


  11. Mas você gosta da temática gay, não? Primeiro o piercing no mamilo, agora isso… Tudo bem, tudo bem! Você é só um jovem “intelectual” que gosta de discutir sobre a sociedade e tals. Sei…

    Mais uma coisa, você fez de novo essa generalização: “quem gostar do filme é inteligente; quem não gostar, é burro ou careta, ou hipócrita…”.

    ————————————–

    Não, eu não fiz essa generalização. Você é que não soube interpretar.


  12. Ok, parece ser interessante o filme. Você sabe dizer qual é a faixa etária do filme? Só tenho 14 anos :X
    O Raque disse que parece que você quis dizer que o povo brasileiro é burro.
    Mas eu entendi que o que você quis dizer é apenas a realidade do Brasil, o povo do nosso país não está sequer ligando pra assistir algo inteligente. E quando alguém tem a coragem de criticar os erros da sociedade e/ou país, as pessoas ficam iradas. Não dá pra entender

    ——————————

    A faixa será 18 anos =/


  13. E ae pessoal blz? Moro na inglaterra e assisti o filme aqui… nossa eu nunca vi os ingleses rirem tanto…
    achei muito bom o filme.. tirando aquela parte do pinto na tela… nojento… kk
    mas de resto.. vale a pena assistir.. e já falo logo… vc tem q deixar o filme fluir.. pq as vezes é tenso…kkk


  14. Mais um filme pra mnha lista de futuros filmes a assistir.


  15. Concordo com você Felipe, Sacha Baron Cohen é um dos melhores comediantes que eu já vi, quiçá o melhor, seja com Borat, Bruno ou Ali G, o cara realmente tem uma habilidade unica de conseguir ser engraçado e crítico ao mesmo tempo.


  16. Eu também gostei do filme.
    Agora, dizer que só se pode gostar de um tipo de humor
    é pura idiotice de quem fala meu amigo.
    Às vezes o humor muito carregado de cultura cansa e agente tende a procurar
    algo um pouco mais “medíocremente engraçado”.

    ————————————

    Hahahaha, como as pessoas são drásticas… Eu não disse isso, mais uma vez.


  17. Se você fez uma ligação entre assistir e gostar ou não do filme com inteligência, logo está classificando quem gosta ou não gosta(dãrr!). Você não soube escrever.

    Eu não conheço ninguém que não tenha entendido Matrix (exceto gente de capacidade mental realmente duvidosa). Até as meninazinhas fúteis do meu colégio entenderam e gostaram. Não sei com que tipo de pessoa você anda.

    ———————————-

    Eu disse que QUEM ENTENDER E GOSTAR estará dando sinal de inteligência, não o contrário.

    E sobre entender Matrix, acredite, só disseram que entenderam da boca pra fora. Chega no segundo filme, no papo com o Arquiteto, e todo mundo deixa de entender.


  18. “Compreender Brüno e divertir-se com o filme não é apenas satisfatório, mas um sinal de inteligência.” e compreender o filme e não gostar é sinal de que não é? Hmm, não sei não mas acho que o senhor pecou nessa generalização.

    No mais to ansioso para assistir o filme. Só que o problema é justamente esse, sempre que assisto ao trailer de alguma coisa e assisto depois, sempre fico com a impressão de que pensei que seria mais do que realmente foi e tal. Por isso sempre evito ao máximo não assistir essas coisas mas com Brüno não deu. =P

    ———————————

    Eu não disse isso, Cab. Apenas disse que ENTENDER e GOSTAR é sinal de inteligência. Entender e não gostar é, sei lá, sinal de mau gosto. Hahahahahhaahahahah


  19. Essa eu não entendi mesmo. Quem é que disse que todo mundo, ou a grande maioria, vai achar Bruno um filme ruim?

    Agora, chamar o humor do brasileiro de pior ou menos inteligente, dizendo o que faz rir e o que não faz rir, é contradição com o que postou anteriormente. E a crítica em cima de um filme varia de país para país. Se o Brasil não ri em cima desse filme, o filme não está dedicado ao mercado nacional. Ponto. Isso de “não estarmos preparados”, mais parece uma tentativa de americanização do que de melhorar nossa cultura…

    —————————————

    Não. Os motivos que levam o povo brasileiro a não rir de piadas com um nível mais elevado é o fato de que não conhecem o mundo ao seu redor e não conseguem pescar referências. Por isso, para uma piada ser boa para a massa brasileira, precisa ser no nível de Stand-Up Comedy nacional com aquelas piadinhas manjadas de “Então, ontem eu estava andando de carro e vi uma placa”.

    Eu não consigo simplesmente ver esse tipo de coisa e me acomodar, com programas como o Zorra emburrecendo ainda mais o humor brasileiro a cada sábado.


  20. Não me parece um grande filme aprece ser bom mas do jeito que vc pinta …

    Vc fica muito excitado com o que é novo igual quando foi para pt !


  21. Nossa, você falou tão bem dessa “super produção” que eu uma puta vontade de assistir. 😀 Pena que sou menor, não assisto no cinema, mas td bem XD


  22. Estou ansioso para ver Bruno, quando vi Borat, foi revolucionário para mim, nunca tinha chorado de rir de piadas de judeus.
    Concordo que muitos brasileiros não vão entender Bruno, podendo até considerar este um filme “bobo”, e quando digo muitos é de forma literal.
    Quantas pessoas conhecemos que sabem a diferença de fazer piadas homosexuais com americanos do sul dos EUA e com os do norte? Teriam que entender pelo menos um pouco da história americana. O mesmo serve para as piadas que Bruno faz envolvendo Hitler.
    Quantos iriam rir como eu ri vendo o trailer de Bruno e vendo ele falar que o nome do bebê que ele trocou por um Ipod ia ser OJ, pois esse era um nome típico africano? E ainda entender?
    Já li nos comentários que alguns não concordaram com o que o Felipe falou a respeito de se divertir e achar Bruno um filme satisfátorio é sinal de inteligência, mas realmente para entender algumas piadas desse filme se requer um nível minímo de conhecimento, histórico e político nos exemplos que citei.


  23. Acho que só pelos comentários vc pode comprovar sua teoria Neto…

    Acho que a questão não é burrice,como entenderam alguns e sim falta de cultura, pequenos conhecimentos de outras sociedades que levariam as pessoas à uma visão mais global e profunda das piadas.

    —————————————–

    Exato.


  24. Em toda critica que eu vejo desse filme é sempre a mesma coisa, é um filme muito inteligente, de humor inteligente, ousado, presisa ter uma mente aberta pra entender, precisa ser inteligente pra gostar.

    Seu post me deu a impressão de ser só uma demonstração de , ah eu entendi o filme, eu ri das piadas, eu encherguei nas entrelinhas, eu sou fóda.

    não boto ‘fé’ em você mais, seus posts ficam cada dia mais prepotentes.

    —————————————–

    Wesley, isso é porque você ainda não leu esse:

    http://controleremoto.tv/blog/2009/04/sou-o-rei-da-humanidade/


  25. 5 minutos atrás cliquei no link do emulinha pra baixar.

    Mas a sinopse do filme não era tão interessante quanto esse teu post.

    Foi jabá? Porquê qualquer um que leia este post vai ficar interessado no filme. =o

    ————————————

    Não foi jabá. Quando é post patrocinado eu aviso. Eu fui convidado para ir na Cabine de Imprensa assistir Brüno. Nada mais. Poderia escrever dizendo que o filme é um lixo, assim como outros críticos que estavam na mesma sala que eu e chegaram em casa metendo o pau no filme.


  26. pode ser q eu assista, mas não me agrada nem um pouco saber que vai ter um baitola no filme –‘


  27. Realmente, dá pra aprender muito sobre uma pessoa se você souber de que tipo de coisa ela acha graça. Tem muito humor por aí que a massa mundial acha idiota/infantil mas tem muito mais conteúdo que Zorra Total.

    Observo isso nas pessoas que me cercam: os mais inteligentes tendem a gostar de programas pouquíssimo apreciados por outros que digamos… não exercitam a mente.

    Sobre o filme (finalmente), Borat foi uma obra de arte, e só pelo trailer de Brüno, dá pra ver que vem outra por aí… o povo brasileiro pode não estar, como um todo, preparado, mas tem gente que não só está preparada, como também está esperando =D

    ————————————–

    Achei que não ia aparecer alguém lúcido pra comentar o post… Obrigado.


  28. as críticas do filme parecem boas, mas a forma como elas foram trazidas ao público provavelmente não é a melhor…(com certeza não é a melhor) não é um filme engraçadinho que vai fazer as pessoas mudarem, mesmo por que, só vai entender quem não é parte do alvo da crítica, então não achei tão inteligente assim…


  29. Brüno é gay, tão gay quanto um pote de Doriana…??????

    Oque o pote de doriana fez para você???

    Eu que não vou ver no cinema, vou esperar aparecer em uma… ( esqueci o nome do negócio onde se aluga filmes )

    Bom blog, visitarei outras vezes!

    —————————————–

    Fala sério, tem coisa mais fresquinha e aboiolada que um pote de Doriana?


  30. “Entretanto, se você não entende uma piada onde Brüno chama Mel Gibson de “My Fuhrer”, é melhor deixar pra lá.”

    Desculpe, mas n entendi mesmo. Explique por favor.


  31. Gosto muito do Borat, Gostei muito de Brüno e tal.
    Mas acho inadequado a relação entre humor e inteligência.

    A “intelectualidade” não é resumida no que se sabe sobre as condições sociais ao redor do mundo e nas mais variadas situações relativas a essas sociedades. Nem todo “intelectual” tem humor, assim como nem todos que riem de atrações de humor altamente “inteligente”, não são essencialmente inteligentes e engajados socialmente.

    ————————————-

    É, foi isso que eu falei: só é intelectual quem gostar de Brüno.

    Parabéns.

    Próximo?


  32. Como assim o povo brasileiro não está preparado? Eu sinceramente não entendi.
    Você então é um cidadão digno de um nível de inteligência européia, é isso?

    Larga mão de provar que você é inteligente e compreende tudo.
    E como assim quem não entender o Bruno chamando o Mel Gibson de “My Fuhrer” é melhor largar mão de assistir? Basta uma rápida olhada na internet (via Google) para descobrir o por quê das afirmações que Mel Gibson é um nazista, assim como você deve ter feito (ou visto no jornal) quando ele dizia as pérolas que dizia.

    Parece que você está dizendo que o povo brasileiro é incapaz de compreender a crítica por trás do filme, como se os americanos bestas do jeito que são fossem entender. A massa dos Estados Unidos não entende essa crítica por trás do filme não, você pode perceber isso pela bilheteria de “BORAT” e muitos reviews encontrados por aí.

    [s]´

    —————————————

    Eu acho impressionante como as pessoas não conhecem a própria sociedade e ofendem-se com uma facilidade impressionante, até mesmo quando o texto não traz ofensas.

    Tsc, tsc, tsc.


  33. Não me ofendi de maneira alguma. E o texto não traz ofensas, mas parece um texto tentando ressaltar sua “inteligência”.

    Conheço minha própria sociedade e sei que o povo que pode ir até um cinema e assistir um filme tem a capacidade de entender um filme como “Borat” e “Bruno”, e seu exemplo do Mel Gibson foi muito pobre.

    Sem mais

    —————————————

    Ok, relaxa, eu sou podre.

    Escreva um blog e dê seus exemplos sensacionais.


  34. Realmente a conversa com o arquiteto em Matrix quase me fez não entender completamente a produção. Não que ela seja inteligente. Foi fraqueza dos roteiristas mesmo.

    A questão de achar engraçado uma coisa varia de pessoa pra pessoa e de cultura pra cultura. Nem sempre é sinal de burrice. Você gargalhar da desgraça alheia o faz idiota?

    ——————————————-

    Eu não disse que não rir de Brüno é sinal de burrice.

    Já é a décima quinta vez que falo isso.


  35. Isso é verdade, tenho que concordar… Quando estava no terceiro ano, levei Borat para assistirmos na aula de inglês na minha escola. Resultado: O professor não deixou passar nem 30 minutos do filme (tá certo que está longe de ser um filme educativo, mas se não fosse Borat seria o que? American Pie? Todo Mundo em Pânico?). E olha que Borat é bem mais leve que Bruno…

    Pra mim, a “não-aceitação” dos brasileiros, não será apenas por conta das piadas inteligentes, mas sim pelo humor adulto. Quem quer assistir um filme com “humor adulto” por aqui, vai assistir American Pie pra rir alto de um peito ou uma bunda colocadas na cena apenas para esse fim. Agora, ver um pintocóptero, em um contexto totalmente diferente e digamos… apropriado, é inaceitável.

    Mudando de assunto, mas ainda sobre o post. Essas pessoas realmente não sabem que estão participando de um filme? Já tinha ouvido falar disso, mas acho um pouco difícil ser verdade.

    ————————————–

    Não sabem. Não fazem idéia, só os personagens do próprio filme. Todos com quem o Brüno interage, acham que é sério.


  36. Que povo chato, se tu acha que os brasileiros são burros, e daí? Opnião, porra.

    Se eu não achar graça, não vou me sentir burro, só vou procurar uma maneira de criticar que me faça parecer inteligente, não é difícil.

    Enquanto todos estavam “AmAndUuU” Crepúsculo, eu venci certos preconceitos meus, li o livro, assisti ao filme só pra ter base para poder criticar, se eu acabasse gostando, tudo bem, mas como de previsto, achei ridículo… perdi algumas pseudo-amigas, mas não importa, formei uma opinião, é isso que mostra sua inteligência, não rir ou deixar de rir em um filme.

    Eu sei, tu não chamou ninguém de burro, mas por um momento pareceu.


  37. bocejo…

    ——————————–

    Hahahaha, quem tem o costume de bocejar aqui sou eu, ladrão de idéia. Seja criativo! 😉


  38. Vi o Trailer e parece ser legal.
    Quando estreiar aqui no Brasil, vou ver com certeza…

    MAS agora, falar mal de Zorra Total, é o cúmulo Felipe!
    Zorra Total é um dos melhores programas humoristicos do Brasil!
    (brincadeira 🙂 hehe


  39. Uma situação parecida com a que o Dayrell descreveu também aconteceu comigo… eu e um colega meu dêmos a sugestão de assistirmos Borat em um tempo livre na escola, mas todos recusaram de cara… e pra piorar, o que a maioria preferiu? American Pie.

    Não que American Pie seja ruim a ponto de eu ter preconceito e não querer olhar… mas não posso deixar de achar Borat um filme muito melhor para dar umas risadas, ainda mais com a turma.

    Eu acho que vários outros fatores influenciam o gosto de uma pessoa para a comédia, mas é FATO que tem gente que além de rir do simples, acha o complicado chato e uma perda de tempo.

    Concluíndo? Nem todo mundo que NÃO gostar de Brüno é burro, mas todo burro NÃO vai gostar de Brüno. Pelo menos essa é minha opinião…


  40. Apenas lendo os comentários (não li o post ainda), já deu pra perceber que você quis dizer que (me corrija se eu estiver errado), para entender certas piadas com um nível mais elevado, você no minimo tem que ser tão inteligente quanto quem fez a piada, não que quem não goste de “Brüno” tenha o QI de um drogado, mas gostando, significa que entendeu e se entendeu significa que foi inteligente o suficiente pra isso, diferente do já citado “ZORRA” que pra entender as piadas basta ter boa audição e o QI de uma azeitona.

    —————————————-

    Aeeeee! Pelo visto também é necessário ser inteligente para entender o que eu escrevi.


  41. gosto do ator, gostei muito dele em Borat , pelo trailer ja vi que este filme vai superar.

    porém, achei seu depoimento sobre o filme, digo, os brasileiros um pouco infame.


  42. Piada de nível intelectual elevado? Isso para mim tem cara de humor britânico, que varia entre “Whose Line is it anyway” (ótimo) e aquelas pegadinhas na rua, estilo Ivo Holanda (Péssimo).

    Já ficou claro: A graça toda do filme está oculta, fora de uma cena para outra, mas sim num filme como um todo… Ainda assim, falar que o povo brasileiro não está preparado, é uma forma “intelectualmente elevada” de ofensa.

    Dá um post falar sobre isso?

    ————————————

    Não é ofensa constatar que o povo brasileiro é ignorante. Tratando pela maioria, isso é fato comprovado e estudado estatisticamente. E sobre o Brüno, a graça não só está oculta, como também está estampada.


  43. Rapaz,

    andei fora por um tempo e sem o mesmo até para ver o que rola no mundo virtual!

    Mas agora estou de volta.

    Muito bom o seu comentário quanto ao filme, não estava sabendo dele, pelo seu entusiasmo, deve ser um filme muito bom.

    Seu tópico está brilhante, mas vc SEMPRE peca em alguns atos, nos quais não concordo com o que as pessoas escreveram.

    Vc é um rapaz da mídia, e exponhe suas idéias com muita ênfase, tentando remediar ao povo que o que vc pensa é o certo.

    Vc lembra de um jornalista esportivo chamado Jorge Kajuru? Vc sabe qual o paradeiro dele? Se não me engano, ele está em uma rádio do Mato Grosso. Um fim muito decadente para uma pessoa muito inteligente, uns dos melhores jornalistas com quem já tive o prazer de conversar. Mas por expor demais a sua opinião, foi jogado pra corner.

    Vc tem uma mente muito criativa, só devia parar de fazer tais comentários tão ferozes a sociedade e ao mundo.

    Expor suas idéias é muito bom, sempre, mas vivemos em um país em que algumas pessoas não tem o mesmo poder de visão das outras, e os menos providos são a maioria esmagadora, inclusive as pessoas que frequentam o seu blog.

    Já falei algumas vezes que te acho um rapaz com um futuro brilhante, só acho que vc devia maneirar no seu modo de “cutucar” a sociedade. Não é só vc que tem educação, e além do mais, vc está começando sua vida agora. Não deixe que isso tome conta do seu ser. Seja mais maleável com suas idéias.

    Muitos revolucionários só deixaram idéias, che é um exemplo, e alguém seguiu sua idéia? Veja a situação que Cuba se encontra.

    Não sou a favor do sistema, ele tem muitos erros mas infelizmente faço parte de, assim como vc, mas eu ainda trabalho nele. Se quisermos mudar algo, que votemos com o coração.

    Não vou prolongar mais isso e mais uma vez espero que vc entenda esse recado como algo construtivo e não ofensivo!

    Vou tentar assistir o filme e depois posto o que achei!

    Fica com DEUS!

    ————————————–

    Marcus, eu acho engraçado que você não comenta em textos imparciais, como foi o do Baile Funk, hehehehe, somente nos textos em que exponho minha opinião de forma um pouco mais pesada. Há muitos textos com outro objetivo neste blog.

    Outra coisa, a cutucada é válida. Aguarde as críticas jornalísticas ao filme e você entenderá porque o povo brasileiro não está preparado para o estilo de Brüno.


  44. Entendi seu texto da forma correta, mas acho que falta humildade sua em admitir que se várias pessoas não entenderam o sentido de inteligência que colocou, então o problema está na falta de clareza que você dispõe suas idéias


  45. Leia a set do mês passado. Tem uma repotagem sobre quem é o comediante por trás daqueles personagens e sua motivação.


  46. Você diz que quem compreende é inteligente, certo? E quem não compreende na lógica é o quê?

    ———————————

    Alguém que precisa estudar e viver mais.


  47. Hhaha,agora entendo quando vc diz que os comentários são a “parte cômica do blog”,o povo não entendeu o texto (y),e eu não vou poder ver o filme por causa da gripe da leitoa,todos os cinemas estão fechados aqui =/
    Ótimo texto man,e ótimas respostas aos comentários também (y)


  48. Lembrei do dito fato. Mel Gibson , após ser preso dirigindo embriagado, dirigiu frases racistas e anti-semitas a policiais. Ótimo. Agora me diga uma coisa. Alguém como eu, que estuda o dia inteiro, tem projeto na faculdade e outras coisas, teria tempo para ficar assistindo Tv Fama ou lendo blogs idiotas que ficam se intrometendo na vida das celebridades a fim de ficar a par de um fato desses. Esse exemplo que você deu sobre Mel Gibson foi uma coisa extremamente estúpida e pobre, tipicamente vindo de alguém inseguro sobre sua inteligência e que tenta se gabar sobre um feito banal, que é entender a piada feita pelo ator.Isso não é seu caso, pois se comparado com a esmagadora maioria da população brasileira você é um rapaz inteligente.

    ——————————————-

    A piada do Mel Gibson não tem a ver apenas com este fato, mas com toda a postura de Gibson ao longo de ANOS de carreira. Não é uma simples notíciazinha de tablóide que sustenta a piada.


  49. E mais uma coisa. Você disse: “Os motivos que levam o povo brasileiro a não rir de piadas com um nível mais elevado é o fato de que não conhecem o mundo ao seu redor e não conseguem pescar referências.”. Certamente você não conhece o grau de conhecimento da população dos EUA. Lá é bem pior que aqui. Eles não sabem sequer a diferença entre o que é Europa e Ásia. É inacreditável, mas nesse quesito eles são mais burros do que nós. E sim, o Brasil é um país de merda, que tem um povo burro e covarde. A única coisa boa desse país são as mulheres. O resto amigo…melhor nem falar. Isso não é uma opinião minha. É uma constatação!

    ——————————————-

    Conheço a questão do povo americano, mas eles não foram citados no texto.


  50. pqp..mais um dos posts da série “odeio o povo brasileiro”..

    ————————————–

    Eu não odeio o povo brasileiro.


  51. 9 bilhões de habitantes do mundo (sem contar os animais) bocejam.
    São todos plagiadores!!!

    ——————————–

    Quantos deles comentam no blog bocejando?


  52. Acho que o “povo”, “povo” mesmo nem vai assistir o filme… Por isto creio que o publico que vai aos cinemas pode estar preparado e caso não esteja, será apenas uma parcela. Mas enfim, compreendo a função chamativa de um título. Bem escrito o post…


  53. Gosto do Sacha Baron Cohen desde Ali G, gosto principalmente do sua tentativa bem sucedida de mostrar o que a sociedade tenta deixar debaixo do tapete para o convivio. Quero ver!!
    Quanto ao brasileiro não entender, eu concordo, brasileiro gosta de piadas óbvias e fáceis.Humor judaico com sua ironia e entrelinhas é dificil cair no gosto popular brasileiro, preferem Zorra Total com seus bordões.


  54. Acho que não é uma medida inteligente chamar o povo brasileiro de burro, ainda mais sendo um. (Vou deixar em aberto ao que o “um” se refere ;))

    Quer humor inteligente? Leia um livro do Veríssimo (o filho). Aproveita e procura “modéstia” no dicionário. Aprender nunca é demais.

    —————————————

    Quer inteligência? Critique com conhecimento de causa. Preferencialmente lendo pelo menos mais um post do blog. Cair aqui de para-quedas e citar Veríssimo só te faz virar motivo de chacota pra quem frequenta. Ainda mais dizendo que chamei o povo brasileiro de burro.

    😀


  55. Vamos aos fatos …
    O Povo brasileiro sim é burro (principalmente meus parentes do interior de Minas e os do Rio)

    2° O felipe fica muito excitado com coisas novas e aumenta um pouquinho (Os textos sobre Pt são exemplos)

    3° Modestia é coisa de bicha ,se uma pessoa sabe uma coisa não vai ficar falando ahhh que isso…para com isso …

    4° Ja pedi pela 5° para escrever o que acha do livro Deus,um delirio!

    —————————————

    Hahahahahahaha.

    Eu não acho que o povo brasileiro seja burro, mas sim ignorante. Ele não tem acesso a outra forma de cultura e não consegue se desvincular da dominação política populista que o torna numa marionete para votos estúpidos. Além de milhões de outras influências, como a Rede Globo.

    Não é questão de excitação… Afinal, Brüno não me deixou excitado (sai fora, rapá).

    E cara, eu não faço resenha de livro aqui se não fudeu, vou escrever vários posts só sobre isso.


  56. Quero inteligência, sim. Por isso não li esse post, nem lerei outros. Se você pode pré-julgar, tem que aceitar o meu pré-conceito 😉 Ou do alto da sua inteligência não sabe que generalizar é burrice?

    Ah, fico mais do que feliz de virar motivo de chacota dos seus leitores.

    ————————————-

    HAHAHAHAHAHAHAHAHA

    VOCÊ CRITICOU SEM LER!

    Ó pai, guie essa pobre indefesa para o caminho da salvação, arrebata-a, EM NOME DE JESUS!


  57. Quero inteligência, sim. Por isso não li esse post, nem lerei outros. Se você pode pré-julgar, tem que aceitar o meu pré-conceito 😉 Ou do alto da sua inteligência não sabe que generalizar é burrice?

    Ah, fico mais do que feliz de virar motivo de chacota dos seus leitores.

    ——————————————————————————–

    CAMPANHA COMENTE SEM LER !

    TORNANDO TUDO MAIS DIVERTIDO


  58. Sexta estréia. Tô dentro, mas sem Doriana, por favor.


  59. Concordo com você .
    Um amigo meu até omentou algo parecido comigo, enquanto eu falava em comprar os ingressos para a estreia de Brüno uma semana antes, ele disse: ‘Vamos comprar na hora . Isso não é Harry Potter, vc sabe cm o povo brasileiro é . Provavelmente estarão para a estreia eu, você, o espírito do Clodovil e mais meia dúzia de gatos pingados … ‘
    Realmente acho que quem não tem bagagem cultural além do que é transmitido pela nossa querida TV com seu humor pastelão, não entenderá metade do filme . Muitas pessoas não acharam graça nem no Trailler, que pra mim está sensacional .
    E isso não é preconceito . É uma generalização . e se não formos falar do geral, não terá sentido . Falar de exceções chega a ser vazio .

    E sinceramente, acho que ultimamente a internet tem sido invadida por webchatos que enchem a porra do saco . Se sentiu ofendido ? Tadinho, alt+f4 resolve o problema cara . Agora, vir com discursos babacas e prepotentes, já é demais também . ¬¬

    bom, é isso, agr chega . Fui com a cara do seu blog, boa resenha .


  60. O meu problema com o Sasha Baron Cohen não é ENTENDER o que ele quer fazer. É só que eu não consigo achar graça. Sei lá, acho que schadenfreude da sociedade moderna e seus dogmas não funciona como humor para mim, e olha que eu TENTEI gostar do Borat. Pode ser que o Bruno(TCHAU UMLAUT) seja diferente.

    O cara é um baita ator, though. E tem um bom timing pra piadas, tanto que quando o humor parte dele eu rio.


  61. Por favor, me ensina “Comufas” pra comentar sobre um filme que você não viu, porque ainda estreou?! E “Comufas” pra comentar sobre um post que você não leu, que fala sobre um filme que você não viu, porque ainda não estreou?

    hehehe tirando os comentários sobre amenidades tá tenso hein!


  62. Otimo Felipe !
    Eu quero assistir ! *-


  63. Pra que, cara? Você não faz parte do povo brasileiro, eu bem sei, mas como eu já havia comentado aqui antes, você não precisa escrever todo e qualquer texto com esse ar de superioridade.

    O Cardoso, que por caso escreveu pouco antes de você sobre o mesmo assunto (novamente), fez um texto bem melhor (sem contar o filme todo), sem precisar fazer o tipo de generalização que você fez.

    ————————————-

    O Cardoso é o principal defensor da idéia que está nesse texto. Por acaso ele não escreveu sobre o que conversamos pessoalmente na hora da estréia, mas eu sim. Que diferença faz? Se for vasculhar o Contraditorium, encontrará conteúdo do mesmo nível. Eu não escrevi com ar de superioridade, apenas dizendo que o povo brasileiro não está preparado para essa forma de humor.

    E não está.


  64. Humildade precede a honra.

    Sarcasmo (on)

    Felipe não muda, e os leitores não entendem, ele é o dono da verdade, ele nunca esta errado! Quando esta, ele pede para você reler o texto e ou ir mais as aulas de portugues.O fato é, o filme vai ser bom, para quem entender como você citou.
    Outro fato é, se na maioria dos comentarios, os leitores não conseguiram entender ou interpretar seu texto, não quer dizer que você é inteligente demais, mas talvez, que seu texto esteja mal elaborado.

    Tudo bem, eu já sei o que você vai responder abaixo, irei reler o seu texto tambem o grande majestade!.

    Sarcasmo (off).

    Primeira observação, a Mary te deu um OWNED.
    Segunda obervação, ninguem perguntou como você assistiu o filme, citar que foi convidado pela cabine de imprensa foi algo que pareceu “ Olhem como sou importante”.

    Quase esqueci, como todo bom leitor que te critica(sentiu o duplo sentido aqui?), você é viado.

    —————————————

    Perdão, um owned de uma garotinha que sequer leu o texto? Não seria muito desespero na tentativa de encontrar alguém que tenha me dado owned por aqui? Você não dá credibilidade ao texto, mas sim a uma guria que sequer sabe o que está atacando. Parabéns, exemplo de brilhantismo.

    Outro fato: não sinta inveja, raiva, não babe e não bata com a cabeça na parede só porque eu falei que fui na Cabine de Imprensa. Ninguém perguntou, mas eu falei. Também ninguém perguntou sua opinião sobre o fato, mas você a deu. Se eu quis dizer “olhem como eu sou importante”, você quis dizer “eu deveria estar lá no seu lugar”.

    Se o texto está mal elaborado, você tem duas opções: Leia novamente ou feche a janela.


  65. Sempre leio o texto e fico voltando só pra ler os comentários da galera que nem leu.
    Comédia!!!
    =**


  66. Eu só discordo de uma coisa, Sasha não fez um filme de comédia, e acredito que não deveríamos nos divertir com o filme, afinal ele é uma crítica, e usa-se do que há de mais sagaz no humor, deveríamos inclusive ter vergonha de reconhecer as suas piadas, não há nenhum moralismo aqui.

    E um bom exemplo para você tomar mais conhecimento de causa, seria assistir “Ilha das Flores” e posteriormente os comentários de Jorge Furtado sobre a repercussão do filme no Brasil e no exterior, e comparar ao que vai ocorrer com o “Bruno”, talvez ler o post do Zeca Camargo sobre esse mesmo filme.

    E outra não são só os brasileiros que podem não entender o filme, Sasha não o teria feito se os americanos, os europeus, entre outros povos, o entendessem, afinal cairia em desgraça por ser repetitivo.

    Vou ver o filme ainda, e sinceramente espero não rir e não me divertir, por o que ele certamente irá desmascarar é a estupidez humana, e acredito que minha inteligência não possa ser medida por isso.

    PS: Uma dica, cuidado as palavras e frases chulas, elas desqualificam o teu texto e muito! E tu já leste Casa Grande e Senzala ou mesmo qualquer livro do Roberto DaMatta, ou mesmo Darcy Ribeiro? Te ajudaria a discutir de forma um pouco menos amadora a sociedade brasileira… Ops esqueci, estamos no território livre da internet! Abraços.


  67. Saber que Mel Gibson falou besteira e foi taxado como nazista é sinal de bem informado ou inteligente? Estranho, tenho uma visão bem diferente.

    Não entendo essa sua idéia de tentar taxar inteligentes e não-inteligentes, acho um pouco imaturo achar que inteligente é quem se interessa por humor inteligente, e ainda, de limitar a importância de um indivíduo a algo relativo como sua idéia de inteligência. Entendo como leviano tentar fazer uma distinção entre os que se divertem com Zorra Total e os que se divertem com uma piada que necessita de determinado conhecimento para entendê-la, preterindo o primeiro grupo a este.

    Não gosto do Zorra Total, acho besta, mas nunca pensei que as pessoas que assistem e gostam do programa são burras ou carecem de conhecimento. Não tenho pretenção de dizer quem é e quem não é inteligente, muito menos de apontar qual grupo é mais importante.

    No humor, para mim, o que conta é a interpretação da personagem, na forma de contar. Quem nunca viu uma pessoa contar uma piada já conhecida e mesmo assim arrancar risadas generalizadas?

    Conhecimento e Ignorância são idéias relativas, todos temos conhecimentos e todos somos ignorantes, em uma área e em outra área.

    —————————————

    Eu não taxei quem é inteligente, eu não falei quem é burro. Não disse que só os que gostarem de Brüno são inteligentes e os que não gostarem são burros.

    É a ofensa natural criada pelo brasileiro com o título que faz com que o texto seja lido dessa forma, quando está nítido e claro que não há qualquer menção sobre isso. A citação é: Se você ENTENDER e GOSTAR de Brüno, está dando um sinal de inteligência. Ponto. Não há: “Se você não gostar de Brüno, você é um burro”.


  68. Cara, vc é muito paciente!!! Li os comentários dando muita risada, a cada 5, 3 é dizendo que vc chamou o povo de burro… ai, ai… só rindo mesmo!!!


  69. Felipe Felipe, se eu te pego! Mas sem Doriana, prefiro chocolate.

    Eu ia comentar, mas achei melhor não.

    BRASIL UM PAIS DE TOLOS


  70. Bom, sobre filme nem costumo me meter, pois além de não gostar, geralmente não presto atenção a ponto de entender, quase sempre chego ao fim sem entender o começo, seja porque dormi ou porque prestei atenção apenas nos erros e furos durante o filme, nos mais bem feitos então, adoroo.
    Burrice? Não é isso que caracteriza…
    Quando vejo filme ou é daqueles históricos e baseados em fatos reais(Olga, Cazuza…Geralmente nacionais)para fazer alguma prova ou trabalho da faculdade, ou um do tipo “Didi quer ser criança”, que ai me dano de rir sem nem ao menos precisar pensar. Isso é uma escolha, um gosto.
    Acho que nesse sentido falar de ignorancia, mesmo que o brasileiro seja, não cabe.

    ————————————

    Eu não chamei ninguém de burro no post. 🙂


  71. Já acompanho seu blog por um tempo. Acho interessante e suas ideias são coerentes.
    Falar de sociedade é falar de um aspecto geral. É ter uma visão global do contexto.
    Assim sendo, a sociedade nem tem condições de pagar um ingresso no cinema e quando tem gasta com outras coisas, gastam para sobreviver.
    Desacredito que compreender esse filme seja falta de inteligência, pois na massa existem pessoas inteligentes, mas sem conhecimento e sem senso critíco.
    A massa, realmente, provavelmente, nem vai saber desse filme. Você também não saberia ser fosse parte da massa.

    —————————————

    Na verdade quando falamos de uma massa cada vez mais incorporada nos padrões sociais da classe média, acredito que saberá sim. E acredito que assistirão ao filme, sim, principalmente porque é muito chamativo e vem com um apelo sexual e de humor muito forte. A questão é que o humor das entrelinhas de Brüno não foi feito para quem não compreende humor de entrelinhas e/ou humor com referências.


  72. Três coisas.
    1° Conhecia aquele post mas não me lembrava dele, e na epoca não me imaginaria sendo redirecionado para ele ^^
    2° Engraçado que sendo aquele post a resposta a todos os xingamentos, da a impressão que as ofenças partem sempre da mesma premissa, que é de que você é prepotente.
    afeta de mais alguns textos, outros não, por isso que continuo vindo aqui. e porque adoro discussões e as dos comentários são sempre otimas.
    3° sempre você responde os comentários em negrito, porém quando respondeu o meu deixou normal a letra, seria um sinal de humildade, simbolizando igualdade?
    então. acho que você errou, corrige lá se não vão achar que o Deus se rebaixou.
    Abraço.

    ———————————-

    🙂


  73. Você falou nos comentários que o brasileiro não gosta do humor politicamente incorreto. Não sei se a maioria não gosta mesmo mas o fato é que as pessoas acham que ver algo assim pode influenciar na vida de uma pessoa.
    Por exemplo, o jogo GTA. É um jogo politicamente incorretíssimo, e se por um acaso aqui no Brasil fosse proibido a venda destes jogos? Isso não iria fazer com que um adolescente ou criança não sentisse a violência, como por exemplo nos jornais. Onde é dado notícias de estupro, assassinato, sequestro e tudo mais.
    Aqui no Brasil outra coisa que me deixa bastante chateado é sobre a questão de Anime, eu gosto bastante de anime mas por enquanto só vejo Naruto Shippuuden mesmo. A censura chega a ser ridícula porque há um personagem que vive fumando cigarro, e no SBT, ele chega a ter uma mancha rosa perto da boca. Ai fico pensando “Pra quê colocaram a porra dessa mancha? O que um cigarro pode influenciar numa criança?”
    É claro que essa censura nem foi editada aqui no Brasil, mas sim nos EUA. Só que mesmo assim é uma censura ridícula, porque no Japão os animes são bastante famosos e tal, mas lá eles enxergam isso como diversão, tem bastante sangue e violência mas é só diversão. Já aqui no Brasil, tudo que tem luta já é coisa do demônio, coisa que não presta, você vai virar bandido se ver isso. É uma coisa ridícula… Não sei se você assiste Family Guy, mas é uma série bastante legal que já abordou vários assuntos interessantes como a legalização da maconha. E num episódio desses, houve até um musical que dizia que maconha era legal. Imagina isso passando no horário nobre aqui no Brasil?
    O povo brasileiro enxerga muita coisa de forma errada sendo que esses filmes e as séries são produzidos só por diversão.

    PS: Zorra Total só faz sucesso porque tá na Globo e a maioria dos brasileiros não sabem mudar de canal. Se estivesse em outra emissora nunca que iria durar todos eses anos…


  74. Bem que o Felipe deveria ter chamado as pessoas de burras mesmo.HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA


  75. Felipe, quando o último comentário do texto for feito, por favor, escreve lá no teu Twitter quantas vezes você respondeu os comentários dizendo que “quem não entender o filme, não quer dizer que não é inteligente”!

    Hahaha, li todos os comentários e o número de vezes que tu repetiu isso e a maioria não entendeu, é grande!

    ———————————

    Pois é. Ainda teve pseudo-blogueiro escrevendo POST relatando que eu havia chamado o povo brasileiro de burro. HAHAHAHAHAHHAHA


  76. Rapaz,

    Te deixo uma tréplica:

    Comento em textos em que vc expõe a sua opinião de uma forma mais severa somente para tentar lhe alertar dos riscos que vc corre ao tomar tais atitudes.

    Acredito no seu potencial, mas vc tem que medir suas palavras.

    Em certos lugares é até legal debater os assuntos que vc coloca na mesa, mas pelo o que vejo, esse blog é o seu trabalho, seu ganha pão, uma hora alguém pode se sentir agredido e denunciar o seu blog. Espero de coração q isso nunca aconteça, mas se acontecer, o cerco se fecha, e apesae de estarmos muito atrasados, os crimes cometidos pela internet são muito severos.

    É só um alerta de uma pessoa que até algum tempo atras tinha muito preconceito com blogs, pois muitos carregam informações falsas sobre muitas coisas, inclusive a petrobras.

    Descubri seu blog através de um funcionário que viu q seu blog continha informações sobre a BR, mas vi que não se passava de um link nosso.

    Mas enfim, só tome um pouco de cuidado com isso, eu trabalho indiretamente com isso, e sei o quanto é perigoso.

    No demais, fica com Deus e boa sorte.

    ————————————–

    Marcus… Crime? Denúncia? Oi?

    E qual link da BR? Não lembro de ter citado alguma vez a Petrobras.


  77. Estou esperando por Brüno desde que o filme foi anunciado, como bom fã de Sacha Baron Cohen =) Sexta-feira estou lá!

    Meio fora do assunto, mas ta valendo: um comentário aqui citou “Whose Line Is It Anyway”, e eu queria saber se o Felipe, que pelo jeito é fã de humor inteligente e cheio de referências, já assistiu a esse excelente programa =)

    ——————————–

    Ainda não. Recomenda?


  78. Leio mais os comentários do que o post. Adoro ver como o povo interpreta seus textos de forma tao vil. 😀
    Nem consegui assistir Borat, meus pais viram o trailer e acharam mais idiota que Faustão. :/

    A questão maior, a meu ver ,é o fato de que a população brasileira está acostumada com seus fins de semana atolados de programas tão sem graça e já tão saturados que qualquer outra forma de humor já parece besteira, incorreta e comumente dito “sem graça” ou “não entendi”. E como você mesmo observou, o que parece ser e/ou É politicamente incorreto ninguém gosta ou aprecia. Tão acostumados com a censura que o simples fato de um filme mostrar um casal gay já é coisa horrível de se ver “tirem as crianças da sala”. Algo repugnante se considerar a sessão pornô da band. 😀

    ótimo post. bjosmil :*


  79. ahahahahaha, se o filme for tão engraçado quanto alguns comentários aqui, tá valendo!!

    Como as pessoas generalizam as coisas por ti! O interessante é que tu não cansa de explicar que não chamou todo mundo (brasileiros) de burro e talz…

    Percebi que as pessoas se ofendem com facilidade e sem utilidade… Seria este o orgulho brasileiro que tanto nos falta? [/ironia]

    Me vende um frasco do teu elixir da paciência?


  80. Filme sensacional, um dos melhores filmes de comedia da decada juntamente com Borat, concordo plenamente com vc ao dizer q grande parte do povo brasileiro nao entenderá e nao irá gostar, afinal oq se deve esperar de pessoas que dao risada dos filmes do Didi e demais porcarias do genero, se até os internautas que comentam aqui e q sao ou deveriam ser mais cultos, estao distorcendo oque voce disse, o que pensar do resto da população?

    parabens pelo comentario..


  81. Ahhhhh os pseudo-intelectualóides!!! 🙂

    Além da diversão dos comentários (o meu tão divertido quanto o do resto, obviamente), legal é ver os teus comentários.

    Só uma pergunta, sem tom ofensivo ou coisa do tipo…
    Não achas que, se a maioria do pessoal entendeu “errado” tua percepção de que “Não disse que só os que gostarem de Brüno são inteligentes e os que não gostarem são burros.” foi uma tentativa infeliz de passar uma informação?

    Pra se escrever textos, é preciso que pessoas entendam a mensagem, acho que isso vem desde as formas de comunicação mais primitivas. Apesar de primitivo, passar tua mensagem de forma clara não foi o que aconteceu nesse post.

    Quanto as piadas do filme (numa compilação de comentários, achei coisas como chamar o Mel Gibson de Nazista, Formas de dizer que americanos do sul e do norte são gays, e outros pequenos detalhes…), quer dizer então que se eu não tiver CONHECIMENTO (que não é tão parecido assim com inteligência) desses fatos históricos e cotidianos dos americanos/europeus/cosia que o valha, eu não vou entender piada nenhuma do filme, isso?

    É meu amigo, acho que tem muita gente (obviamente inteligente, mas não tou relacionando com a tua falha textual) que tem CONHECIMENTO muito maior, porém diferente e mais útil do que o necessário pra ver esse filme e entender/gostar.

    Era isso, se tu comentar o que escrevi, vou achar divertido também. Um abraço.

    ———————————-

    Na verdade, se você analisar o perfil de quem não entendeu o texto, verá que o problema não está no TEXTO. Qualquer pessoa que cria suposições baseadas em algo que NÃO ESTÁ ESCRITO, não pode ser levada muito a sério.

    Mas sobre a questão da cultura americana, isso é só um ponto superficial do filme. As críticas são ao ser humano e ao convívio social em várias partes diferentes do mundo. Você verá.


  82. E como sempre a parte dos comentários é a mais divertida.

    Brüno é um dos filmes mais esperados, por mim, esse ano.
    Principalmente depois que houve aquele “bafafa” em cima da piada SEM GRAÇA [como a maioria delas] do Danilo Gentili. Quero só ler as resenhas que viram.

    Felipe, curiosidade, você assiste 30 Rock, Daily Show? [desculpa a pergunta 😉 ]

    ———————————-

    30 Rock, por acaso, eu não gostei dos primeiros episódios… Daily Show ainda não assisti.


  83. E, totalmente off-topic…

    Esse Marcus ai quis te pressionar ou te deixar coagido?
    “Mas enfim, só tome um pouco de cuidado com isso, eu trabalho indiretamente com isso, e sei o quanto é perigoso.”

    Esse tipo de coisa sim é engraçado… Remete a gurizinhos que diziam que iam invadir o PC dos outros. 🙂

    Achei uma boa diversão pro meu dia… Dar F5 nos comments…


  84. Acho que p “politicamente incorreto” está na moda, é cult, é cool, e por isso o filme não vai enfrentar críticas tão severas como vc supõe no post. O musical “Avenida Q”, por exemplo… que abusava do politicamente pra falar de racismo, homossexualidade, pornografia na internet e mais um monte de coisas que a um tempo atrás deixariam muita gente de queixo caído, de todas as vezes que eu fui assistir, mesmo num teatro da Gávea e com preços considerados altos, lotavam a platéia, inclusive com várias senhorinhas idosas que se escangalhavam de rir com os palavrões e sexo com bonequinhos.
    Acho que gostar do filme não vai ser sinal de nada, simplesmente lançaram no momento certo.


  85. Recomendo bastante… É um programa de improviso com um elenco afiadíssimo que deixa o stand-up brasileiro no chinelo… Infelizmente, a exibição foi cancelada nos EUA e também parou no Brasil, mas no Youtube você encontra fácil as melhores partes.


  86. pq tanta gente que não gosta dos seus textos, e nem de vc, consegue se ofender tanto?
    eu não nego que te acho prepotente, mas pelo menos vc tem fundamento, foda mesmo é o cara que é arrogante pq tem uma corrente de prata no pescoço.
    mas a questão é:
    não gostou? não leia!
    a, e vc nem precisa dizer que o povo brasileiro é burro…até os burros sabem.


  87. Este filme e tão bom quanto o crepúsculo !?

    —————————–

    hahahahahahahhahahaha


  88. “Andréa (87): 11/08/2009 às 09:31
    Este filme e tão bom quanto o crepúsculo !?”

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKkk
    Que coisa engraçada.

    Vi no seu twitter, Felipe, e tive que vir aqui constatar tamanha bobagem dita. ¬¬


  89. cara assume logo que vc é gay


  90. “[…] uma hora alguém pode se sentir agredido e denunciar o seu blog. Espero de coração q isso nunca aconteça, mas se acontecer, o cerco se fecha, e apesae de estarmos muito atrasados, os crimes cometidos pela internet são muito severos.”

    Falar a verdade virou crime?


  91. Po, fiquei morrendo de vontade de assistir e aqui só vai estreiar na sexta feira..


  92. Quando vc abria um post, aparecia um link da BR, falando de concursos.

    Apenas isso foi o suficiente pra conseguirmos rastrear o seu blog.

    Por isso te falo pra ter um pouco mais de cuidado.

    Enfim, vou ler o seu outro post.

    Fica cm Deus e boa sorte.

    —————————————

    Obrigado pelo seu aviso.

    (?)


  93. O filme parece ser interessante Felipe.vc tbm é muito interessante!mas o fato é que vc defende seu ponto de vista de uma forma tão superior e acaba rolando essa polêmica toda.(quando falo “superior”,é pq vc expressa sua opinião como quem diz:eu estou certo e o resto do mundo está errado)
    houve duplo sentido,de interpretação,no seu texto..mas entendi bem o que vc disse aí. não é que o povo brasileiro seja burro,mas,são acomodados e, consequentemente, ignorantes.


  94. fiquei sabendo que o filme chegou no Brasil com cortes. verdade?

    ————————

    Isso eu já não sei.


  95. orra, meo. esse cara fez Ali G?!
    eu me lembro vagamente desse personagem, um tio meu adorava…
    mas não lembro nada sobre ele. vou jogar no Google :B

    nunca vi Borat. já me disseram que é perda de tempo, que não é legal e talz…
    mas quero assistir um dia, sim
    hum… vou baixar esse finaldesemana

    e sobre Bruno, ah! eu vi o trailer semana passada e RIMUITO! eu, minha irmã e meu namorado! XDDDD
    acho que assim que estrear por aqui, iremos todos nós no cinema pra ver, mais o meu cunhado!
    o trailer me deixou bem curiosa e as coisas que você disse também. tenho certeza que se eu entender o filme, vou gostar

    e quanto a entender e não gostar, é sinal de que o mundo continua o mesmo. não dá pra agradar a gregos e troianos 🙂


  96. Tipo gosto muito dos seus textos. Sinal que existe gente inteligente na bobosfera. Mas olha só, manera um pouco no auto-ego, talvez as pessoas perem de te encher o saco aqui nos comentários e passem a respeitar mais sua opinião.

    Não sei se entendeu, mas enfim,rs

    to curioso pra ver o filme. O Barat é foda. Se tu gostou e escreveu sobre ele, é sinal que o filme é realmente bom…

    sucesso Felipe


  97. Felipe, você sabe informar o tempo de filme que você assistiu … Informação oficial que a cópia lançada no Brasil veio da Australia que foi feita com cortes para baixar censura e mesmo assim no Brasil, pegou 18 anos… O film lançado no Brasil veio com cortes e não é o mesmo nos Eua… Isto pode influenciar sua opinião ?

    ——————————–

    Acho que se for verdade, é PATÉTICO.

    Não lembro mesmo o tempo de duração.


  98. Nossa esse post rendeu bem mais do que eu esperava, sem eu perceber explodiram comentários… e os mais engraçados só vi agora.

    Mas só me explica uma coisa, ainda não entendi, tu acha os brasileiros burro? hahahahaha.

    E eu queria saber quando que estréia, eu não perguntei especificamente isso, mas podia já ter dito, né?

    Se já estreiou não chegou em Curitiba, só pra constatar, tem a possibilidade de vir com outro nome?

    PS: pra ver como eu procurei tem até uma merda de um cinema de bairro que tá passando Crepúsculo ainda, mas esse aí eu não achei em lugar nenhum.

    ————————————————–

    Eu não acho que o povo brasileiro seja burro. A massa é ignorante e a questão é profunda.


  99. filme com gay?
    não assisto,rsrsrsrsrs
    daqui a pouco vão me jogar na fogueira.
    Olha se for um otimo filme,será bem aceito com certeza.
    Deixe o Bruno ops felipe em paz…


  100. Engraçado a pessoa que diz que interpretaram esse texto extremista e pretensioso errado ser a mesma que atacou o Séries Etc. uns anos atrás por uma questão também de (fata de) interpretação que uma até criança entenderia.
    Ainda lembro da palavra… “ameaça”. As ‘Organizações Globo’ realmente deturpam tudo, não? Rs…

    ——————————–

    Verdade. Afinal, dizer “Download de séries ameaça TV a cabo brasileira” não tem nada de sensacionalista, não é verdade? Aliás, não tem nenhum tipo de intenção por trás da frase, que era TÍTULO da matéria na Globo.com, G1 e Entretenimento.

    Não diga do que não sabe, rapaz, só vai ficar mais feio pra você.


  101. É muito pedantismo pra uma pessoa só, meu Deus…


  102. Cara, gosto muito dos teus textos.. uma coisa que venho pensando e acredito que vc ainda não explanou no blog, talvez nos comments que acho que é o diferencial do seu blog, onde você interage com o leitor… como começar uma caminhada pra tirar o brasileiro da ignorância sendo algo que me parece tão enraizado na sociedade?
    ah sugestão de pauta, sarney X edir macedo hehe =p


  103. Felipe, apenas para completar a informação e dizer que não estou falando besteira…

    Enviando o link que contém informação sobre isto, o site é especializado em cinema, quadrinhos, e cultura geek!!

    http://www.omelete.com.br/cine/100021397/Br%C3%BCno_estreia_no_Brasil_com_pequenos_cortes.aspx


  104. encubado escroto…


  105. é “mein fuhrer”!

    entendeu essa?


  106. Mesmo tão assistindo tenho que comentar:
    É de uma arrogância ímpar esse post…


  107. Uow, quero muito ver esse filme. Já faz um tempão que tô esperando chegar aqui no Brasil… e agora tb, no meu caso e de muito outros Brunos, aguentar as piadinhas com o nome hahahaha mas faz parte.

    Comédia boa, é comédia com conteúdo, melhor ainda quando as pessoas entendem… a delícia da arte é poder sair por aí danto “tapa na cara” dos outros hehehe

    Abração
    =]


  108. o povo elege lula, sarney e uma cambada de políticos sujos, doa casa carros e tudo que conseguiu com muito esforço na vida para quem se diz pastor, padres etc.., ainda não querem que os brasileiros não sejam chamados de BURROS, sim a maioria dos brasileiros infezlismente são BURROS.


  109. Vc está completamente certo, o brasileiro não está preparado para esse filme, e não digo o povão, juízes que tiram do ar um site que tem o mesmo nome de outro onde foram postados comentários sobre uma política do Ceará já diz tudo…

    O politicamente correto hipócrita do Brasil beira o surrealismo. Desenhos como o animê One Piece possui tantos cortes que até perdeu o sentido do enredo, virando um desenho para retardados, falar do Borat e do Brüno então…


  110. […] Bruno – O reporter gay […]


  111. o pessoal não aceita ter baixo conhecimento
    e gostar de zorra total, onde você nem precisa pensar pra entender alguma merda


  112. Nossa… Tudo o que você fala gera uma polêmica grande, não?

    Bem, ainda não assisti o filme (claro) tampouco assisti Borat, por isso não vou ficar enchendo linguiça aqui no blog. Quando eu assistir, um ou outro, venho novamente aqui falar se eu “entendi” as entrelinhas, ou se preciso de “ajuda” para entender.. Rs…

    Abraços.


  113. Bruno, assim como Borat, manda uma mensagem que afirma sem dó nem piedade que a maioria da sociedade é arraigada de preconceito e tradições idiotas, que ao serem quebradas transformam quem o fez em um ser de outro planeta, um alienado, um maluco, um idiota e todos os outros sinônimos possíveis.

    Assim, concordo com vc quando diz que os brasileiros (em sua grande maioria) não estão preparados para ver cair os paradigmas da homossexualidade e da busca constante por notícias esdrúxulas de celebridades e ex-BBs.

    Vamos ver como a crítica lidará com isso. Ao meu ver, a exibição será bem fraca em terras tupiniquins!

    Grande abraço,
    Érika dos Anjos
    ***************************************
    http://www.oquartoelemento.com.br


  114. Sacanagem dizer que essa pora desse filme vai ter o mesmo peso do Matrix… pronto não vou ler nem o resto do texto… isso foi ridiculo!

    ———————————-

    Você leu isso?

    Eu não.


  115. Ótimo post, eu tô doido pra assistir a esse filme justamente pelo humor agressivo. Lembro que fui assistir Borat com uma mentalidade de “ó meu deus, mais uma comédia estúpida e divertida” mas errei no “estúpida”, é um humor sensacional e, sem dúvida, divertidíssimo.

    E Felipe, eu também li os comentários e sugiro uma coisa, os mais estúpidos, nem perca seu tempo respondendo, talvez essas respostas sejam a prova de que brasileiro não está preparado pra esse filme justamente por não saberem interpretar nem um post de blog. 😉


  116. PS.: Com cortes ou sem, sempre temos os DVD’s que lançam em seguida. 😛


  117. Assisti e concordo com o texto. O filme e engraçadissimo, inteligente e muito divertido. Recomendo.


  118. Se fizerem um filme do Big Brother ou a Fazenda, ai os “pobre” brasileiros vão comparecer em massa…


  119. Obviamente eu nem vi o filme, mas acho totalmente inconveniente comentar que ENTENDER Brüno(O que é diferente de gostar) é sinal de inteligência, mesmo odiando o humor infantilóide e babaca do Zorra Total. Há quem defenda que o problema está no modo o qual o autor do texto de comunicou, mas cá entre nós, o título do texto/página é “o povo brasileiro não está preparado para Brüno”. Toda generalização é burra (Licença para generalizar :D) principalmente nesse caso, é é necessário certo conhecimento geral para entender o filme, o que mesmo assim, não deixa ninguém mais inteligente que um telespec de zorra(Que podem ser até crianças). Foi no mínimo polêmico.
    Abraços

    ————————————–

    O povo brasileiro não está preparado para Brüno.

    Ponto final.

    🙂


  120. Não querendo prolongar muito, mas nos outros comentários viu-se muito “o povão isso…”, “o povão aquilo…”. Velho, todos os países do mundo tem suas favelinhas, pessoas sem conhecimento, sem estudo e tal. Assim cmo todos os países tem lugares bons, com estudo, estrutura e afins. Alguém aqui realmente acha que o povo brasileiro é mais burro que algum outro? Que nós não entendemos um filme e que todas as pessoas dos outros países entenderam? Todo lugar tem seu “povão”.

    Gostaria de pedir aos blogueiros da casa que não entendam meu comentário como uma crítica pra banalizar, entendam mais como um pedido que prestem um pouco mais de atenção na hora de se expor. Abraços


  121. o cara que falam que é terrorista não é terrorista

    ———————————–

    Eu vi entrevistas sobre o filme e parece que é sim.


  122. Qnto comentário desnecessário, pq não vão assistir ao filme para depois falar!!!


  123. Em pensar que quando saiu Matrix, cai na besteira de ouvir a opinião de um radialista ignorante que se passava por colunista. O cara simplesmente disse que o filme era uma bomba e que não valia a pena ir ao cinema para vê-lo. Um ano depois assisti e se tornou praticamente o meu filme preferido (eu tinha 12 anos).
    Entendo muito bem o ponto de vista desse post, é engraçado pensar em uma pessoa adulta que não consegue receber a mensagem do filme, enquanto uma criança tira de letra.

    Vi a sua resenha sobre o filme e confesso que fiquei com mais vontade ainda de assisti-lo. Gostei muito de borat, agora não vejo a hora de assitir Bruno!


  124. Rapaz, quem está preparado para Brüno? O engraçado foi que esse filme me fez ter vontade de conhecer o ator Sacha. Vendo o que ele faz, e vendo o wiki do cara, a pessoa fica impressionada!


  125. Pra mim isso esse é só mais um filme de comedia doentio que não tem nada a ver com nada.
    Tudo bem que trás criticas a isso e aquilo outro, mas não acrescenta em nada…

    ———————————-

    Sim, acrescenta. Talvez não pra você.


  126. Lembrando o vexame que esse cara fez o Eminem passar no VMB (Eu acho..) esse ano.
    Aquilo ali foi totalmente desnecessário!
    Esse ator pra mim é um lixo em se tratando de ideias para filmes.

    ——————————

    Hahahahaha, ok, ele é um lixo.


  127. Não conhecia o filme até ontem, quando li seu post aqui. Interessou-me bastante a história e a maneira distinta com que o humor parece ser retratado, só é uma pena que não possa vê-lo no cinema. A faixa etária mínima é mais uma das coisas que exemplificam o falso moralismo brasileiro, imagino que, obviamente, não seja apenas aqui no Brasil, porém mostra o zelo exagerado por imagens que podem ser, digamos, ofensivas. É absurdo menores de idade não poderem ver uma sessão de “Brüno” no cinema, enquanto na tv aberta e internet nós podemos ter acesso ao mesmo tipo de material.

    Estou super ansiosa pra poder ver “Brüno”…


  128. WG, você realmente acha que o Eminem não tava sabendo disso tudo? Achou que a Pamela Anderson também não sabia em Borat?


  129. concordo plenamente…
    no geral o povo brasileiro é burro sim…
    humor inteligente é coisa para a minoria…
    infelizmente


  130. o filme em si não aparenta ser tão foda quanto você diz. mas é esperar pra ver (literalmente)


  131. “Mais que isso, ele encontra-se com o líder de um movimento terrorista e OFENDE Osama Bin Laden (a única coisa que o líder diz é: “saia daqui imediatamente” – a cena então acaba, sinal de que deu merda).”

    Essa cena ele forjou. O cara não é terrorista, ele é um politico arabe, mas não terrorista.

    O “Bruno” chamou ele alegando uma entrevista normal, entrevista essa que foi feita em um hotel no centro da cidade e não em um lugar “escondido e secreto”.

    Pra mim, isso prova o quão é forçado esse filme.

    Inteligente é quem consegue ter o senso critico e pesquisar o que esse filme fala pra ter certeza do que esta falando.

    ———————————–

    Prove o que está dizendo.

    Se quiser eu mostro a entrevista no David Letterman em que Sasha explica claramente como foi o lance com o terrorista. Mesmo que seja verdade, isso não tira o brilhantismo do filme em NADA.


  132. Brüno é sensacional. Mas o cara q escreveu esse artigo eh um idiota.

    —————————-

    Também acho.


  133. Quem gosta de Zorra Total?!! Chegou ao extremo….
    Não Generalize e nem tome como base o seu gosto!! O que pode ser bom para você pode ser ruim para outra pessoa que tenha sinais muito mais claros de inteligência que você!! Isso não define nada!!

    Pergunta para um inglês ou americano sobre o resto do mundo e as culturas de outros países!! não sabem em o que se passo no próprio umbigo deles!!!

    Esse tipo de discriminação com a SUA própria cultura é deprimente….
    Toga Arrogância desse tipo será punida

    ————————————-

    Eu não citei nenhuma outra cultura nem disse que outro povo é melhor que o nosso, simplesmente falei que o povo brasileiro não está preparado para este tipo de filme. E não está (pela vigésima vez).

    Agora, peraí: “Toda arrogância desse tipo será punida”? HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHA

    AHHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHHAHA

    Obrigado, cara. Obrigado por me fazer rir nesse dia de calor insuportável.


  134. bacana, adorei o Borat e eu acho que já foi um tapa na cara vou ver este tbm…

    vc falou de alguns stand ups, poderia dar exemplos e indicar ( ou se preferir dizer oque vc julga ser BOM ) ?

    vlw parabens pelo blog.

    ———————————–

    Conheço pessoalmente alguns humoristas de Stand-Up, então acho melhor não deixar esse tipo de opinião, pública, posso magoar pessoas que gosto e não tem o menor sentido eu dizer se acho fulano ou sicrano bom ou ruim.


  135. Brüno é inteligente?
    Não é o que diz Pablo Villaça,um dos críticos de cinema mais respeitados do Brasil:
    http://cinemaemcena.com.br/Ficha_filme.aspx?id_critica=7479&id_filme=6312&aba=critica

    —————————-

    Eu não suporto 90% dos críticos de cinema. Achei a opinião dele ridícula, mas respeito o que ele pensa.


  136. Uau!

    O cara que fez o filme falando que é verdade! Super confiavel, em amigão? Afinal, é claaaaaro que o Sacha iria confirmar que era mentira.

    http://blog.estadao.com.br/blog/chacra/?title=comediante_cohen_e_seu_personagem_bruno&more=1&c=1&tb=1&pb=1

    Ta ai, do Estadão.

    Para mim tira. Um filme que força uma pessoa comum e humilha e denigre a imagem dela a custa de sucesso e fama, é horrivel.

    Se inteligentes são os que engolem mentiras e acham isso bonito e legal, prefiro ser um ignorante.

    ————————-

    Oh no! Mais um politicamente correto. BUUUUURN!


  137. Politicamente correto é só acreditar em fatos comprovados? Isso é politicamente correto pra você?

    E ainda tem coragem de escrever um texto falando sobre a inteligência do povo brasileiro.

    Primeiro você deveria ter um minimo de inteligencia para diferenciar o “politicamente correto” do “não ser um troxa e acreditar em tudo”.

    Se o filme não fosse um monte de edição e manipulação de fatos, ou fosse, mas não alegasse que era tudo a mais pura verdade, com certeza o filme seria muito bom.

    Mas não vem dar uma de “eu sou inteligente e posso fazer julgamentos a torto e direito”, se você engole qualquer coisa que vê na TV.

    Não teve argumento pro link que eu postei e pro que eu falei, e vem soltar qualquer coisa pra manter a pose de “yes, i’m so smart (h)”.

    ——————————-

    Eu disse e continuo dizendo: mesmo que o caso do terrorista seja mentira, não tira o brilhantismo do filme. Mostre OUTRO fato que não seja real na produção, porque você acabou de dizer: “Se o filme não fosse um monte de edição e manipulação de fatos” baseado somente em UM ÚNICO caso.

    E o seu politicamente correto ficou por conta de: “Um filme que força uma pessoa comum e humilha e denigre a imagem dela a custa de sucesso e fama, é horrivel”. Só faltou um “buá buá” e um “mimimi” pra ficar perfeito seu comentário.

    Enfim, essa discussão está encerrada, qualquer alongamento será deletado. Se não gostar, reclame no PROCON.


  138. Humm,pq vc não suporta 90% dos críticos?Pq a opinião deles não é igual a sua?
    E vc,um moleque de 20 anos que mal saiu das fraldas acha que sua opinião vale mais que a de um cara que vive disso?
    Parabéns,vc é um completo babaca.

    ——————————–

    Eu não suporto a maioria dos críticos por sua visão cult-nacional-quero-aparecer.

    E lembre-se: eu posso ser o maior babaca do universo, mas o que dizer de quem vai até o blog e xinga o babaca? Em que nível estaria?

    Nunca se esqueça. 🙂


  139. Com excessão de que o citado “membro de um grupo de terroistas” não é um terrorista. Sua reflexão sobre o filme foi bem legal


  140. O que há te tão gay no ponte de doriana

    ———————————

    A pergunta é o que NÃO há de tão gay num pote de doriana.


  141. Felipe,até concordo com você. Apenas acredito que não “pescar referências” ou não gostar de politicamente incorreto não é exclusividade do brasileiro. Basta lembrar o 100º episódio de Family Guy,desenho recheado disso tudo. Nele Seth MacFarlane mostrava episódios de Family Guy a pessoas que teoricamente nunca o haviam visto. As reações foram todas adversas. Chegaram a dizer que era de fato uma porcaria e que apenas o recomendariam a usuários de drogas – eles sim apreciariam o desenho.
    O politicamente incorreto, o diferente dos padrões da sociedade assusta. Nisso os ingleses, país onde Sacha possuía um programa (Da Ali G show) estão um passo a frente. Talvez porque eles próprios não sejam nada corretos.
    Abraços


  142. Te achar um babaca me coloca em um nível inferior?
    Pq?Pq vai contra os seus pensamentos mais uma vez?
    Vc ainda tem muuuuito o que aprender,querido.
    Um dia vc vai ler essas bobagens que escreve e vai morrer de vergonha.
    Acredite,nos meus 20 anos eu achava que saba de tudo (como vc).
    Mas já já vc enxerga que não passa de imaturidade.
    Vim no seu blog pq 3 ou 4 pessoas me disseram que era um dos mais risíveis da internet.Seu egocentrismo,sua petulância e mania de grandeza não deixam dúvidas que elas estavam certas.
    Os comentários dos blogs são justamente para que as pessoas exponham sua opinião,concorda? Aceitar apenas as críticas que te favorecem é muito cômodo.
    Enxergar as coisas por outros ângulos,mudar de conceitos ou aceitar críticas contrárias às suas é um sinal de crescimento e amadurecimento.Aguardo ansiosa o dia que vc aceitará esse fato,sem responder aos comentários com “lições de moral” e aceitá-los como críticas construtivas.

    ——————————

    Me achar um babaca não te coloca em nível algum, eu respeito sua opinião de me achar como tal. Assim como egocêntrico, petulante e com mania de grandeza. Vai fundo, você pode achar tudo e isso não influenciará em absolutamente nada neste blog ou em minha vida.

    Agora, quando você perde seu tempo, abre o browser, digita o endereço deste blog, abre um post, desce a barra de rolagem, escreve um comentário gigantesco só pra me xingar… Bem, aí você está deixando bem claro quem é pequeno nessa história. Eu acho o vocalista do NxZero um babaca, mas pergunta se eu vou pra porta do show dele pra tentar ofendê-lo.

    Você chegou neste blog influenciada por pessoas que não gostam do que escrevo. Entretanto, se tivesse NÃO perdido seu tempo em comentários estúpidos ao invés de ir ler um pouco mais sobre o que escrevo, veria que sua visão não representa 0,5% dos leitores deste blog, que por sinal são muitos. Por que você acha que há tanta participação? Seria pela minha incompetência e imaturidade? Ou será que você não conseguiu perceber que já chegou aqui com uma opinião formada. Eu poderia escrever o melhor texto do universo, você acharia uma merda, pois seu pensamento foi condicionado para tal antes mesmo de entrar no blog. E eu que sou a criança nessa história?

    E, pra finalizar, você demonstra TAMANHA maturidade, TAMANHO conhecimento, que me assusta. É praticamente a Sra.Razão que já passou por aqui, com suas SUPER críticas construtivas, dizendo: “um moleque de 20 anos que mal saiu das fraldas acha que sua opinião vale mais que a de um cara que vive disso? Parabéns,vc é um completo babaca.”

    Se você não sabe diferenciar uma crítica construtiva de uma tentativa desesperada de atingir o autor (movida por uma frustração muito forte, provavelmente. Sim, você tem todos os indícios de ser uma pessoa frustrada), então desculpe, sua existência não vale a pena.


  143. ai ai ai ui ui veja como sou culto.


  144. Borat esmaga essa merda!


  145. Cagando regra, hein…


  146. Prefiro Monty Python’s Flying Circus.

    Gay por gay eu fico com o Graham Chapman.


  147. Eu vi o filme qdo estreiou aqui em Philadelphia, e foi FABULOUS!
    Discordo do WG, ator nao tem nada a ver com o personagem, Sacha eh Sacha e Bruno eh Fabulous amigos e amigas, ai adouro!


  148. Assisti o filme na croácia, onde moro, antes de estrear no Brasil. Realmente fiquei me perguntando o q nosso povo iria achar, e foi muito legal ler este texto.
    Aqui as pessoas são muito tradicionalistas, e embora uma amiga q nos acompanhou disse q teve vontade de sair da sala, e muitas pessoas se sentirem indignadas, a grande maioria aceitou bem o filme e deu muita risada, o q pra mim é um sinal de que a mentalidade do povo daqui está mudando. Há 3 anos atrás tentaram fazer uma parada gay aqui e os participantes foram apedrejados! Até hj não é comum ver um gay assumido q não seja turista, mas este ano teve uma pequena passeata gay com o auxílio de um esquadrão policial e não houveram muitos incidentes além de protestos isolados.
    Mas além de deixar o preconceito de lado para se entender este filme é preciso ter também um mínimo de cultura e noção de geografia e história. Entender sobre os conflitos históricos e ter uma noção do mundo do cinema e da moda e seus personagens naturalmente caricatos é fundamental para se dar boas risadas.
    Eu acho que a compreensão do filme, então, independe da nacionalidade, mas sim da mentalidade de cada um. É preciso estar aberto para esse novo tipo de humor quase negro, e bem inteligente.

    bjão a todos


  149. Realmente, muito pedantismo.


  150. Luiza Araújo, mando muito bem =)


  151. moro na alemanha. pela primeira vez tive vontade de sair do cinema antes do filme acabar. Horrivel, é um filme porno gay, engracado no comeco, depois fica enjoado, igual aquela grande merda do Borat. Esse é um humorista realmente sem talento. Aqui na alemanha, onde falam alemao, terra do hitler, ninguem riu dessas piadinhas sem graca dessa farca. Quem escreveu isso so pode trabalhar pra esse humorista chato.


  152. pode pedir o dinheiro de volta se nao gostar do filme que assitiu no cinema?


  153. Daqui a pouco vou começar a achar que você é viado. (risos)
    Porra meu, por mais engraçado que possa ser esse cara ou por mais critico que seja o filme e até bem intencionado, o que eu duvido, se a interpretaçao é de um VIADO, para mim, de forma transversa e subliminar, há apoligia ao homossexualismo. Entáo sequer perco tempo vendo VIADAGENS.
    Isso só faz essa doença do século crescer. Tudo começou com o cabelo grande, depois foram os brinquinhos, passaram a fazer unhas, agora estáo se depilando e tudo vira normal. Daqui a pouco homem vai usar calcinha rendada e dizer: “o que que tem?” “nada a ver”. Me poupa, FORA VIADOS.


  154. Felipe adoro vc!!! Vc coloca muito bem as palavras.


  155. Eu nao gostei dessa merda de filme entao devo ser e ignorante
    Assim vc nao deixa escolha…


  156. No geral eu concordei com o que você disse… E vi o filme e na hora que ele chama o Mel Gibson de Mein Führer é genial. Só discordo do que você falou sobre stand up no Brasil, por duas razões: a primeira é que existem sim, muitas piadas inteligentes no stand up (inclusives dos mesmos que fazem piadas bobas) e a segunda é que você não precisa ser ignorante pra rir de uma piada boba e nem um gênio pra entender as piadas do filme Brüno (já que muitas piadas, exigem mais conhecimento da cultura exterior, como quando ele chama o filho de O.J., do que uma capacidade intelectual acima da média brasileira).
    Eu me divirto tanto com piadas infames quanto com piadas de choque culturais, acho um erro você dizer que não dá pra gostar dos dois ou que a cultura brasileira não está pronta para um filme como Brüno (apesar de eu concordar que muitos podem não gostar do filme por homofobia ou intolerância)


  157. 1º “O povo brasileiro não está preparado para Brüno”

    2º “Entretanto, se você não entende uma piada onde Brüno chama Mel Gibson de “My Fuhrer”, é melhor deixar pra lá.”

    … ??? …

    1º O povo brasileiro não está preparado para muita coisa, mas não estar preparado para assistir Brüno? Não entendi essa sua colocação. Você está me dizendo que as piadas e os humoristas americanos ou de qualquer outro país são melhores? Ou para estarmos preparados devemos assistir mais TV a cabo e estar antenado diariamente com o que acontece nas tv’s gringas? Sou ignorante então. Nossa.

    2º Pode ter certeza que muitos americanos também não entenderam essa piada, claro que com exceção daqueles, que como você, gostam de ‘seguir’ a vida das celebridades.


    • @Robson:
      O brasleiro não está preparado para Brüno por não ter em sua cultura o humor negro. É uma questão puramente cultural. A maioria não gosta de piadas fortes e humor feito para chocar, estão acostumados com Zorra Total, enquanto os americanos estão acostumados com Jon Stuart e Colbert, entre tantos outros. Logicamente, por lá, também há muita gente que não está preparada para ver Brüno, mas aqui essa quantidade é assustadora. Vide a reprovação ao filme, basicamente por não entendê-lo.


  158. Concordo plenamente com o post. E digo mais, o povo brasileiro é o povo mais inrustido que eu conheço. Dar risada com um gay, não significa que você queira ser um. Assim como quando você vai ao circo e ri com os palhaços, você está querendo se tornar um deles?
    E é verdade sim, o brasileiro tem preguiça de pensar, por isso o humor em nossos programas vem todo mastigado, não é necessário pensar pra se entender.
    Chorei de rir com o “Brüno”, achei hilário esse filme, tanto que meus amigos tão começando a me tirar pra “pote de margarina” de tanto que eu falei sobre ele.
    Mas uma coisa é fato.

    Grande abraço.


  159. Vamos dizer q esse filme é dakele assim assisti uma vez tem uma opinião e quem assisti pela segunda vez ja vai ter outra opinião.
    Porém mais 75% das pessoas que vão assistir esse filme naum vai xegar nem na metade e ja vai ta dando bocejadas e com vai esta com um seblante de “que que eu estou fazendo ake perdendo meu tempo com esse filme sem sentido”.
    Brasil Brasil kkk como voce disse Felipe Neto o povo esta acostumado com o humorGlobo de ser, sem um senso critico e sem aquele humor negro!!
    eu to baixando ele aqui hehe!!
    pelos traillers ja da pra sentir q vai ser muito bom ele!!


  160. hahaha, impressionante como tem um número relativamente alto de pessoas que tentam comparar Brasil com países de primeiro mundo…
    ainda mais num comentário desse, como sempre, excelente post, que só não é um baita de um elogio a um filme que, particularmente, estou com muita vontade de ver, como também para a cultura e modo de viver/pensar do brasileiro

    e, ah, claro, dei muitas gargalhadas com muuuuuitos posts ^^


  161. Torço para que tenha um filme nesse estilo com o personagem Ali G (meu preferido do Cohen).


  162. Cara, tu é um pedante mesmo.
    O povo brasileiro não é “burro” como você diz nas suas entre-linhas.
    Se toca, e para de querer ser superior aos outros. Não é só você que é capaz de entender um filme desses.

    ——————–

    E eu disse que sou?


  163. Brüno é muito bom … mas não é Borat!


  164. Bom eu assisti o filme, ele segue a mesma linha de borat e nem por isso deixa de ser menos original, eu achei ele bem engracado, so fiquei com uma grande duvida, a grande maioria das cenas foi feita com pessoas que nao sabiam que era um filme? eu olhei por cima algumas criticas e alguns comentarios por ai, mas fiquei com essa duvida ainda.
    Sobre seu post, meu deus porque fazem tanto drama disso, nao tem o que comentar e para chamar a atencao vem dizendo que voce chamou o povo de burros e bla bla bla, obvio que nem todos vao entender muitas partes do filme pois nao assiste e nem le sobre o que acontece la nos estados unidos etc, pra entender as piadas.
    E sobre a cena do terrorista la, i dai que nao e verdadeira? nao deixa de ser uma cena bem pensada.
    E nao conheco nenhum filme que segue a mesma linha de humor (logico tirando borat).
    No mais, parabens pelo blog.


  165. Vi o filme alguns dias atrás e cheguei a uma conclusão. Existem três tipos de pessoas que assistem Bruno:
    1-As que dão risada de um pênis girando na tela;
    2-As que odeiam o filme por ter um pênis girando na tela;
    3-As que entendem o porque de um pênis girando na tela.


  166. Simplesmente adorei seu post!
    Eu não vi o filme, tenho apenas 14 anos, mas meu irmão sempre me fala dele.
    Eu havia lido seu blog uma vez, onde você falava da sua viagem à Portugal, mas com esse virei sua fã.
    Deu até vontade de fazer twitter para te acompanhar.
    De fato, pessoas que conseguem rir com Zorra Total e afins têm baixo QI.
    Fico impressionada como existem pessoas que conseguem rir de tal coisa, e ainda esperar que todo sábado chegue para verem mais. Me dá vergonha de dizer que existem pessoas assim na minha família, e que alguns são bem mais velho do que eu.


  167. Cara, que merda enorme rendeu esse post hauhahauaaa



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: